terça-feira, 31 de outubro de 2017

Avaliação: 4/5
Editora: Galera Record, Cortesia
ISBN: 9788501086938
Gênero: Romance, Fantasia, Jovem Adulto
Publicação: 2014
Páginas: 381
Skoob

Já faz um ano que conheci a escrita de Alexandra em “Três chances”, a continuação de Desejos. Por serem histórias independentes, o fato de eu ler o segundo antes do primeiro não alterou nem prejudicou a compreensão da história. Na época, gostei bastante do livro, afinal, quem não gostaria de ter um vestido capaz de realizar pedidos? Desde então, tinha vontade de ler o primeiro e conhecer um pouco mais do trabalho da autora, mas como a gente sabe, quando se é leitor e se tem uma pilha de livros para ler, fica difícil conseguir dar conta de todos. Até que tive a oportunidade e li no Kindle. O arrependimento bateu por não ter lido antes.

Para Olivia Larsen, nada poderia mudar o fato de que sua irmã gêmea, Violet, se foi. Até que um misterioso vestido de festa é deixado à sua porta, e ele é capaz de lhe conceder um único desejo. A única coisa que Olivia quer é ter a irmã de volta. Agora, as garotas têm uma nova chance de viver tudo o que sempre sonharam. De quebra, descobrem que existem mais dois vestidos com o mesmo poder, ou seja, mais dois desejos novinhos em folha! Mas mágica não pode resolver tudo e Olivia precisa confrontar os fantasmas de seu passado para aprender a rir, amar e viver novamente.

Tal qual o segundo livro, temos aqui um vestido mágico e uma garota que quer usufruir de sua magia. Ao contrário do segundo livro, que se tinha uma protagonista mais velha, aqui temos Olivia, uma adolescente do Ensino Médio que acabou de perder a irmã. E quer mais uma chance com ela. Algo que me chamou a atenção no segundo livro e que torna a aparecer no primeiro são os desejos de cada uma das protagonistas. Enquanto Hazel (protagonista de “Três chances“) quer reencontrar a mãe, Olivia quer a irmã novamente. Isso, de certa maneira, faz com que nos afeiçoemos ainda mais pelas protagonistas, uma vez que suas escolhas as tornam quem elas são. E as escolhas devem envolver sabedoria, sobretudo.

Dito isso, acabo chegando a outro ponto que me encantou na leitura e me fez querer ir até o final. Desejos não é apenas sobre desejar algo. É sobre relacionamentos familiares. E isso Alexandra sabe trabalhar muito bem. Não é de hoje que li livros que tratassem de irmãs, mas acredito sempre estar diante de algo novo. Violet era a garota popular do colégio, enquanto que Olivia era tímida. Quando a primeira morre, Olivia fica à deriva e sem saber para onde ir. Até que tem a oportunidade de ter mais uma chance com a irmã e tentar ser alguém diferente. Mas, ao longo da narrativa, vimos que isso não dá muito certo. O leitor consegue divisar duas irmãs completamente diferentes, com suas especificidades. Com elas aprendemos a viver e a deixar se libertar um pouco. Isso faz bem para qualquer um. É necessário.

Diante de tudo isso, temos uma história típica de Ensino Médio, com aqueles personagens que já estamos acostumados. Apesar disso, a leitura flui e encanta, fazendo com que torçamos pelo amadurecimento da protagonista e principalmente pelo seu desfecho. Não é um livro com um grande ápice muito menos reviravoltas. Mas, ainda assim, é aquele que você termina com o coração aquecido e com um gostinho de quero mais.


Conheça os outros títulos da duologia Desejos

1. Desejos (2014)

2. Três chances (2016)

Sobre o autor
Lucas Kammer Orsi
Lucas Kammer Orsi Estudante de História. Vê nos livros uma maneira de fugir da realidade e encontrar um pouco de aconchego do cotidiano tão corrido. Potterhead, se emociona fácil com romances, mas não deixa de lado um bom suspense, de viver uma aventura e dá gargalhadas com um chick-lit. Está sempre com suas séries atrasadas, mas isso não o impede de sempre começar mais uma. Amante da música pop, é grande fã de Taylor Swift.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: