AVALIAÇÃO: 4,5/5
EDITORA: EDITORA SEGUINTE, CORTESIA
ISBN: 9788555340758
GÊNERO: YA
PUBLICAÇÃO: 2018
PÁGINAS: 384 SKOOB

Uma coisa absolutamente fantástica é o romance de estreia de Hank Green, conhecido pelo seu canal no Youtube, o Vlogbrothers. E o sobrenome não é estranho mesmo, ele é o irmão de John Green, autor de “A culpa é das estrelas” e “Tartarugas até lá embaixo”.

O ponto de partida da história é o surgimento de objetos que parecem estátuas ao redor do mundo todo. Nossa protagonista, April May, se depara com um deles em Nova Iorque e se torna uma celebridade mundial na internet ao postar um vídeo no YouTube sobre o tal objeto misterioso.

O livro gira em torno do mistério da origem dessas estátuas e também sobre esse fenômeno que acontece na nossa sociedade, onde pessoas “comuns” se tornam famosas e como isso pode virar a vida de alguém de cabeça para baixo.

Isso é algo que o autor soube descrever bem, pois ele mesmo sente na pele. Foi bastante interessante e levanta uma discussão sobre como nós nos relacionamos com a internet e como ela acaba tendo um extremo poder sobre a gente. Porém, por mais interessante que isso tenha sido, na minha opinião, foi o que fez o livro desandar.

Parece que o autor não sabia o que desenvolver. O mistério da origem dos robôs foi bem construído no início, deixando uma expectativa enorme sobre a resolução, porém o plot da fama na internet foi tomando espaço e isso tudo ficou de lado.

Dois pontos interessantes acabaram deixando a história um tanto corrida e bagunçada por não serem tão bem desenvolvidos. O mistério tinha muito potencial, porém foi perdendo força e terminou em uma resolução fraca para toda a promessa que foi feita. Havia alguns momentos em que ele era basicamente esquecido para dar espaço para a questão da fama da April.

Isso me impediu de dar cinco estrelas para o livro e a nota foi diminuindo na medida que o final se aproximava. A leitura é divertida, é interessante e boa para passar o tempo, porém pecou nesses quesitos.

Uma coisa que não pode deixar de ser apontada é a criatividade do autor para criar plots. A forma como ele ia colocando mais elementos na resolução do mistério é bem diferente e muito criativa. Apesar dos pesares, isso me deixa bem empolgado para conhecer mais histórias dele.

Sobre o autor
Lucas Zeferino Eterno fã de Harry Potter, se apaixonou pela literatura enquanto criança e segue sempre atento para descobrir novos livros. Lê clássicos, thrillers e mistérios, mas não abre mão de um bom YA e de um bom livro de fantasia.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: