AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: PLATAFORMA21, CORTESIA ISBN: 9788576839712 GÊNERO: FANTASIA, ROMANCE, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 328 SKOOB

A maldição do vencedor é o primeiro livro da trilogia Vencedor, escrito por Marie Rutkoski e lançado pelo selo Plataforma21, da V&R Editoras. Confesso que já estava ansiosa por esse lançamento desde antes de saber que viria pro Brasil, e sem dúvidas foi uma leitura surpreendente!

Neste primeiro volume somos apresentados ao universo de guerra criado por Marie: De um lado temos os valorianos, um povo que valoriza a guerra (e é expert nela), que é ganancioso e sedento por poder e escraviza os povos conquistados. Do outro lado temos os herranis, um dos povos conquistados pelos valorianos, um povo que era rico e cheio de tradições e cultura, mas que tiveram tudo tirado deles, ao escolherem a escravidão ao invés da morte.

Kestrel é uma adolescente, filha do poderoso general valoriano, Trajan que deseja mais do que tudo na vida a liberdade de fazer as próprias escolhas, mas que tem a sua frente apenas dois caminhos: se tornar um soldado do pai ou casar aos 20 anos – duas coisas que ela não quer absolutamente. Em um ato impulsivo durante um de seus passeios à cidade, Kestrel acaba arrematando em um leilão um escravo herrani: Arin. O novo escravo de Kestrel é um herrani orgulhoso, que guarda muitos segredos e esse mistério que o cerca acaba por despertar certo interesse em Kestrel conforme ela vai percebendo que ele esconde muitas coisas.

O fato é que nenhum dos dois é o que parece ser, e mesmo contra todas as expectativas eles acabam criando uma conexão e uma cumplicidade. Mesmo assim, eles sabem das responsabilidades que têm perante seus respectivos povos, e em meio a um cenário de guerra, travam uma luta interna sobre o que é certo ou errado, sobre onde deve estar a lealdade deles. Continue lendo »

segunda-feira, 27 de março de 2017

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: PLATAFORMA21, CORTESIA ISBN: 9788550700281 GÊNERO: ROMANCE, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 340 SKOOB

A anatomia de um coração chegou as minhas mãos ao acaso, sem saber o que era e o que esperar. Curioso, quando fui pesquisar sobre, achei vários artigos de medicina, mas quase nada que me remetesse ao livro, o que deixou no ar um certo mistério. Apesar disso, comecei a leitura e em pouco tempo estava apaixonado pela narrativa.

Jenn Bennet nos apresenta uma jovem protagonista em busca de quem realmente quer ser e o que busca para seu futuro. Beatrix nos encanta a cada página, fazendo-nos querer seguir adiante e ver o seu amadurecimento. Totalmente diferente de outras garotas de sua idade, sua paixão é explorar a anatomia humana por meio de seus desenhos. Isso, por si só é um fator diferencial de muitos outros livros de mesma temática que vimos por aí.

A construção da personagem vem com o objetivo de mostrá-la forte e determinada. Além disso, o mocinho também é um atributo por si só. Jack é grafiteiro, misterioso e atraente, e não menos importante, um ótimo galanteador. Ambos acabam conquistando o leitor pela simplicidade e sinceridade com a qual levam seu relacionamento, em meio a todos os obstáculos que a vida coloca entre os dois.

A narrativa da autora flui com tranquilidade, sob o ponto de vista da própria Bex, ao mesmo tempo que cria uma expectativa pelo que vai acontecer. Os personagens, tanto principais quanto secundários, são bem construídos e cativam o leitor. O foco da história é sendo o casal principal, deixando um pouco de lado personagens que poderiam ter maior participação na história, como Heath e Noah. Apesar disso, a história ganha devida atenção por outros quesitos. A autora cria um certo mistério em torno de uma questão que irá permear boa parte da história, sendo que seu desenrolar se mostra totalmente diferente do que havia imaginado, ao mesmo tempo que terminamos o livro com um sorriso no rosto. Continue lendo »