domingo, 9 de abril de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: RECORD ISBN: 9788501025432 GÊNERO: POLICIAL, SUSPENSE, CLÁSSICO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 462 SKOOB

O poderoso chefão é um romance publicado em 1969, escrito por Mario Puzo e adaptado para o cinema em 1972, com direção de Francis Ford Coppola.

O romance conta a história da família Corleone, uma das cinco grandes famílias de Nova York que comandava o tráfico na região. No caso deles, eles tinham o poder com o negócio de azeite, jogos e também influência grande sobre a política. As relações de afetividade italiana são minuciosa e intensamente descritas durante todo o romance. A demonstração de poder com o Padrinho, Don Corleone, com as respectivas pessoas que trabalhavam para ele, como Tessio e Clemenza, foram fiéis do início ao fim.

Pode-se dizer que este livro é um dos mais bem elaborados e escritos do último século. É um clássico, e a capacidade de Puzo em ditar e controlar o ritmo da história é sensacional. No primeiro capítulo, com 64 páginas, boa parte das relações que vão durar durante todo o romance já estão apresentadas e exemplificadas.

O livro começa com um agente funerário, Amerigo Bonasera, pedindo ajuda ao seu querido Padrinho. Sua filha havia sido espancada pelo namorado e mais um amigo, e ele dizia que estava procurando justiça – e que não havia ninguém melhor que o Padrinho para se procurar justiça. A resposta de Don Corleone revela sua personalidade desde o início. Ele nega ajuda a Amerigo, porque diz que não pode matar dois jovens que não mataram sua filha. Ele poderia arranjar pessoas para “darem um jeito” neles, e, em troca, tudo o que o Padrinho pediu a Amerigo foi: a amizade.

Era assim que Don Vito Corleone trabalhava todo o tempo. Foi assim que ele conquistou todo seu poder, todo seu império, toda sua família. Ainda neste primeiro capítulo, capítulo em que se passava o casamento de sua filha, o Don recebeu mais algumas pessoas. Uma delas era seu afilhado, o famoso cantor Jhonny Fontane, que também era ator e que procurou seu padrinho para pedir ajuda; ele queria entrar no elenco do próximo filme que seria dirigido por Woltz. Continue lendo »


Avaliação: 4/5
Editora: Galera Record, Cortesia
ISBN: 9788501107640
Gênero: Guia, Não Ficção
Publicação: 2016
Páginas: 168
Skoob

(Estilo, inspiração e beleza)

Lia Camargo (Just Lia) e Melina Souza (Serendipity) são blogueiras que por vezes eu acompanho. A Melina, por ser da minha cidade (Curitiba) e sempre trazer dicas bacanas e fotos maravilhosas em seus posts! Quanto à Lia, sempre fico encantada com seus gatinhos e também adoro os posts de inspiração em seu blog, principalmente aqueles que mostram como vestir determinada peça (já me ajudaram bastante). Agora, elas lançaram um livro juntas e eu tive a oportunidade de ler para resenhar para vocês! =)

O guia para ser você mesma traz diversas dicas bacanas, a respeito de variados assuntos: empoderamento feminino, viagens, culinária, moda e estilo, dicas úteis para o dia a dia, entre outros. Dividido em seis partes, os textos são curtinhos e não trazem muito aprofundamento, mas dão uma base legal para quem quer conhecer determinado assunto e sempre instigam o leitor a querer saber mais sobre aquilo. Como em seus blogs, elas escrevem com leveza e as páginas são recheadas de fotos e ilustrações. Muitas delas foram utilizadas também nos blogs.

Outro ponto super bacana do livro é que ele contém partes bem interativas, para que o leitor também possa se sentir por dentro e dar a sua contribuição. A primeira parte do livro, “Moças do século XXI”, é como se fosse uma introdução e fala um pouco sobre as mudanças que as mulheres têm passado com o tempo, além de trazer dicas super simples de beleza. Em seguida, em “Inspira”, elas falam sobre mulheres inspiradoras que ajudaram a transformar nossa sociedade, trazendo contribuições importantíssimas. Como exemplo, temos a atriz Audrey Hepburn,  a autora Chimamanda Ngozi Adichie e a cientista Hedy Lamarr.

Foto: Camila Tebet / Viagens de Papel

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA, CORTESIA ISBN: 9788520013069 GÊNERO: POESIA PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 154 SKOOB

O vento da noite é uma obra-prima poética e descritiva da vida no campo. Emily Brontë traz em sua poesia a fugacidade e a morosidade do dia a dia. Além disso, a simplicidade de ações e palavras nos remete à época e ao modo como vivera. A cada nova estrofe sentimos a emoção da autora e notamos sua capacidade de conectar e transportar o leitor para sua realidade. No entanto, os pensamentos de Brontë são expressos de maneira clara, rítmica e genuína.

O livro organizado e apresentado por Ésio Macedo Ribeiro, o único no país que reúne a poesia de Brontë, originalmente publicado em 1944 pelo selo José Olympio. Mas, recentemente, foi reeditado e retorna em edição bilíngue pelo selo Civilização Brasileira, ambos do Grupo Editorial Record.

O vento da noite não é uma compilação de poemas extraordinários e impactantes, apenas uma obra que reúne alguns dos poemas escritos por Brontë em sua curta vida. Nesta obra, precisamente, foram reunidos 33 poemas que tratam dos mais variados temas ligados à natureza e ao melancolismo, a exemplo da passagem do tempo, o vento, a noite, a solidão e a morte, entre outros. Brontë não nos apresenta nenhum herói ou heroína em sua poesia, todavia, por meio de palavras comuns e forte sentimentalismo, dá ao leitor algumas das ideias de como era a vida no interior inglês em meados do século XIX. A poesia de Emily Brontë é bastante informativa, mas também de difícil interpretação.

É interessante destacarmos um pouco do contexto histórico da época e o estilo de vida da poetisa. Emily Brontë e as irmãs foram educadas e criadas num ambiente austero e extremamente religioso pelo pai, o vigário de Howarth, em um lugar isolado de Yorkshire, localizado na Inglaterra. A visão acerca do sexo feminino na escrita era ridicularizada e tida como inferior, a ideia difundida na época era que as mulheres não eram capazes de produzir poesia de alta qualidade devido ao seu baixo intelecto, por isso Brontë é uma dentre pouquíssimas mulheres que se destacaram em sua época, tanto por sua poesia e o romance “O morro dos ventos uivantes”. Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: RECORD, CORTESIA ISBN: 9788501104526 GÊNERO: ROMANCE HISTÓRICO
PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 350
SKOOB

Eu tenho lido muitos livros que são ambientados na Segunda Guerra Mundial, desta vez a narrativa se passa na Estônia após a ocupação dos russos, posteriormente dos alemães e novamente da URSS. Em Quando as pombas desaparecem, da finlandesa Sofi Oksanen, conhecemos a trajetória de três personagens, dois homens e uma mulher, e sua visão do país devastado pela guerra e sob domínio nazista e comunista.

Em 1941, os estonianos lutam pela libertação do país, é neste cenário que acompanhamos a história de dois soldados que fogem do exército vermelho. Após desertarem, os primos Roland e Edgar seguem por caminhos distintos, enquanto que o primeiro busca a liberdade da Estônia e seu povo, o segundo deseja estar longe do conflito armado e almeja uma vida mais confortável. Neste primeiro momento da história, além dos primos, temos as esposas. Roland é casado com Rosalie, porém, durante a ocupação nazista, na ausência do esposo ela é violentada e morta. Já Edgar é casado com Juudit, o relacionamento deles é bem complicado, a esposa inicialmente cumpre com seu papel, mas é difícil quando Edgar não a deseja e acaba a abandonando.

Juudit acredita que Edgar seja prisioneiro de guerra e possivelmente esteja morto, assim ela segue com sua vida. Mas, logo após a tragédia que acometeu Roland, Juudit ficou encarregada de ajudá-lo a descobrir qual o alemão responsável pelo ataque à Rosalie. No entanto, o plano vai ladeira abaixo, já que Juudit confunde o alvo e acaba conhecendo um belo espécime alemão por quem se apaixona e tem um caso.

Não tarda e as coincidências se topam, Edgar assume uma nova identidade e torna-se um colaborador para os nazistas e, por infortúnio do destino, ele acaba virando subordinado do amante da esposa. Com o desenrolar dos acontecimentos, Juudit se obriga a ajudar Roland e acaba tendo uma aventura com ele também (eita mulher fogosa). Edgar, como não é nem um pouco bobo, aproveita a deixa e entrega o esquema de ajuda aos refugiados de Roland e Juudit aos alemães de mão beijada. É aí que tudo se complica. Continue lendo »

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Avaliação: 4/5
Editora: Bertrand Brasil, Cortesia
ISBN: 9788528620795
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Publicação: 2016
Páginas: 176
Skoob

Com uma capa linda, O pássaro noturno foi publicado no Brasil pela Bertrand Brasil. A história, escrita por Alice Hoffman, traz uma aventura para o público jovem recheada amizade e magia. O livro é ambientado em Sidwell, em Massachusetts, uma pequena cidade marcada pelas lendas e pelas coisas estranhas que acontecem nela. Segundo contam, há um monstro que  habita a cidade, fato que traz muitos turistas para o local.

Em Sidwell, a pequena Twig Fowler mora com sua mãe, que cuida de um pomar e faz tortas incríveis. Elas vieram de Nova York e se estabeleceram na pequena cidade, mas não convivem com ninguém e evitam serem notadas. Acontece que um grande segredo ronda sua pequena família. Twig tem um irmão que sofre com uma maldição que foi lançada há séculos na família pela Bruxa de Sidwell. Após uma decepção amorosa, a bruxa lançou nos membros masculinos da família uma terrível maldição que faz com que eles criem asas. Há uma forma dolorosa de cortá-las, mas o irmão, James Fowler, ainda as possui. Ele vive escondido pois a mãe tem medo do que pode acontecer se as outras pessoas descobrirem.

Entretanto, o segredo está cada vez mais perto de ser revelado quando uma família se muda para a antiga casa da Bruxa de Sidwell, o Chalé da Pomba da Lamentação. Lá vivem as garotas Julia e Agate e essa pode ser a única chance de Twig fazer amigas de verdade. Como nada é simples, logo elas percebem que suas famílias estão entrelaçadas pela maldição e que precisam dar um jeito de reverter a situação. Juntas, Twig e Julia tornam-se inseparáveis, irmãs de alma, e colocam um plano em ação, capaz de libertar a família da maldição e deixar James livre.

A história é bem juvenil e traz uma aventura deliciosa. Apesar de ser voltada para o público mais jovem, qualquer leitor pode se encantar e se deixar levar pelas páginas. Twig é uma protagonista incrível. Curiosa, madura, mas com os anseios de qualquer garota de sua idade. Quando ela percebe que tem ao lado uma amiga para todas as horas, ela agarra com tudo essa chance. Julia talvez seja a personagem mais incrível do livro! Fiquei encantada por ela e pela insistência em mostrar a Twig que tudo que ela queria era ter uma amiga como ela. Juntas, elas são muito mais. Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: COMPANHIA DAS LETRAS, CORTESIA ISBN: 9788535928013 GÊNERO: Suspense PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 200 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: GALERA RECORD
ISBN: 9788501042101
GÊNERO: FANTASIA, CONTOS PUBLICAÇÃO: 2014
PÁGINAS: 320
SKOOB

Se você não conhece Cecily Von Ziegesar (série Gossip Girl), Carina Rissi (série Perdida), Diana Peterfreund (série Sociedade Secreta) e o lindo do Fábio Yabu (Branca dos Mortos e os sete zumbis) não seria surpreendente que após ler esse livro você lesse com afinco as obras que esse time de feras já publicaram.

O que os unem nessa coletânea? A capacidade de tornar os contos de fadas, historicamente já gravados no inconsciente coletivo, em narrativas deliciosas ambientadas em pleno século XXI. Sim! Na modernidade é possível a coexistência de mocinhas e vilões e eles não são tão ruins assim.

Mas vamos às histórias: abrindo com chave de ouro #Stepsisters – Sobre sapatos e selfies, da Cecily, é sobre o chororo da Cindy pois suas irmãs gêmeas postiças do mal fazem de tudo para deixá-la super pra baixo e não ascender na escala social escolar. Sabe que conto é esse, né? Tem um baile, vestidos, sapatos de grife, um quase príncipe, muita inveja e até um gerente de vendas de uma loja de grife bancando a fada madrinha.

E pra não descer desse salto Menina Veneno, da Carina, narra em primeira pessoa a diva Malvina que é atormentada pela sonsa da enteada que o aplicativo Divina Perfeição implica em dizer que é mais bonita do que ela. Malvina só quer sua juventude eterna e não perder a campanha de modelo exclusiva do perfume Menina veneno. Não há como não se apaixonar por ela e em várias partes desse pequeno conto querer lhe dar uns conselhos, porque na verdade o amor e a felicidade estão ali, do ladinho dela. Continue lendo »

sábado, 21 de janeiro de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: VERUS ISBN: 9788576861980 GÊNERO: CHICK-LIT,ROMANCE, LITERATURA BRASILEIRA PUBLICAÇÃO: 2012 PÁGINAS: 476 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: VERUS ISBN: 9788576861980
GÊNERO: CHICK-LIT,ROMANCE, LITERATURA BRASILEIRA PUBLICAÇÃO: 2012 PÁGINAS: 476 SKOOB

Alicia tem 24 anos e está muito satisfeita com o modo livre que leva sua vida. Ela sabe mesmo como curtir a vida, sempre de balada em balada, em viagens pelo mundo, sem a preocupação de acordar cedo para trabalhar, ou ainda ter que aturar um namorado no seu pé. Ela está muito bem com sua liberdade e sua inconsequência, até que o avô – sua única família – morre. E não apenas isso, ele deixa pra trás um testamento que a impede de acessar a herança se não estiver devidamente casada (como prova de que é madura o suficiente para cuidar do patrimônio). Além disso, o testamento impõe que ela deve começar a trabalhar em uma das empresas do avô como forma de sustento, algo que ela nunca esteve muito inclinada a fazer.

Cabeça dura como é, Alicia se recusa a casar e perder as mordomias e liberdade que tem. Por isso, resolve burlar o testamento e ir atrás de um marido de aluguel, e é assim que conhece Max, o homem que vai abalar suas estruturas muito mais do que ela esperava.

Procura-se um marido foi o segundo livro que li da maravilhosa Carina Rissi e não poderia ter me apaixonado mais. Se ela é boa com romances de época, como escritora de chick-lits me arrisco a dizer que é ainda melhor. A autora tem aquele dom raro de saber construir uma trama envolvente, original e com aquele “quê” a mais que deixa o romance inesquecível. Convenhamos que hoje em dia, a maior parte dos romances é mais do mesmo – não que isso seja ruim! – e é difícil criar algo diferente em um gênero tão bem explorado, mas Carina consegue! Continue lendo »

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

AVALIAÇÃO: 4/5  EDITORA: RECORD, CORTESIA  ISBN: 9788501092069  GÊNERO: ROMANCE INGLÊS PUBLICAÇÃO: 2016  PÁGINAS: 434  SKOOB

AVALIAÇÃO: 4/5
EDITORA: RECORD, CORTESIA
ISBN: 9788501092069
GÊNERO: ROMANCE, THRILLER, SUSPENSE
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 434
SKOOB

Lançado pela Record em 2016, o livro Vida dupla, do autor S. J. Watson, que escreveu o best-seller Antes de Dormir, conta a história de Julia. A trama começa quando a irmã dela, Kate, é assassinada.

Para lidar com o luto, ela resolve fazer o trabalho da polícia que é tentar achar o assassino da sua irmã. Acontece que Julia não esperava que sua irmã Kate saísse com homens que conhecia na internet através de sites de relacionamentos. Além de sair, ela também poderia ir para a cama, e realizava suas fantasias, sejam elas virtuais ou não.

Julia então começa a entrar nesse universo até então desconhecido e conhece Lukas, um rapaz que primeiramente ela resolve se encontrar e ver se ele tem algo relacionado com a morte de sua irmã, e nisso ela começa a entrar em um relacionamento extraconjugal que se torna cada vez mais perigoso. Seu relacionamento com seu marido Hugh está abalado porque, além disso, ela precisa se recuperar da perda que teve, e tem também seu filho adotivo Connor – filho biológico de Kate, que está na adolescência, e os dois estão com o relacionamento abalado.

Quando o relacionamento dela e de Lukas começa a estremecer, Lukas consegue outras maneiras de chegar na vida de Julia. Anna, colega de quarto de Kate, resolve apresentar o futuro marido que se chama Ryan, mas na verdade é Lukas e só quer  fazer da vida de Julia um inferno. É nesse desenrolar que a trama acontece, será que Julia será capaz de desvendar quem é o assassino da irmã?

Continue lendo »

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: GALERA RECORD, CORTESIA ISBN:9788501105790 GÊNERO: JUVENIL, HQ, CLÁSSICO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 216 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: GALERA RECORD, CORTESIA ISBN: 9788501105790 GÊNERO: HQ, CLÁSSICO, JUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 216 SKOOB

Foi com muito receio e empolgação que recebi o livro da Galera Record para avaliação. Sempre tive vontade de ler Shakespeare, mas faltava colocar essa vontade em prática. Porém minhas preocupações tinham fundamento, como fazer uma boa avaliação de uma adaptação para mangá de um clássico de peso como Macbeth sem antes conhecer a história original? Nas bibliotecas que tenho acesso, encontrei apenas adaptações, mesmo assim não deixei de ler.

A edição da Galera Record está excelente e faz parte da “Coleção Mangá Shakespeare“, lançada em 2011, essa é a sexta obra adaptada. Acredito que em breve teremos outras adaptações, já que a coleção original lançada em inglês possui mais oito outros títulos, todas escritas por Richard Appignanesi, que manteve o texto praticamente original, porém abreviado, ou seja, em alto nível, bastante pomposo e rebuscado, permitindo assim o destaque em cenas chaves. Damos os créditos também para o tradutor Alexei Bueno.

É impactante ver uma história tão antiga, mostrada em quadrinhos numa versão moderna e extremamente atraente não só para a galerinha adolescente. Ninguém poderia imaginar, transformar um ambicioso rei medieval num guerreiro samurai que vive num mundo pós atômico dominado por mutantes. As ilustrações são de Robert Deas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: GALERA RECORD, CORTESIA ISBN: 9788501105875 GÊNERO: FANTASIA, ROMANCE, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2015 PÁGINAS: 434 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: GALERA RECORD, CORTESIA
ISBN: 9788501076601
GÊNERO: FANTASIA, ROMANCE, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 658
SKOOB

Nesta eletrizante sequência, Feyre se vê num dilema mortal, inicialmente ela fazia parte da Corte Primaveril, mas atualmente, após o pacto selado com o Grão-Senhor da Corte Noturna, ela deve dividir-se entre uma corte e outra.

Preste a casar-se com Tamlin, Feyre sente-se sufocada e aprisionada ao seu lado, o rumo dos acontecimentos anteriores mudou tudo, Tam não é mais o mesmo. Agora, ele age compulsivamente, Feyre torna-se seu novo bichinho de estimação, ele decide absolutamente tudo a seu respeito.

Algo mudou drasticamente, Feyre não é mais humana, ela ainda mantém seu coração, mas seu corpo e alma foram dilacerados e reconstruídos com a junção dos poderes dos setes Grãos-Senhores.

Feyre perdeu o sentido de sua existência quando se sacrificou por Tamlin e toda a Prythian. Logo que foi resgatada por Rhysand no altar, porém aos olhos de Tam e os demais, ela é cativa de Rhys. Na Corte Noturna, ela é livre e sua opinião é respeitada. De um jeito errado, Feyre se vê num local mais parecido consigo própria.

Uma semana é um tempo curto, no entanto precioso, o que alterou toda uma concepção pré-estabelecida. Feyre compartilha segredos com Rhys e não deve revelá-los a ninguém.

Como já mencionado, as aparências enganam. Não há exatamente personagens bons ou maus, mas as escolhas tomadas decidirão o destino de cada um. Feyre está devastada por todas as mortes que causou, mesmo que tenha salvado tantas vidas. Desta vez, ela está determinada a controlar seus novos poderes e proteger aqueles que ama.

Enquanto Tam se rende ao seu lado sombrio, Rhysand mostra outra face de sua personalidade. Temido e odiado por seus atos do passado, ele causou muita destruição ao vingar-se de seus inimigos pela morte de seus entes queridos e endureceu-se para salvar a outros. Rhys é brutal e impiedoso com quem atravessa seu caminho. Continue lendo »