AVALIAÇÃO: 4/5
EDITORA: TINTA NEGRA, CORTESIA
ISBN: 9788563876546
GÊNERO: CONTOS
PUBLICAÇÃO: 2014
PÁGINAS: 72 SKOOB

Recebi com muita empolgação esse título. Primeiro porque aqui em casa temos três cachorros que aprontam muitas situações divertidíssimas, Mikka (labradora), Luke (pit bull) e Zoe (pastora suíça) e em segundo porque aprecio a leitura de contos e de imediato fiquei curiosa em conhecer as histórias de Silvia Parisi.

A edição está uma fofura, impossível para quem gosta de cachorros não se apaixonar pelo trabalho da Traço Design. O fundo recebeu a mistura de verde e azul, um tom lindo, cheio de poás brancos, com dois cachorros dachshund, os famosos salsichinhas, em marrom.

As abas internas, orelhas do livro, têm patinhas caninas e o fundo listradinho. Nas páginas internas, sumário, páginas finais e contracapa também encontramos outros cãezinhos de raças diferentes, um mimo.

O livro é composto por 16 contos e neles encontramos os mais variados nomes para os bichanos: Thor, Sissi, Freud, Mike, Toby, Samba, Toquinho, Habib, Pokémon, Fumaça e Pipoca.

🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾🐶🐾

Alguns contos estão bem divertidos, outros porém não me agradaram tanto. Selecionei os meus quatro prediletos:


Juntos até que o cão os separe – Gina e Marcos estavam felizes casados, mas tudo mudou com a chegada de Thor.

“Nos dias que se seguiram, Gina passou a olhar aquele cãozinho de modo diferente. Acostumada a ter a atenção total do marido apaixonado, agora tinha que dividir tudo com “aquele bicho”.”


The dog from Ipanema – Uma grande confusão acontece quando dona Vilma leva sua cachorra Sissi à praia.

Ignorando a proibição de animais na praia, a desavisada vovó resolveu proporcionar a Sissi uma surpresa: conhecer o mar.


A reunião – Todos tem medo de pit bull, fato, então uma Assembleia Extraordinária é realizada para decidir o destino de um cão.

“O dono do cachorro ficou à porta do salão e começou a reclamar da perseguição, afinal, naquele edifício havia pinschers que latiam sem parar, shnauzers que atacavam e até um ‘salsicha’ que vivia fazendo xixi no elevador. Para isso ninguém ligava.”


Encontros – Um lindo conto de amor que começou com o carimbo de patas de cachorro em uma roupa branca.

“Rosana não sabia se olhava a roupa, o cão, o homem misterioso ou acompanhava o riso da meninada.”


A paulistana Sissi Parisi é veterinária e ama tanto sua profissão que também escreve artigos, já lançou uma coleção de livros sobre cães e mantêm um portal na internet. A prova de seu amor é a foto dela na orelha da quarta capa, Silvia está com três lindos e fofos cachorros.

“Tudo ia bem para o cãozinho quando um fato marcante aconteceu em sua vida canina: a dona, sem consultá-lo, resolveu ter um bebê. Isso foi atrevimento demais para ele.”


Este slideshow necessita de JavaScript.

E você, também gosta de cachorros? Já leu algum outro livro com esse tema?

Sobre o autor
Nara Dias 32 anos (22/12) – São Paulo Pós graduada na USP em Ética, valores e cidadania na escola, atua como professora de informática e robótica para crianças de 4 a 11 anos. Também com especialização em Libras - Língua Brasileira de Sinais, participa da comunidade surda da região onde mora, na Baixada Santista. Seu perfil no Skoob com mais de 1200 livros lidos, mostra sua paixão pelo gênero infanto-juvenil, onde capa, ilustração e tipo de impressão interferem muito em suas escolhas.


Deixe uma resposta

  1. quarta-feira, 4 de Abril de 2018.

    Título de livro interessante e tem uma temática que até é bacana.. Mas ainda assim não fiquei animada para ler.
    Dessa vez passo a dica.

    Beijos.

    http://www.alempaginas.com

  2. quinta-feira, 5 de Abril de 2018.

    Oi Nara, se no título tem “cachorro”… Já quero!!!! Amo livros que tem como protagonistas, meus peludinhos tão amados. Tenho 4 e só não tenho mais porque o marido não deixa. Amei a dica e já vou procurar o livro.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

  3. quinta-feira, 5 de Abril de 2018.

    Aaaah! Que coisa mais fofa!
    Acho que o único livro que focou no cachorro que eu já li foi “Marley e Eu”, e devo dizer que me acabei de rir e de chorar. Saber que esse é composto de contos que são capazes de emocionar assim, me deixou ansiosa para conhecer. Esses serumaninhos são as coisas mais ricas que existem, não dá pra negar. Amei a dica, espero ler em breve!
    Abraços

  4. sexta-feira, 6 de Abril de 2018.

    Oiii Nara

    Que capa fofa. Admito que não é meu tipo de livro, contos nunca me prendem completamente, não são leituras que me satisfazem por completo mas pra quem curte a dica é super boa.

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

  5. sexta-feira, 6 de Abril de 2018.

    Ai meu deus que livro lindo já quero vou adicionar na minha lista de compra . hahaha ele parece tao fofinho .

    Bjs

  6. sexta-feira, 6 de Abril de 2018.

    Gosto de contos, mas nunca li nada do tipo e no contexto geral gostei da proposta da veterinária. Se tratando de contos sempre tem os que gostamos mais, então entendo as suas preferencias. Nem preciso dizer que o livro está uma graça, lindo mesmo. Indo lá dar uma olhadinha no portal dela.

  7. sexta-feira, 6 de Abril de 2018.

    Olá!
    Parece ser um livro fofo, eu já me interessei por ser contos, amo contos! rs
    Adorei Freud como nome para cão, eu tenho uma cadela e recentemente hospedamos um bebê e não demos o nome pq nem sabemos se vamos ficar com ele, mas amei Freud. Eu já tive Schubert, Peri e Andy a atual que está bem idosa rs
    Adorei. Bjs

  8. sexta-feira, 6 de Abril de 2018.

    Nara que amorzinho de livro. hahaha
    Eu sempre fi apaixonada por cachorro e já tive vários ao longo da vida.
    Sem dúvidas fiquei com vontade de folhear <3

    Beijos
    http://www.saidaminhalente.com

  9. sábado, 7 de Abril de 2018.

    Olá, tudo bem?
    Eu amo filmes e livros sobre cachorros, tenho três na minha casa e apesar deles incomodarem algumas vezes, sentiria muita falta deles. O último livro que eu li sobre cachorros foi Marley e Eu, mas assisti vários filmes do mesmo gênero.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

  10. domingo, 8 de Abril de 2018.

    Oie!
    Que livro mais fofo! Com certeza quem ama ler e ama cachorros vai se apaixonar pelas crônicas que parecem ser super divertidas! A primeira foi a que me deixou mais curiosa, geralmente quando tem casamento e cachorro, vem confusão na certa! kkkkkk

    Beijos,
    Eli – Blog Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

  11. domingo, 8 de Abril de 2018.

    Oi, tudo bem? Não conhecia o livro e claro que amei saber sobre ele. Eu tenho cinco cachorros e adoro qualquer coisa que fale sobre eles <3 Achei a edição muito linda, com certeza só ia já me conquistou. Sobre os contos não tenho o que dizer, sendo que você apenas listou os que gostou, não disse o porquê gostou deles. Mas gostaria muito de conhecê-los. Eu não tenho medo de pitt-bulls (porque nunca tive nenhuma experiência negativa com eles e todos os que conheci eram ótimos) e acho que você não poderia dizer que "todo mundo" tem, até porque isso é uma generalização.

    Love, Nina.
    http://www.ninaeuma.blogspot.com

  12. segunda-feira, 9 de Abril de 2018.

    Olá, tudo bem? Gente que ideia bacana haha Nunca vi nenhum livro parecido, e por também adorar cachorro, me deixou bem interessada. Bom de ser contos é que pode ler separadamente, então leria durante um tempo. Sim, sempre temos alguns contos que gostamos e outros nem tanto. Sua resenha me deixou curiosa! Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

  13. segunda-feira, 9 de Abril de 2018.

    Olá!
    Não conhecia esse livro, achei a ideia bem engraçada, apesar de não ler muitos contos, fiquei interessada nesse livro. Parece ser bem divertido, adoro livros e histórias com cachorros, anotei a dica!

    beijos!

  14. segunda-feira, 9 de Abril de 2018.

    Oi, Nara. Eu não conhecia o livro e achei a capa bem bonita e o título bem curioso. Gostei da sua resenha e fiquei interessada em poder realizar a leitura também.

  15. sábado, 21 de Abril de 2018.

    Oi, Nara, tudo bem?
    Não conhecia e me apaixonei! Que livro fofo! Capa linda, diagramação maravilhosa e com certeza dever ser uma delicia de ler. Fiquei imaginando situações hilárias com esses cãezinhos fofo!
    Dica anotada e valeu pela indicação!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

  16. quarta-feira, 25 de Abril de 2018.

    Eu não sou uma grande fã de contos, mas adoro cachorros (também tenho 3!!!) e também tenho cada história pra contar, que as vezes parecem até mentira hahahahah. Talvez eu compre, mas não pra mim, pra minha irmã, que é muito mais chegada num livro de contos do que eu.

    Mas obrigada pela dica!

    Xoxo
    Abby

  17. quarta-feira, 2 de Maio de 2018.

    Oi, Nara ^^
    Eita que definitivamente a autora gosta de cachorros, isso é indiscutível shasuhsau
    Vou te revelar que não sou chegado muito a enredos contendo os melhores amigos dos humanos e digo amigos para não me focar somente em cachorros. Em filmes dificilmente vejo os que tem os animais em grande estima porque os diretores e roteiristas parecem transforma tudo em algo bobo e isso com certeza interfere na opinião de quem busca uma leitura contendo animais no enredo, sabe.
    Agora já voltou para os livros eu li anos atrás MARLEY & EU e nunca chorei tanto com um final de livro! Também já li outro onde os cachorros roubam a cena, inclusive minha leitura atual (O VISCONDE QUE ME AMAVA) tem justamente um que é impossível não o percebê-lo e não querer tê-lo como amigo ahsuahsuh
    No fim, quando reflito só fico com uma impressão: gosto bastante de animais na literatura adhsuhsa
    Focando no livro da Silvia Parisi e sua edição física achei de uma fofura tamanha que dá vontade demais de ter tal leitura mesmo no momento eu tendo como filhos dois gatos e uma terceira gata morando em outro estado.
    Como não vi muito ser revelado sobre os enredos dos contos não sei nem imaginar qual devo gostar de ler.
    Abraços.

    • quarta-feira, 2 de Maio de 2018.

      Ah, desconhecia a editora mas fico feliz de saber que exista. Tem que ter muitas casas literárias para abrigar o tanto de gente talentosa ( e ruins também ahahhaa). ^^

  18. quinta-feira, 10 de Maio de 2018.

    Olá, Nara. Agradeço os elogios ao meu livro. As histórias foram escritas baseadas em acontecimentos reais que vivenciei nos meus 30 anos de veterinária. Os cães realmente existiram e essas são suas pitorescas histórias que me marcaram e encantaram.

    Um abraço,

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: