AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: V&R EDITORAS, CORTESIA ISBN: 9788576839002 GÊNERO: ROMANCE, ROMANCE ERÓTICO, ADULTO PUBLICAÇÃO: 2015 PÁGINAS: 312 SKOOB

Notas quentes é o segundo volume da série Homens Marcados, cujos livros narram as histórias de amor de um grupo de amigos, além de abordar temas mais importantes e reflexivos em suas tramas. Neste volume conhecemos a história de Jet e Ayden, personagens que foram apresentados no primeiro volume e que agora tem sua história contada.

Ayden é aquele tipo de garota toda “certinha”, que presa pela estabilidade em sua vida, em ter um futuro sólido e seguro – mas quem a conhece assim não imagina o quão complicado e tenebroso pode ser o seu passado. É justamente por tudo que viveu que Ayden é assim hoje, uma mulher determinada a construir um futuro para si e que foge do passado que possui.

Jet, assim como Ayden, esconde tudo que tem por dentro atrás de uma fachada de músico de sucesso que tem todas as mulheres que quer a seus pés, um músico que não se importa com nada a não ser com sexo e diversão. Porém, com a família disfuncional e extremamente problemática que tem, ele aprendeu a esconder seus sentimentos e o grande coração que possui.

Desde a primeira vez que se encontraram Ayden sentiu uma atração por Jet, mas ao levar um fora bem dado dele, ela decide se afastar, até que, por uma sequência de eventos, eles acabam por dividir o teto. É então que, o que surge como uma amizade “inocente”, acaba se tornando uma bomba entre os dois, na iminência de explodir, a única coisa que os prende é a insegurança de Ayden, que após ser rejeitada fica com receio de se entregar.

O que temos aqui é a típica história de “os opostos se atraem”, ou ao menos é o que aparenta ser, porque a realidade é que Ayden e Jet são mais parecidos do que pensam. Ambos possuem um passado complicado, com conflitos familiares e questões internas a serem resolvidas e, conforme eles vão se entregando mais e mais e confiando um no outro, passamos a conhecer mais profundamente os personagens.

Uma das coisas que me agrada nesse livro é o modo como vamos descobrindo os personagens aos poucos, conforme as páginas passam eles vão se revelando, mostrando quem são de verdade, quais seus medos, anseios e inseguranças e juntos, eles vão resolvendo as coisas.

Esse é um casal protagonista interessante, que comete muitas falhas até dar certo (a falta de diálogo é o que mais marca, o que uma boa conversa não poderia ter evitado!), mas que vai amadurecendo junto e construindo um relacionamento sólido, verdadeiro. Além disso não é só o romance que acontece, mas sim um crescimento pessoal conforme os personagens vão resolvendo seus conflitos internos.

Outro ponto que me atrai é a dinâmica do grupo em si. Desde o primeiro livro eu já gostei como a autora da um certo espaço para os personagens secundários (que se tornam protagonistas em outros livros da série), como faz com que eles de fato participem da história. É um dos pontos mais positivos pra mim no livro.

De um modo geral o que temos aqui não é uma história extraordinária nem muito original (é até clichê), mas não deixa de nos proporcionar uma leitura gostosa. Os protagonistas são cativantes, o desenvolvimento do relacionamento deles é gostoso de acompanhar (ô casal com química – as cenas quentes são bem quentes mesmo) e o plano de fundo é muito bem elaborado. A escrita não é razoável (ou talvez a tradução tenha atrapalhado a fluidez), mas a trama por si só já nos envolve, nos mantendo presos à leitura. Pra quem curte o gênero, essa é uma ótima pedida!


Conheça os outros títulos da série Homens Marcados:

1. Na sua pele (2015)

2. Notas quentes (2015)

3. Armas da sedução (2015)

4. Chamas do passado (2016)

5. Desejos do destino (2016)

6. Riscos da paixão (2016)

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: