AVALIAÇÃO: 4,5/5 EDITORA: V&R EDITORAS, CORTESIA ISBN: 9788550700526 GÊNERO: ROMANCE, ROMANCE ERÓTICO, ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 304 SKOOB

Após ler Riscos da paixão, o sexto livro da série Homens Marcados e finalização, confesso que está cada vez mais difícil escolher qual dos mocinhos é o meu preferido. Cada um deles é apaixonante no seu jeitinho imperfeito de ser, mas devo dizer que o Asa conquistou um pedacinho especial no meu coração.

Royal está numa fase ruim. Após uma missão em que vê seu melhor amigo e parceiro Dominic ser baleado e quase morrer, ela se afunda em culpa e remorso. Se sentindo a pior das pessoas, e estando um tanto quanto inconsequente, ela corre atrás de problema na forma do sexy barman Asa. Acontece que ele vive dando o fora nela e ela não sabe mais o que fazer com toda a atração que sabe existir entre os dois.

O fato é que Asa vive querendo jogar na cara dela que não presta, mas suas atitudes e a nova vida que leva só mostram o quanto ele mudou. Asa Cross nunca foi um exemplo ideal de ser humano. Com inúmeras passagens pela cadeia, ele nunca hesitou em passar alguém pra trás pra obter o que queria – na maioria das vezes dinheiro. Ele definitivamente não é o que poderíamos chamar de homem bom e decente. Porém, após ficar em como sofrendo as consequências de suas próprias escolhas e (mais uma vez) magoar sua irmã que é a única família que se importa com ele de verdade, ele decide que é hora de mudar e começar a viver de acordo com as regras. E nessa sua nova fase de homem decente, ele decide que o mais certo a fazer é não se aproximar de Royal: a policial quente e uma mulher de respeito, que merece mais do que um homem como ele.

O criminoso e a policial, quem diria que isso daria certo? Mas a verdade é que eles são o casal perfeito um pro outro. Ambos estão passando por problemas. Ambos se prenderam ao passado e à culpa que sentem por tudo que causaram às pessoas que amam e acabam enterrando esses sentimentos um no outro. Eles se tornam a válvula de escape um do outro, mas enquanto Royal quer investir num relacionamento com Asa – mesmo sabendo de todos os riscos – Asa acha que não merece alguém como Royal e que, como tudo em sua vida, vai acabar destruindo o que tem com ela também.

Gostei muito do fato de, apesar de serem exatamente o oposto um do outro, eles serem exatamente o que o outro precisa. Royal está cheia de dúvidas sobre seu emprego e ser ou não uma boa policial, mas Asa sana todas essas dúvidas, ele incentiva ela, mostra que é muito mais que um corpo bonito, que ela é uma mulher incrível e que merece tudo de bom. Ao mesmo tempo, Asa tenta sempre mostrar seu pior lado pra Royal, mostrar que ela merece mais do que alguém como ele, mas Royal não se intimida com o passado dele e confia que ele pode ser uma pessoa melhor. É essa confiança que depositam um no outro que faz com que eles consigam se tornar melhores, que consigam se ver como são e merecedores de felicidade como qualquer outra pessoa, apesar dos erros. O relacionamento deles é intenso, permeado de sentimentos ruins como culpa e auto desprezo – principalmente do Asa – mas eles acabam encontrando no amor a solução para seus problemas.

Como em todos os livros dessa série, em Riscos da paixão a autora não foca só nos protagonistas e em seus dramas pessoais, acabamos por acompanhar também toda a família Marcados e conseguimos matar a saudade dos personagens dos outros livros da série. Esse é um dos pontos que mais gosto na série, esse sentimento de família de poder acompanhar toda a história ao longo de anos. Confesso que bateu até um aperto no peito de saber que é o fim.

A narrativa da autora é fluida e envolvente, o que torna o livro extremamente rápido de ler. Acompanhamos os pontos de vista de ambos os protagonistas o que sempre me agrada pois possibilita uma aproximação ainda maior do leitor com os personagens. E confesso que senti profundamente tudo o que o Asa estava passando e não tem como não se compadecer dele, como não ver que ele está tentando e que apesar do que diz, por dentro ele é sim um homem bom.

De modo geral, o livro é um ótimo desfecho pra série. Não perfeito – achei que a autora foi bem repetitiva em algumas partes – mas um ótimo livro, que cumpre bem seu propósito. Não posso dizer que a autora é das mais originais (todos os livros da série tem essa coisa em comum de trazer personagens com bastante drama que se encontram no amor), mas há algo nos personagens que cria, no modo como narra, que torna essa série irresistível. Pra quem curte o gênero, vale a pena investir nos Homens Marcados.


Conheça os outros títulos da série Homens Marcados:

1. Na sua pele (2015)

2. Notas quentes (2015)

3. Armas da sedução (2015)

4. Chamas do passado (2016)

5. Desejos do destino (2016)

6. Riscos da paixão (2016)

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: