AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: SUMA DE LETRAS, CORTESIA ISBN: 9788556510280 GÊNERO: DISTOPIA, FANTASIA, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 352 SKOOB

A rainha de Tearling é um livro que já vem chamando a minha atenção muito antes de ser publicado por aqui. Já estava de olho nos ótimos comentários que li sobre ele nos blogs gringos e quando descobri que ia ser lançado pela Editora Suma de Letras quase não aguentei de curiosidade e expectativa. Felizmente, nenhum deles foi frustrado ao finalmente poder embarcar nessa leitura.

Este primeiro volume da trilogia nos apresenta Kelsea, uma princesa que foi mandada ao exílio por sua própria mãe para ser criada no meio do nada, em uma cabana onde foi preparada por 19 anos para ser rainha, ignorante da realidade de seu próprio reino. Passado esse tempo, os remanescentes da Guarda da Rainha vêm buscá-la para que ela possa assumir o trono, mas o que ela encontra é muito diferente do que imaginava: um reino tomado por corrupção e inimigos, nada do lindo reino que esperava.

Mesmo com anos de preparo, e portando a poderosa joia Safira Tear, Kelsea descobre que não tem o mínimo de experiência pra governar e não poderia estar mais insegura sobre isso, mesmo que possua em seu coração as melhores intenções. Em sua ânsia de governar o seu povo com justiça, ela acaba por criar inimigos perigosos e poderosos, e Kelsea tem que aprender rápido as regras do jogo se quiser proteger seu povo.

A primeira coisa a chamar a atenção nesse livro é a protagonista. Ela foge a qualquer um dos padrões: ela não é perfeita, tem feições que não são consideradas belas, não é nada do que se espera de uma rainha e sequer está adequadamente preparada para o cargo. Em sua jornada ela comete erros e acertos, se perde e se acha, mas se mantém firme em sua determinação e coragem. É uma personagem real, que cativa o leitor e nos encanta com sua força.

O livro tem toda uma construção elaborada de enredo e personagens. Nada é preto no branco, é tudo constituído de falhas e acertos, de qualidades e defeitos e, mesmo em personagens que deveríamos odiar, acabamos por encontrar algo que o redima (ao menos um pouco).

O livro mistura medieval e distopia: é uma época futurista mas toda a tecnologia acabou se perdendo e foi tudo reiniciado do zero, criando esse mundo medieval. É um universo bem construído mas que ganha vida mesmo pela trama que a autora desenvolve, uma trama que nos deixa sem fôlego, que nos faz passar pelos extremos dos sentimentos e quase nos mata do coração em cada capítulo. Ela consegue construir uma tensão desde o começo do livro, nos deixando em estado de alerta sempre esperando o próximo acontecimento.

Com uma escrita suave, fluida e envolvente, a autora nos conquista a cada página, nos prende de uma forma que é impossível largar o livro. Ela manipula o leitor justamente por esse estado de tensão e ansiedade que deixa conforme a trama vai se desenvolvendo. Ela nos envolve em sua teia até estarmos completamente imersos na leitura e aguardando ansiosamente o desfecho. E, mesmo depois que termina, esse sentimento não vai embora, pois permanecemos sedentos, dessa vez pelo segundo volume da trama.

Mesmo sendo um volume de introdução da história, como é em muitas séries ou trilogias, a autora conseguiu ao mesmo tempo apresentar bem seu universo e seus personagens e desenvolver bem sua trama. A rainha de Tearling é um livro excitante, ágil, alucinante, que nos deixa fascinados com sua história e completamente envolvidos em seu universo. Com uma trama excelente e personagens cativantes e reais, esse livro tem potencial pra ser um dos melhores do ano.

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook