sábado, 4 de novembro de 2017

AVALIAÇÃO: 4/5
EDITORA: INTRÍNSECA, CORTESIA
ISBN: 9788551001752
GÊNERO: THRILLER, SUSPENSE, POLICIAL
PUBLICAÇÃO: 2017
PÁGINAS: 368
SKOOB

Um trágico acidente. Um passado do qual você não pode fugir.

A ex-detetive Clare Mackintosh conta neste livro uma história que aborda temas policiais envolvendo investigações criminais. É uma obra de ficção que relata o momento em que uma mãe perde o filho de cinco anos, Jacob, quando esse solta sua mão ao voltar da escola, e é vítima fatal de um atropelamento.

Deixei você ir que combina suspense, investigação policial e thriller psicológico desenvolve-se em duas linhas, podemos identificar isso quando os capítulos são intercalados alguns em terceira pessoa e outros em primeira. Na narrativa, Jenna é a personagem fragilizada pela culpa ocasionada após o acidente; enquanto Ray é o detetive que tem como missão encontrar o motorista que fugiu sem deixar rastros, é um profissional dedicado que vive dificuldades investigativas, institucionais e familiares. E acaba se envolvendo com Kate, colega de trabalho, o que abala sua vida pessoal.

No enredo, Jenna sente-se culpada após morte de Jacob, resolve tentar um recomeço de vida longe do local da tragédia e se muda para o País de Galles, onde descobre novas habilidades, um companheiro de quatro patas e, possivelmente, até uma nova paixão. A partir daí a história começa a sofrer uma grande e arrebatadora reviravolta, quando surge uma personagem aparentemente não citada antes e muda completamente os rumos da história, que passa de um previsível romance-dramático para um frenético e imprevisível suspense policial.

A morte de uma criança nos abala profundamente, ainda mais uma tão jovem e com a vida toda pela frente, o mais triste é o desfecho desta curta história, Jacob teve sua vida interrompida abruptamente. E o assassino(a)? Ninguém sabe, não há muitas pistas, só questionamentos e a persistente dificuldade para decifrar a identidade do motorista, um crime que tende a se manter impune e só se resolve nas páginas finais do livro juntamente com as demais pontas soltas.

Após sobreviver a tantas provações, Jenna não esperava por tal fatalidade, incapacitada para lidar com o acontecido, ela se isola numa pequena cabana e vive de modo humilde e precário, não queria ser encontrada, mas o passado é persistente e bate à porta.

Ninguém espera fazer parte de um evento catastrófico e autodestrutivo, num instante você é a vítima e no outro o vilão, é culpado e julgado por onde passa. A personagem almeja apagar da mente aquele instante decisivo, recomeçar e viver, mas nem sempre é possível sem resgatar a si próprio, o peso da culpa e o medo levaram Jenna à tomar decisões precipitadas que no fim se mostraram muito piores que a própria verdade.

Por fim, outro ponto central da história que podemos observar é que nem sempre as pessoas são aquilo que demonstram e que por muitas vezes isso pode até ser algo positivo, essa mensagem fica clara quando a autora revela que Jenna sofreu um relacionamento abusivo durante anos, mas conseguiu escondê-lo de todos que estavam a sua volta, e por isso foi pré-julgada.

Deixei você ir é um livro com alta carga psicológica, a autora explora a personalidade dos personagens ao máximo, trabalhando tanto suas mentes quanto a do leitor, mostra a opinião pública e como a mídia pode alterá-la, de amigo você passa a inimigo e vice-versa. O livro traz uma série de assuntos sob os quais poderíamos passar horas dialogando a respeito, mas o que nos interessa é falar da qualidade da obra em sua totalidade. Apesar de uma mera ficção, Mackintosh soube expor com maestria seus anos de experiência na polícia, numa história eletrizante e surpreendente.

Sobre o autor
Patrícia Oliveira Patrícia Oliveira, 25 anos (07/01) – São José/SC. Acadêmica de Direito, leitora assídua e blogueira. Lê de tudo um pouco, seus gêneros literários favoritos são romance histórico, época e contemporâneo, thriller psicológico, fantasia épica e clássicos. Sempre cultivou a ideia de criar um blog, onde pudesse compartilhar sua opinião. Quando não está fazendo tarefas cotidianas, geralmente está divertindo-se na companhia de seus bichos de estimação. Curte séries, filmes de comédia romântica e animes, mas sua grande paixão é a literatura.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: