segunda-feira, 17 de abril de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: INTRÍNSECA, CORTESIA ISBN: 9788551000366 GÊNERO: INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 40 SKOOB

Estava muito ansiosa pela chegada desse livro, por já ter ouvido muitos elogios sobre a escrita da italiana Elena FerranteUma noite na praia é voltado para o público infantojuvenil e fiquei triste por serem apenas 40 páginas, a vontade de ler outros textos da autora só aumentou.

Ao folhear as páginas da obra, minha  filha de 10 anos demonstrou certa preocupação ao se deparar com as ilustrações da também italiana Mara Cerri. Ela me confidenciou ter achado os desenhos um tanto sinistro. Realmente, estão todas em tons escuros: preto, azul, vermelho, cinza e marrom, mas casaram terrivelmente com o texto, destacando os pontos altos da história.

O exemplar é pequeno, fino, uma ótima apresentação, um convite para ser lido imediatamente. As orelhas gigantes deixam a obra ainda mais atrativa e bem acabada.

A história é contada por uma boneca, que inicia a narrativa pormenorizando o modo como é esquecida na praia. Depois de ficar exposta ao sol brincando com sua dona de cinco aninhos, Mati, o pai da garota vai buscá-la na praia e lhe dá um gato de presente, Minu. Distraída com o animal, a menininha esquece a boneca meio soterrada na areia pelo irmão de Mati.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: COMPANHIA DAS LETRINHAS, CORTESIA ISBN:9788574067568 GÊNERO: LIVRO-IMAGEM, INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 40 SKOOB

Passei boa parte de minha infância participando das atividade de uma igreja evangélica, então conheci o famoso “Livro sem palavras“, onde cada folha era de uma cor, simbolizando uma parte do plano de salvação. Conforme eu crescia, sempre que revia o tal Livro, pensava que se tratava apenas de uma estratégia da igreja para contar uma história. Mas fui descobrindo que existem realmente livros sem palavras, mais conhecidos como livros-imagem, que nos contam histórias a partir de desenhos e não apenas de páginas de uma única cor.

O selo Companhia das Letrinhas nos apresenta o livro De flor em flor, que segue esse segmento, tendo como autor e ilustrador dois canadenses bastante premiados, respectivamente são eles JonArno Lawson e Sydney Smith.

Acredito que para aqueles que tem dificuldade em  apreciar uma obra de arte, porque julgam não entender o que o artista quis transmitir, sentirão muita falta das palavras, porque esse gênero trabalha com as sensações. O que eu senti e compreendi vendo o livro não será o mesmo que uma outra pessoa. A mesma coisa acontece com um quadro ou pintura, apesar de diversos comentaristas nos contextualizarem do período histórico em que a obra foi realizada, cada pessoa tem seus sentimentos e sensações de forma única.

Foto: Nara Dias / Viagens de Papel

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: CIA DAS LETRINHAS, CORTESIA ISBN: 9788574067209 GÊNERO: HISTÓRIA, INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 48 SKOOB

O Egito Antigo passo a passo é fascinante,  minha escolha por esse título uniu meu desejo de me aventurar em conhecer um pouco mais a fundo essa cultura, além de desafiar meu gosto literário, arriscando ler estilos aos quais não estou acostumada e também desmistificar quem diz que um livro didático é desinteressante e monótono.

O selo Claro Enigma, do Grupo Companhia das Letras lançou essa rica edição. As ilustrações foram feitas por Aurélien Débat e além de muitas delas estarem extremamente divertidas, deram um peso ainda maior ao material produzido pela arqueóloga e egiptóloga Aude Gros de Beler, famosa por seu trabalho meticuloso na área, além da publicação de mais de quinze outros títulos sobre o assunto.

O livro está dividido em quatro partes:

 O Egito e seus homens – mostra um pouco sobre deuses, faraós famosos, o trabalho dos sacerdotes, a difícil vida dos soldados, os artesãos e a classe mais baixa na sociedade egípcia, os agricultores.

 O trabalho no Vale do Nilo – nos surpreende ressaltando as dificuldades dos agricultores, principalmente por causa dos impostos, criação dos animais, pesca, caça, mineração e ciências.

– A vida cotidiana – casas e jardins, refeições, hierarquia familiar, vaidade, educação, música, dança, lazer e vida após a morte.

– Férias no Egito – relata o que podemos ver hoje no país como pirâmides, templos, descobridores famosos e museus para visitar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: CIA DAS LETRINHAS, CORTESIA ISBN: 9788574067209 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, CONTOS PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 48 SKOOB

O conto do carpinteiro traz a história do carpinteiro Firmín que trabalha com afinco, obtendo fama positiva no mundo inteiro graças as suas rodas, cadeiras, mesas, brinquedos, autômatos, entre outros. Apesar de suas criações parecerem comuns, eram bastante inusitadas, rodas que giravam apenas com o olhar, colheres com sopa de cebola tornavam-se com sabor de sorvete de framboesa, mesas que pareciam dançar um minueto, esculturas que de tão reais recebiam pedidos de casamento…

Os inventos de Firmín despertaram a atenção do Barão von Bombus, que um dia enviou um mensageiro até ele. Ao chegar no palácio de von Bombus, Firmín é surpreendido por um pedido peculiar, ele deve fazer um braço de madeira para o Barão.

Depois de cumprir excepcionalmente essa tarefa, recebe uma medalha a qual não dá muita importância, mas, em seguida, outros pedidos urgentes do Barão são enviados a Firmín.

Nesse conto facilmente é perceptível as características dos personagens principais: Firmín é persistente, trabalhador e humilde; já o Barão von Bombus é efusivo, impulsivo e irresponsável.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »


Foi bastante emocionante receber o convite para o lançamento do livro “Osório e Onofre: os iguais diferentes”, da educadora Márcia Claro. Tive a oportunidade de trabalhar durante dois anos com a Márcia e ela é uma pessoa fantástica, uma verdadeira sonhadora que tenta abraçar o mundo e que respira educação.

Foto: Nara Dias / Viagens de Papel

“Hoje é um dia muito especial, o lançamento do meu livro em Santos. Encontro para que conheçam os sapatos que destacam um dos assuntos mais importantes na atualidade: Diversidade.”

Uma apresentação marcou a abertura do evento, abrilhantando os pés da bailarina tivemos os protagonistas do livro, os personagens Osório e Onofre.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »

sábado, 24 de dezembro de 2016

Ainda no clima de Natal, dois livros que li esse mês, voltados para o público infantil foram:

a-mulher-do-papai-noel

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: GLOBAL Editora ISBN: 9788526001015 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, COMÉDIA PUBLICAÇÃO: 1990 PÁGINAS: 66 SKOOB

A mulher do Papai Noel é uma divertida história contada em apenas dezesseis capítulos, meras cinquenta páginas. Dona Bebé está preparada para passar um sossegado e feliz Natal, porém as coisas começam a dar errado a partir do momento que seu marido Camilo volta para casa, bêbado, e cai em sono profundo, largando a tarefa de vestir-se de Papai Noel e entregar os presentes das crianças que moram no Lar Santa Úrsula.

Para salvar o emprego do marido, dona Bebé resolve assumir a tarefa da distribuição dos presentes e para isso pede ajuda de sua comadre Cidona para a fantasia do Anjo do Sininho. Muitos problemas surgem, uma verdadeira corrida contra o tempo, tudo isso fazendo de tudo para que ninguém perceba a substituição.

A narrativa e os diálogos criados pelo escritor Ganymédes José, juntamente com as ilustrações de Cláudia Ramos ficaram engraçadíssimas. Já estou lendo a história pela segunda vez, agora para minha filha, muitas risadas antes do natal, um capítulo por dia. Leiam e depois comentem.

 

 

 

“Mais assustada do que furiosa, ela deu uma puxão mais forte nos varais. Aí, escorregou no barro e caiu sentada em uma poça de água. (…) – Dona Bebé, – perguntou com um ar de reprovação – o que a senhora está fazendo aí, sentada na chuva? Ela sentiu vontade de atirar um tamanco na cabeça daquele vizinho cretino.  O que ele pensava que ela poderia estar fazendo? Mas, em vez de dizer o que e, revirou os olhos, ajuntou as mãos e respondeu: – Estou rezando!” Continue lendo »

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Confesso que adoro os títulos da Zit Editora, pois possuem uma apresentação impecável. Hoje mostrarei três estilos extremamente diferentes que recebi para avaliação.

PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 128 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN:9788579331053 GÊNERO: INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 32 SKOOB

O ladrão de verrugas chama atenção não apenas pelo título inusitado, mas a capa também recebe meus elogios. A contracapa já arranca risadas, por mostrar doidas manchetes de esquisitos jornais. Antes de iniciar a história, um aviso chama atenção para que os leitores medrosos e fracos não leiam, e logo de cara revela o nome dado ao ladrão de verrugas, como sendo um tal de Arseninho Lupão.

As ilustrações de César Lobo não revelam a verdadeira identidade do misterioso criminoso, que se disfarça a cada novo ataque. A divertidíssima história é apresentada em forma de HQ e dá aflição em ver as vítimas com e sem as verrugas – eca, totalmente nojento.

O pânico se instala na cidade a medida que os ataque aumentam, os moradores  da cidade recorrem a uma decisão desesperada, tirar o tecido rugoso antes de serem surpreendidos pelo ladrão, o caos se multiplica, opiniões diversas são abordadas nas entrevistas televisivas explicando o motivo do aparecimento dessas verrugas, entre outras reportagens.

Porém, assim como na vida real, depois de um tempo, tudo cai no esquecimento e é um tal ladrão de calos que ganha destaque na mídia. Um dia porém, sem querer, uma pista leva a polícia até o culpado.

Não vou contar o final, mas é muitoooooo divertido, bastante original. Até a apresentação da escritora e do ilustrador no final entra na brincadeira.

Foto: Nara Dias / Viagens de Papel

Continue lendo »


Recebi recentemente mais dois títulos da Escrita Fina Edições para apreciação, abaixo vocês conferem minha opinião sobre ambas as leituras.

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: ESCRITA FINA, CORTESIA ISBN:9788559090024 GÊNERO: INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 128 SKOOB

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: ESCRITA FINA, CORTESIA ISBN:9788559090024 GÊNERO: INFANTOJUVENIL
PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 128
SKOOB

A criatura publicado pela primeira vez em 2005, o livro além de ter sido bem aceito pelo público adolescente, recebeu o prêmio Adolfo Aizen, da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro – UBE/RJ, como o melhor título do gênero juvenil publicado em 2004/2005.

Nessa nova edição, lançada pela Editora Escrita Fina, o projeto gráfico ganha um ar mais moderno graças ao Estúdio Versalete. A história é dividida graficamente em três partes, usando as mesmas cores da capa, preto, verde-amarelado e laranja-amarronzado, o que ficou excelente, confira a disposição dos capítulos:

1ª parte: 1º a 16º capítulo – páginas brancas, detalhes em laranja e marrom.

2ª parte: 16º a 24º capítulo – páginas pretas, detalhes em verde.

3ª parte: 25º e 26º capítulo – páginas brancas, mistura das artes anteriores.

Na história, temos o criador Eugênios Klaus, gênio adolescente que trabalha com a criação de games, e a criatura Loser, personagem virtual de um jogo exclusivo que Eugênios joga trancado em seu quarto.

O jovem gênio não lida bem com as outras pessoas, além de irritadiço e egoísta, despreza tudo e todos, inclusive os familiares. Ao criar Loser, não trata o protagonista do game de forma diferente, que é constantemente desafiado e de forma injusta, sendo obrigado a cumprir as mais terríveis tarefas humilhantes. Porém, o Loser se revolta e instiga seu criador a uma disputa cara a cara, depois de muito relutar, Eugênios aceita e toma posse de um equipamento experimental, sendo transportado para o mundo cibernético, tendo um final surpreendente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »


A Companhia Editora Nacional lançou durante a 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo o último volume da Coleção Frase Feita, sendo assim, agora temos seis títulos escritos por Renata Julianelli e ilustrados por Nana Sievers. Cada livro explica de forma bastante criativa e com divertidas ilustrações alguns provérbios bem conhecidos por nós, dessa forma é fácil aprender alguns valores éticos importantíssimos.

O texto é apresentado em forma de poesia, cada página possui um verso que rima com o verso da página ao lado, sempre em caixa alta e com ilustrações atrativas e bem coloridas. Além disso, outro ponto interessante é que o livro foi desenvolvido para não ser apenas lido, mas discutido com as crianças numa roda de conversa informal, para isso no final o texto é mostrado de forma integral  numa única página e trás orientações aos adultos numa outra.

Continue lendo »


Temos visto uma infinidade de livros que abordam o tema “mistério e magia“, onde os personagens como bruxas, monstros, fantasmas e afins, parecem saltar das páginas. Com a proximidade do Halloween, escolhi 10 livros que tratam do tema de uma forma extremamente divertida, para realmente encantar crianças e adultos como eu e você. Confira! 🙂


1. A casa assombrada, de Kazuno Kohara (Cosac Naify)

Sensacional é a palavra que utilizo para destacar esse livro, não é à toa que essa obra entrou no Top 10 do New York Times como um dos melhores livros ilustrados de 2008, foi nomeado para Prêmio Livro Ilustrado de Crianças Cambridgeshire e nomeado para o CILIP Kate Medalha Greenaway de 2010.

As páginas são de uma textura mais consistente. A escritora e também ilustradora japonesa Kazuno Kohara, propôs nessa sua primeira obra, um trabalho com colagens em papel branco e linogravuras nas cores símbolos do Halloween, preto e laranja, onde os fantasmas ficam em destaque e também com certa transparência.

Ok, a parte gráfica é perfeita, mas e a história? É ótima! Uma menina junto com seu gatinho ao mudar-se para uma casa que fica afastada do centro da cidade, descobre que ela é assombrada por fantasmas, mas como é uma bruxinha prática, resolve utilizar cada fantasma para seu conforto como transforma-los em cortinas, tapetes, toalhas e até mesmo lençóis da cama.   Continue lendo »