AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: PARALELA, CORTESIA ISBN: 9788584390571 GÊNERO: NEW ADULT, ROMANCE PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 343 SKOOB

O jogo é o terceiro volume da série Amores improváveis e, assim como os livros anteriores, a autora nos traz um New Adult gostoso de ler, com personagens reais e uma trama clichê que é envolvente e divertida. Nesse volume conhecemos o casal Dean e Allie que, contra todas as possibilidades, consegue construir um relacionamento real e cheio de cumplicidade.

Allie acabou de sair de um relacionamento de anos e ainda não consegue se imaginar sem ninguém. Pra evitar de mudar de ideia, ela vai passar um final de semana na casa dos meninos e é lá que conhece Dean, com quem ela nunca imaginaria se envolver. Dean é aquele cara que sempre consegue o que quer e só está interessado em sexo casual, mais mulherengo que ele é praticamente impossível. Por isso, o fato de Allie se esquivar e dizer que só queria amizade após a noite deles o choca demais. E, talvez por não estar acostumado a essa atitude por parte das meninas com quem fica, isso desperta seu interesse e ele começa a fazer de tudo pra Allie perceber que uma noite só não é suficiente.

Como eu mencionei anteriormente, o enredo nos traz uma história bem clichê: uma menina que “menospreza” o mulherengo, que por isso corre atrás dela. Mas, acredito até que já tenha mencionado isso nas resenhas dos livros anteriores, Elle Kennedy tem o dom de desenvolver muito bem uma história clichê. O encaixe entre os personagens foi perfeito, o modo como o romance se desenvolve naturalmente entre eles torna tudo muito crível. Além de que a autora tem um dom de se aproximar do leitor pelos personagens que cria. Ela sabe retratar muito bem essa fase da juventude onde estamos na transição pra vida adulta, tentando ainda entender e resolver nossos conflitos interiores e decidir o que vai ser do nosso futuro. Acho que isso é o que eu mais gosto nos livros dela.

Outra coisa que adoro é como ela desenvolve os personagens ao longo do enredo. Ela consegue usar do obstáculo que cria para o romance pra fazê-los amadurecer individualmente. Além disso, amo o fato que além do romance principal, ela também dá espaço (mesmo que só o do contexto) para os personagens secundários e assim sempre podemos matar as saudades dos casais dos livros anteriores.

O único defeito que posso colocar nesse livro é que não concordei muito com a maneira com que ela lidou com o drama criado no clímax da história. Como todo bom New Adult, nesse livro temos um certo acontecimento que vai impactar a vida dos protagonistas e não aprovei muito a maneira como Allie lidou com a dor de Dean. Posso até compreender um pouco, e em certo nível ele até precisava dessa atitude drástica dela, mas não concordo com o que ela fez.

De uma maneira geral, o livro segue o mesmo padrão dos anteriores: um romance fofo e clichê, personagens bem construídos e verossímeis, uma leitura rápida, envolvente e que exala bom humor. É uma ótima pedida pra quem procura algo divertido, leve e que consegue se achegar tanto ao leitor através dos personagens.


Conheça os outros títulos da série Amores Improváveis:

1. O acordo (2016)

2. O erro (2016)

3. O jogo (2017)

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: