Monteiro Lobato nasceu no dia 18 de abril de 1892, na cidade paulista de Taubaté. Por causa de seus muitos livros infantis, sendo o primeiro lançado em 1920, revolucionou a escrita infantil nacional com seus personagens e aventuras no “Sítio do Picapau Amarelo”, que são tão conhecidos pelas crianças ainda no século XXI. Por esse motivo, a data de seu nascimento foi escolhida para comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil.

Depois de Monteiro, muitos escritores marcaram e ainda marcam esse nicho literário, alguns não nasceram no Brasil, mas vivem aqui há tempo suficiente para lançar livros no mercado nacional, outros nem são tão conhecidos, mas suas obras marcaram minha trajetória de algum modo.

Como grande apreciadora do gênero infantojuvenil, escolhi apenas 15 títulos que gosto muito, mas que mostra a riqueza e diversidade nacional:

Continue lendo »

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

O Natal está chegando e nessa postagem vou indicar cinco leituras para entrar no clima natalino da melhor maneira possível (nem que seja com alguns assassinatos ou fantasmas pelo meio!). Veja, abaixo, as indicações!

cinco-leituras-para-entrar-no-clima-natalino-foto-viagens-de-papel

FOTO: DICAS DE LEITURA/ VIAGENS DE PAPEL

1. Um conto de Natal, de Charles Dickens

Não poderia começar a lista sem o maior dos clássicos de todos os tempos quando se trata de histórias de Natal. A vida e a avareza de Scrooge ganha as páginas deste livro que traz uma mensagem tão bonita e que já rendeu inúmeras adaptações ao redor do mundo. O livro é curtinho e vale muito a pena a leitura! Continue lendo »


A Companhia Editora Nacional lançou durante a 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo o último volume da Coleção Frase Feita, sendo assim, agora temos seis títulos escritos por Renata Julianelli e ilustrados por Nana Sievers. Cada livro explica de forma bastante criativa e com divertidas ilustrações alguns provérbios bem conhecidos por nós, dessa forma é fácil aprender alguns valores éticos importantíssimos.

O texto é apresentado em forma de poesia, cada página possui um verso que rima com o verso da página ao lado, sempre em caixa alta e com ilustrações atrativas e bem coloridas. Além disso, outro ponto interessante é que o livro foi desenvolvido para não ser apenas lido, mas discutido com as crianças numa roda de conversa informal, para isso no final o texto é mostrado de forma integral  numa única página e trás orientações aos adultos numa outra.

Continue lendo »


Outubro é o mês do HORROR!!! Certo? É inegável não trazermos para vocês uma lista com três leituras imperdíveis. A DarkSide Books já se consagrou no mercado editorial brasileiro como editora que contempla seu público com os livros mais horripilantes e inusitáveis do gênero, a criativitade das edições é tão assustadora quanto as histórias. Como o próprio slogan diz “Aposte no escuro“. Isso mesmo! Esse é o mês das leituras para causarem calafrios e atormetarem seu sono. Então vos digo, o catálogo é para lá de completo, não falta opções de títulos para embalarem seu Halloween. Então para aqueles leitores que assim como eu adoram livros com uma pegada mais sombria, os livros lançados pela Dark Side Books estão no topo da lista dos desejados e possuem um espaço todo especial nas nossas almas. Hoje trago para vocês a indicação de três obras que são as minhas mais odiosas (favoritas) leituras.

Este slideshow necessita de JavaScript.

1. O último adeus, de Cynthia Hand

Nesse livro somos apresentados a Lex, uma jovem promissora de 18 anos, que sofreu uma perda terrível, seu irmão Tyler se matou, agora depois de algumas semanas ela e sua mãe começam a sentir a presença dele na casa, como uma espécie de fantasma que se recusa a ir embora. Muito mais que um livro que possui uma premissa assustadora, O último adeus é uma história incrível, a obra mostra como seguir em frente e como o luto afeta as pessoas de formas diferentes. A história realmente devastou meu modo de visão a respeito do tema. Super recomendo a leitura, o livro não chega  a ser muito assustador, mas carrega momentos de tensão que podem te deixarem um tiquinho agoniados (e arrepiados).

Continue lendo »


Autor de mais de 60 livros, Stephen King é conhecido como Mestre do Horror. A maioria de seus livros é de horror fantástico e ficção. Sabemos que ele é sucesso mundial, as suas obras já foram publicadas em mais de 40 países e venderam mais de 350 milhões de cópias, no Brasil a editora responsável por publicar os livros de King é a Suma das Letras, selo da Editora Objetiva, atualmente faz parte do Grupo Companhia das Letras. Alguns de seus livros já renderam adaptações para o cinema e para a televisão. Confira a lista que o Viagens De Papel preparou com os 5 livros do autor que você precisa ler.

Stephen-King-dicas-livros-capas-viagens-de-papel

Foto: Dicas de leitura/ Viagens de Papel

1. IT – A COISA

O livro foi escrito em 1986 e adaptado para o cinema e TV no ano de 1990. Conta a história de sete garotos que quando criança enfrentaram um criatura que se alimentava do medo e mudava de forma, chamada de It ou Pennywise – palhaço parcimonioso, uma criatura sobrenatural que muda de forma e atrai crianças. Após 30 anos desse acontecimento eles são chamados voltar à cidade de Derry (Maine) para confrontar a criatura que voltou a matar crianças. A presença dele é sentida por Michael Hanlon – bibliotecário e único que ainda vive na cidade. Quando os sete amigos enfrentaram a primeira vez a criatura eles juraram combatê-la caso ela voltasse, porém isso pode custar a suas vidas. Com relação ao livro, ele possui 1104 páginas e a nova edição foi lançada no ano de 2014.

Continue lendo »


Temos visto uma infinidade de livros que abordam o tema “mistério e magia“, onde os personagens como bruxas, monstros, fantasmas e afins, parecem saltar das páginas. Com a proximidade do Halloween, escolhi 10 livros que tratam do tema de uma forma extremamente divertida, para realmente encantar crianças e adultos como eu e você. Confira! 🙂


1. A casa assombrada, de Kazuno Kohara (Cosac Naify)

Sensacional é a palavra que utilizo para destacar esse livro, não é à toa que essa obra entrou no Top 10 do New York Times como um dos melhores livros ilustrados de 2008, foi nomeado para Prêmio Livro Ilustrado de Crianças Cambridgeshire e nomeado para o CILIP Kate Medalha Greenaway de 2010.

As páginas são de uma textura mais consistente. A escritora e também ilustradora japonesa Kazuno Kohara, propôs nessa sua primeira obra, um trabalho com colagens em papel branco e linogravuras nas cores símbolos do Halloween, preto e laranja, onde os fantasmas ficam em destaque e também com certa transparência.

Ok, a parte gráfica é perfeita, mas e a história? É ótima! Uma menina junto com seu gatinho ao mudar-se para uma casa que fica afastada do centro da cidade, descobre que ela é assombrada por fantasmas, mas como é uma bruxinha prática, resolve utilizar cada fantasma para seu conforto como transforma-los em cortinas, tapetes, toalhas e até mesmo lençóis da cama.   Continue lendo »

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

 Gosto muito de livros românticos. Aqueles, com histórias de amor que fazem suspirar. Inclusive, é um dos meus gêneros favoritos. Grande parte dos que já li foram publicados pela Editora Arqueiro. Por isso, se você é como eu e gosta deste tipo de história, vou listar cinco livros da editora, os quais gostei muito e recomendo:
Ps.: Eles não estão por ordem de preferência.

Foto: Dicas de leitura / Viagens de Papel

1. O VISCONDE QUE ME AMAVA (Os Bridgertons #6), de Julia Quinn

O livro, segundo da série Os Bridgertons, se passa em 1814 e conta a história de Anthony e Katie. Ele, com quase 30 anos, decide que é a hora certa para encontrar uma esposa e constituir uma família. Decide então cortejar Edwina, o centro dos olhares da temporada. Entretanto, para isso, precisa ganhar a aprovação da irmã de Edwina, Katie, que, sabendo da má fama do visconde, não quer saber de tê-lo na família. Esta é uma das minhas leituras que fiz recentemente e adorei. Li bem rápido, já que a narrativa e os protagonistas são encantadores. Indico bastante para quem gosta de romances históricos. Confira a resenha!

Continue lendo »


Definitivamente 2013 foi o ano da Literatura Nacional para mim. Voltando no tempo, nessa época o blog começava a ganhar vida e foi exatamente um livro nacional que me impulsionou a criá-lo. Eu gostaria de estabelecer amizades com pessoas que tivessem gostos parecidos com o meu, ou melhor, almejava por um contato mais próximo com outros leitores. E logo nasceu o blog.

Depois veio o drama, eu não sabia qual direção seguir, naquela ocasião não sentia vontade de ler os títulos da minha estante (a grande maioria tinha como temática o sobrenatural, com vampiros e anjos). Mas era a oportunidade perfeita para conhecer novos talentos, li muitos livros de autores brasileiros, alguns com resenha no blog, outros não.

Enfim, sem mais delongas! Abaixo, segue a lista com as cinco leituras nacionais que recomendo:

1. CORES DE OUTONO (Cores #1), de Keila Gon

Cores de outono é o primeiro volume da trilogia Cores, escrito pela paulista Keila Gon. O livro promete conquistar os leitores mais jovens, conduzindo-os numa viagem eletrizante. Um romance sobrenatural com a mistura ideal de fantasia, aventuras e mistérios. A autora apresenta-nos a trajetória de Melissa Wels, uma jovem comum de 21 anos, e os eventos que se sucederam após o acidente que mudou o rumo de sua vida. Mel é uma personagem cativante que passou por maus bocados. Clique aqui e leia a resenha! Continue lendo »