quinta-feira, 24 de agosto de 2017

AVALIAÇÃO: 4,5/5
EDITORA: INTRÍNSECA, CORTESIA
ISBN: 9788551002346
GÊNERO: ROMANCE, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2017
PÁGINAS: 320
SKOOB

Amor e Gelato é um daqueles livros que esperamos ser bem água com açúcar: uma história nada extraordinária, mas suficientemente gostosa de acompanhar pra valer o tempo investido na leitura. E de certa maneira ele é isso mesmo, um livro daqueles bem leve e doce, mas ao mesmo tempo é muito mais do que isso, e acaba nos surpreendendo com os rumos que a história toma.

Lina acabou de passar por um dos momentos mais difíceis da sua vida: perder a mãe para um câncer. Não fosse a dor da perda suficiente ela ainda tem que cumprir (meio a contragosto) a última promessa que fez a ela e embarcar em uma viagem à Florença a fim de conhecer o pai biológico – Howard. Além de ter de ir a um lugar estranho, passar um tempo com um homem sobre quem não sabe nada, Lina ainda descobre que a própria mãe não era exatamente quem ela pensava que era. Ao ler um diário deixado por ela e passar um tempo na cidade que a própria mãe viveu, Lina vai descobrir muitas coisas sobre a vida da mãe e sobre a própria vida.

São tantas coisas doces nesse livro que não sei nem por onde começar. Primeiro, como uma amante de viagens, que ama ler sobre e planejar conhecer novos lugares, simplesmente amei conhecer Florença pelos olhos de Lina. A cidade tem um papel importante na história, e não tem como negar que tem um charme nato, que conquista não só a protagonista como também o leitor.

É no mínimo interessante acompanhar como Lina redescobre a própria mãe por meio do diário dela e da cidade. Ela começa a mergulhar à fundo na história e nos momentos importantes que a mãe viveu ali, e, dessa maneira, percebe que uma vida em Florença pode não ser tão ruim como ela esperava. Aliás, é uma delícia acompanhar as duas vertentes da história: uma da própria Lina descobrindo uma nova vida em Florença, e uma da mãe dela fazendo o mesmo tantos anos antes.

Outro ponto positivo é o modo como a protagonista amadurece ao longo da história. Ela passa de uma menina receosa, birrenta e mimada à uma menina sem tantas desconfianças, agradecida pelo que tem e que aprendeu a viver uma nova vida, em um lugar e uma cultura diferente.

Outro detalhe que posso destacar é o quanto gostei dos personagens secundários. Ren é um amor de pessoa e é impossível não se apaixonar com toda aquela fofura dele. O modo como interage com Lina é de dar uma pontinha de inveja! Além disso, Howard se mostra um paizão e tanto. Ele, que nem sabia da existência de Lina, se esforça para vencer as desconfianças da garota e manter uma relação boa com ela. Está sempre cuidando e se preocupando com ela, e não tem como não gostar da interação que tem com a filha. Os dois percorrem um longo caminho durante o livro e é simplesmente incrível de acompanhar.

A narrativa da autora é bem simples e envolvente e o único ponto que me incomodou um pouco foi o fato de a história ser meio corrida. Ou ao menos essa é a impressão que nós temos, já que, por muitas vezes, o foco é mais voltado para o diário da mãe de Lina e sua história, ao invés do que está acontecendo no presente. Gostaria que a autora tivesse dado um pouco mais de atenção à história da própria Lina.

Mesmo assim, o livro não deixa de ser bom e é impossível não se encantar com essa história de autodescoberta, amadurecimento, perdão, amizade e família. O cenário é incrível, os personagens são extremamente cativantes e a história é encantadora. Me surpreendi com o tanto que gostei da leitura!

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook