AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: INTRÍNSECA
ISBN: 9788580578645
GÊNERO: ROMANCE
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 320
SKOOB

Atenção: essa resenha pode conter spoilers do volume anterior!

Quando conheci Jojo Moyes e a história de Will e Louisa, meu coração foi por água abaixo. Foram várias lágrimas derramadas durante a leitura da história, tornando-se uma das favoritas de todos os tempos. Da mesma maneira foi quando assisti ao filme. Pouco tempo depois, foi anunciada a continuação do livro, diante da insistência dos fãs para com Jojo Moyes em descobrir o que havia acontecido com Louisa. É aí que surge Depois de você. Apesar de todo burburinho em torno do livro, ainda assim ficava um certo temor em relação ao mesmo.

Quando uma história termina, outra tem que começar. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece ser capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

Jojo Moyes encanta pela sua escrita, pelos seus personagens e as situações em que os coloca. Com Depois de Você, encontramos novamente os tão queridos personagens, dentre eles Louisa. Diferente de Como eu era antes de você, aqui a protagonista se mostra mais madura, mas também marcada pelo que acontecera com Will. O luto, de certa maneira, acaba fazendo com que a leitura se arraste um pouco, dificultando o envolvimento com a história. As coisas começam a andar quando surge Sam Fielding e um possível romance role entre eles. E ainda mais quando surge uma figura do passado de Will, que torna a história mais interessante.

A história é boa e a leitura rende e cativa. Todavia, acredito que se fosse um romance separado a interpretação seria totalmente diferente. Se o livro fosse apresentado “garota perde amor da sua vida e não consegue se recuperar” a minha avaliação teria sido outra coisa. Diante de tudo que eu sei sobre o relacionamento de Louisa e Will, foi muito estranho encontrá-la em outra situação. É como se aquilo que acontecera anteriormente não fizesse sentido. Não critico Sam, por exemplo, mas não via necessidade em dar sequência àquilo.

Apesar disso, é uma boa leitura, ao estilo Jojo Moyes, e acredito que vá conquistar os fãs da autora. O final é previsível, mas também vai de encontro ao que falei antes. Uma possibilidade é você ler esse livro até mesmo antes do primeiro, uma vez que não terá dimensão do que aconteceu antes.


 

Conheça os outros títulos da duologia Como eu era antes de você :

1.  Como eu era antes de você (2013)

2.  Depois de você (2016)

Sobre o autor
Lucas Kammer Orsi
Lucas Kammer Orsi

Estudante de História. Vê nos livros uma maneira de fugir da realidade e encontrar um pouco de aconchego do cotidiano tão corrido. Potterhead, se emociona fácil com romances, mas não deixa de lado um bom suspense, de viver uma aventura e dá gargalhadas com um chick-lit. Está sempre com suas séries atrasadas, mas isso não o impede de sempre começar mais uma. Amante da música pop, é grande fã de Taylor Swift.



Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: