sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Estamos no final de 2017 e é muito bom poder trazer para vocês alguns livros lançados pela Zit Editora e que recebi neste segundo semestre para avaliação:

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN: 9788579331183 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, FÁBULA, LIVRO-IMAGEM PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 40 SKOOB

Este livro me surpreendeu primeiramente pelas belíssimas ilustrações da paulistana Taisa Borges. A capa, contracapa e orelhas formam uma ilustração gigante horizontalmente. Até mesmo as capas internas estão com penas em lindos tons de azul.

Fiquei admirada, não por saber que se tratava de um livro-imagem, que é um gênero que já gosto bastante, mas em saber que Taisa recontava uma fabula de ninguém menos que Leonardo da Vinci, realmente desconhecia esse talento desse homem multi-habilidoso.

Por também desconhecer a fábula, foi muito interessante observar as imagens. A história é entendida de forma clara, inclusive algumas sequências de imagens ressaltam alguns pontos, dando ênfase a essa narrativa sem palavras.

A águia e a coruja é uma fábula que nos ensina que nem sempre o animal mais bonito e mais forte é o vencedor, afinal cada um tem suas próprias habilidades.


AVALIAÇÃO: 4,5/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN: 9788579331077 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, CULTURA INDÍGENA PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 40 SKOOB

O livro se inicia com um diálogo interessante entre dois garotos que estão correndo, pela ilustração percebemos que correm pela mata. O jovem Kupai narra o que aconteceu no dia em que viu o sol se banhar no rio. Ele e Dum, que fazem parte do povo Wapichana subiram até a Laje do Trovão, parte mais alta e perigosa da região, achando que ninguém notaria a façanha. Por consequência cada um precisou fazer um tipo de trabalho na aldeia… Apesar do castigo, Kupai sabia que tinha valido a pena ver tamanho espetáculo e inúmeras perguntas já se formavam em seu imaginário infantil.  Como solucionar tantas dúvidas?

Através de uma história antes de dormir, o pai busca alertar as crianças a não fazerem de novo uma aventura tão perigosa, porém ao mencionar a tal “boca da noite”, Kupai ficou ainda mais curioso em desvendar mais uma porção de dúvidas que continuam a surgir em sua mente.

Esse livro está realmente muito bonito, a história é encantadora e nos aproxima da cultura indígena do povo Wapichana, Kupai é apaixonante, aliás que criança curiosa não é?

O livro é de Cristino Wapichana, ganhou menção honrosa no Concurso FNLIJ / UKA Tamoios de Textos de Escritores Indígenas 2014.  A FNLIJ eu já conhecia, pois é a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. E a UKA conheci através de uma pesquisa, é uma instituição, chamada de Casa dos Saberes Ancestrais.

As ilustrações completam com perfeição a obra, estão de um colorido tão lindo e intenso que consegue transmitir  a beleza sem igual das matas brasileiras. Os créditos são de uma ilustradora já conhecida por mim, a Graça Lima, ela já ilustrou mais de cem livros.


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN: 9788579331152 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 48 SKOOB

Dos seis livros que recebi da Zit, sem dúvida esse é o meu predileto. Que história linda! Aborda de uma forma tão delicada e sutil o tema morte e saudade. Quando perdemos entes queridos, nosso coração é capaz de congelar, de uma forma que às vezes nem os familiares próximos são capazes de preencher o vazio e aquecer nossa alma, por mais que tenham boa vontade para isso. E é exatamente isso que acontece com o personagem do livro, chamado simplesmente de menino.

A diagramação está minimalista e isso deixa o livro perfeito. Os textos são curtos e estão sempre em azul, se mantendo centralizados e sempre nas páginas à esquerda. As páginas são brancas como a neve e as ilustrações ficam nas páginas à direita. A capa tem floquinhos de neve em relevo, uma graça.

Fiquei muito curiosa em ler outros títulos da Leticia Sardenberg, esse é o terceiro livro dela pela Zit. As ilustrações lindas são de Alexandre Rampazo que já ilustrou mais de 50 livros e escreveu algumas obras, que também me interessei em conhecer. Parabéns a ambos por esse livro, ficou um resultado bacana. Final maravilhoso!


AVALIAÇÃO: 3,5/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN: 9788579331169 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, POEMAS, FOLCLORE PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 40 SKOOB

Cafofo do Remelexo me surpreendeu pela criatividade. Ele é apresentado todo em versos rimados, cada página da direita contém uma estrofe, sempre com quatro versos e o restante do espaço é completado com divertidas ilustrações de Júlio Carvalho que mostram uma mistura muito interessante entre:

* Personalidades brasileiras (Monteiro Lobato, Luis da Câmara Cascudo);

* Personagens conhecidos de nosso folclore (Saci, Curupira, Iara, Boto, Bumba Meu Boi, Boi da Cara Preta, Caipora, Mula Sem Cabeça, Lobisomem, Cuca, Mapinguari, Anhangá, Velho do Saco);

* Personagens que eu não conhecia (Matintapereira, Pé de Garrafa, Corpo-Seco);

* Personagens e lendas não exclusivos do Brasil, mas também de outros lugares do mundo (Pedro Malasartes, Mulher de Branco, Loura do Banheiro, Bicho-Papão);

*  Ditos populares (Moça Bonita e Macaco Velho);

* Pratos e alimentos típicos brasileiros (siri, caranguejo, cocada, quebra-queixo, baião de dois, acarajé, guaraná);

* Ritmos e instrumentos musicais (xote, maxixe, forró, triângulo, acordeão, baião).

Outro fato interessado é ele ter sido escrito por três pessoas, o jovem Thiago Costa de 17 anos, sua mãe Andrea Taubman e o carioca Marcelo Pellegrino. Fiquei curiosa pela publicação subsequente “Almanaque do Cafofo do Remelexo”, onde nós seremos os autores de nosso próprio livro.


AVALIAÇÃO: 4,5/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN: 9788579331213 GÊNERO: INFANTOJUVENIL,  PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 32 SKOOB

Através desse livro conheci Luciana Greether. O que achei interessante em sua carreira, foi saber que a abertura de uma antiga novela Global foi desenhada por ela, Joia Rara. Não sabia que no período da novela, houve o lançamento de um livro online chamado de A vida de Buda, apesar de não acreditar no budismo, achei lindo a ideia de livro animado, onde partes da ilustração se movem e ouvimos sons e melodias musicais.

Marinela é um livro com uma linda história e com belas ilustrações em tons de amarelo, todinho feito pela Luciana.

Pelas ilustrações percebemos que Marinela vive numa casa simples, em alguma pequena cidade brasileira, junto com sua avó Joralda e tia Antoninha. Em versos rimados acompanhamos o cotidiano dessas mulheres, os bordados, o pilão…

Marinela aproveita bem sua vida, se diverte em meio a fogueiras, versos de improviso, idas ao poço da ribeira, mas nunca esquece o que sua avó e tia disseram, que um príncipe chegaria para se casar com ela.

A autora está de parabéns pela riqueza de detalhes, esse é um livro que valoriza nossa cultura.


AVALIAÇÃO: 4,5/5 EDITORA: ZIT EDITORA, CORTESIA ISBN: 9788579331121 GÊNERO: INFANTOJUVENIL, LENDAS PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 80 SKOOB

Esse livro com nome comprido Uma história dentro da outra e lendas do Rio Doce foi uma feliz e gostosa surpresa. Ele já havia me cativado pelos olhos, através das lindas ilustrações do quase nonagenário Flávio Colin, mas o texto de Geny Vilas-Novas me deixou imaginando claramente sua infância, afinal ela relembra através desse livro suas férias no Sítio de Cima.

Geny e sua irmãzinha vivem deliciosos momentos com o Pai João, Mãe Maria, Vovó Carolina e Vovô Afonso, depois junta-se a eles o primo Paulinho. Subidas sem fim ao imenso ipê-amarelo, tudo para se aconchegar dentro da casinha com teto de vidro com mirante feita por Pai João, que estava acima das demais árvores do pomar.

“Do alpendre do Sítio de Cima, avistavam-se as pastagens, a cachoeira Escura e o rio Doce. Do jirau, enxergava-se o mundo: a floresta Amazônica, a África, o Japão, os cangurus da Austrália. E da copa do ipê-amarelo? Ah, da copa do ipê-amarelo, contemplávamos as galáxias!”

Dentro dessa história tão aconchegante, a criançada sempre pedia para que os adultos contassem histórias, eram as lendas do Rio Doce, que fazem parte da cultura local:

O filho do caçador – O capeta e o tijolo – Gato-Preto – Zabelinha – A roça do João – Compadre Donato – O peixe de escamas de ouro – Cabritinho de ouro – O ganso de ouro

Das nove lendas narradas no livro, gostei bastante de duas: O filho do caçador e Zabelinha. A primeira nos ensina a não agir por impulso e acreditar no poder da lealdade e Zabelinha também nos ensina sobre lealdade, mas que às vezes não valorizamos, principalmente quando nos iludimos com outras coisas. São histórias interessantes e até divertidos apesar de algumas terem finais trágicos ou inusitados. Fiquei com vontade de ler outros livros da autora.


Este slideshow necessita de JavaScript.


E você qual livro mais gostou? Qual leria?

Sobre o autor
Nara Dias
Nara Dias 32 anos (22/12) – São Paulo Pós graduada na USP em Ética, valores e cidadania na escola, atua como professora de informática e robótica para crianças de 4 a 11 anos. Também com especialização em Libras - Língua Brasileira de Sinais, participa da comunidade surda da região onde mora, na Baixada Santista. Seu perfil no Skoob com mais de 1200 livros lidos, mostra sua paixão pelo gênero infanto-juvenil, onde capa, ilustração e tipo de impressão interferem muito em suas escolhas.


Deixe uma resposta

  1. sexta-feira, 29 de dezembro de 2017.

    Esse post é daqueles tipos que você ama e que vai ler todos kkk Amei todos, amo livros “infantis” que trazem significados para os leitores. Eu amo coraine e me encantei com todos esses, com vou todos ano que vem. Espero gostar assim como você gostou deles ^^ bjs

  2. sábado, 30 de dezembro de 2017.

    Oi Nara <3
    Eu não conhecia essa editora e estou chocada com a beleza dos livros (não sei como são por dentro, mas acredito que a diagramação faz jus as capas). E fiquei com vontade de ler Marinela, senti a leveza e a beleza da história só pela ilustração.
    Dica anotada.

    Feliz ano novo <3
    Beijos

    www;saidaminhalente.com

  3. sábado, 30 de dezembro de 2017.

    Oii
    Que listinha mais linda, amo infanto-juvenis. Recentemente, vi uma resenha do livro “Uma história dentro da outra e lendas do Rio Doce” e me apaixonei pela premissa, já quero ler esses livrinhos.
    Bjos, Bya! 💋

  4. sábado, 30 de dezembro de 2017.

    Adorei o post. Adoro livros deste tipo. Não conhecia a editora e acredito ser um achado. Parabéns

  5. domingo, 31 de dezembro de 2017.

    Oi Nara, meus filhos já não estão na idade para lerem estes livros, mas tenho amigas e primas que tem, então sua dica vem bem a calhar. Obrigada!
    Bjs, Rose

  6. domingo, 31 de dezembro de 2017.

    Olá, como vai?
    Amei suas dicas de leituras infantis! E já quero adquirir as obras para ler pros meus alunos!
    Feliz ano novo com muitas realizações e boas leituras!

  7. segunda-feira, 1 de janeiro de 2018.

    Eu simplesmente adoro esse tipo de livro. Quando eu era criança passava horas lendo essas coisas haha Enfim, adorei o post e queria muito poder resenhar essas obras no meu portal também. Boa sorte com o blog 🙂

    Portal GATILHO
    https://portalgatilho.wordpress.com

  8. terça-feira, 2 de janeiro de 2018.

    Olá, tudo bem? Que amo esses livrinhos, fiquei doida pra comprar e ler todos, hahaha. Adorei tua postagem, livros infantis são tudo de bom!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

  9. terça-feira, 2 de janeiro de 2018.

    Olá!
    Que dicas maravilhosas!
    Adorei as temáticas e se fosse escolher um pegaria O cafofo do remelexo.
    Espero ver algumas resenhas por aqui.
    Beijos!

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: