terça-feira, 12 de setembro de 2017

Avaliação: 4/5
Editora: Companhia das Letras, Cortesia
ISBN: 9788535929058
Gênero: Poesia
Publicação: 2017
Páginas: 278
Skoob

“De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento”

Quem gosta ou já aprendeu sobre poesia brasileira, com certeza irá reconhecer os primeiros versos do Soneto da Fidelidade, imortalizado por Vinicius de Moraes. Ele, que nasceu em 1913 no Rio de Janeiro, encantou o país com seus versos sobre o amor, muitos deles musicados por artistas como Jobim, Toquinho, entre tantos outros. Vinicius falava sobre cada amor como se aquele sempre fosse o último e, cada um, diferente e único a sua maneira. Como uma forma de homenagear sua obra, a Companhia das Letras lançou este ano o livro Todo amor, que reúne cartas, crônicas, poemas e letras de canção, mostrando a versatilidade de Vinicius e a forma como explorava esse sentimento tão infinito em si mesmo.

Há de se dizer que a edição é um espetáculo a parte. Com tons de vermelho, rosa e muitas ilustrações de flores, que complementam e intensificam o conteúdo do livro, a parte estética está de uma delicadeza sem tamanho, sem deixar de lado a paixão e sua voracidade, presente em muitos momentos da vida do autor. Todo amor celebra um sentimento que permeia nossas vidas em qualquer circunstância, que é capaz de arrebatar-nos e trazer a esperança mesmo em meio a dias obscuros. Aqui, o amor é o personagem principal, mas sem deixar de lado os secundários, que inevitavelmente aparecem em sua companhia – alegria, tristeza, ciúme, perdão, expectativa, serenidade, entre tantos outros.

Este é um livro para ser lido aos poucos. Deixar na cabeceira da cama e vez ou outra folhear e se deixar surpreender pelas palavras do autor. Quando aparecem as letras de música, são sempre sinalizadas pelo nome do cantor. Aqui, uma boa dica é procurar a canção no Youtube ou Spotify, fechar os olhos e se deixar levar pela mistura dessas duas grandes artes. Fiz isso durante a minha leitura e com certeza tornou a experiência ainda mais rica.

Não tenho o costume de ler poesia e nunca tive contato próximo com a obra de Vinicius. Todo amor me mostrou inúmeras faces desse sentimento que pode ser descrito de milhares de formas diferentes, mas ainda assim não estará esgotado. É um livro que, aos poucos, vem se chegando pra junto da gente, e assim, como quem não quer nada, surpreende e encanta por suas nuances e sutilezas. Nas palavras de Vinicius, é possível identificar o sentimento em seu mais intenso contorno. Aqui, ele fala sobre variados tipos de amor. Mas não importa qual seja sua forma – o importante é amar!

Sobre o autor
Camila Tebet
Camila Tebet Camila Tebet, 24 anos (05/06) – Paraná Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Entre os seus livros favoritos estão "Harry Potter" (é claro), "Na Natureza Selvagem", "Orgulho e Preconceito" e "A Menina Que Roubava Livros". Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook