quinta-feira, 4 de maio de 2017

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: PLATAFORMA21, CORTESIA ISBN: 9788592783006 GÊNERO: FANTASIA, JUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 224 SKOOB

 A fome da imaginação

Escrito pela autora Katherine Applegate e publicado no Brasil pela Plataforma21, o título Crenshaw vai nos contar a história de Jackson, um garotinho que já passou por algumas situações difíceis na vida, mas tem um amigo imaginário que sempre está ao seu lado para ajudá-lo.

Jackson é um garoto muito inteligente e que adora fatos. Para ele as coisas que podem ser provadas são as mais importantes, ele não é como as outras crianças que ainda acreditam em fantasias, ele gosta de coisas que façam sentido e sejam verídicas. Por ser tão realista, o garoto fica muito confuso quando um gato enorme chamado Crenshaw, que costumava ser seu amigo imaginário quando ele era mais novo, reaparece em sua vida no momento em que as coisas em casa estão mais estranhas do que o normal.

Crenshaw reaparece justamente quando os pais de Jackson estão passando por muitas dificuldades e estão prestes a perder o pouco que possuem, mas o garoto não faz ideia do que está acontecendo e sente medo do que o futuro lhe reserva, pois ainda se lembra de como as coisas estavam piores anos atrás. A única coisa que trazia alegria para ele na época em que tudo estava mais difícil para a sua família, era a companhia de seu amigo imaginário que tornava tudo mais divertido, e agora com essa visita repentina, Jackson começa a sentir novamente que um pouco de fantasia pode fazer muito bem quando tudo parece que vai desmoronar.

Este é um livro sobre amizade e sobre a importância de ter alguém ao seu lado nos momentos mais difíceis da vida, e a autora Katherine Applegate soube escrever esta história com toda a leveza e cuidado que era necessário. Por ser um livro mais curto, a leitura é muito rápida, de modo que é possível lê-lo em apenas uma tarde, o que foi o meu caso, me sentei para ler e rapidamente terminei, com a sensação de que tinha acabado de ler um livro muito precioso.

“Então eu tinha esperança, por um tempo pelo menos, de que as coisas fossem melhorar, de que talvez, só talvez, qualquer coisa fosse possível.”

A narração é feita em primeira pessoa pelo nosso protagonista Jackson, e ele vai alternando entre o passado, quando Crenshaw apareceu em sua vida pela primeira vez, e o presente, com a visita repentina do amigo. Jackson é um menino muito inteligente e maduro, e a sua relação com sua irmã mais nova também é trabalhada de uma maneira muito bacana pela autora. Mesmo ele sentindo que tem algo errado acontecendo, o garoto sabe que precisa protegê-la, apesar de também ser muito novo para ter que lidar com situações ruins.

Eu gostei muito da história e da mensagem que ela passa, como já disse anteriormente é um livro curto, mas que consegue transmitir sua mensagem sem perder nada. Com certeza recomendo demais a leitura para quem quer um livro simples, mas muito tocante.

Sobre o autor
Tayara Olmena Estudante que tomou gosto pela leitura aos 12 anos de idade depois que leu "A marca de uma lágrima" do escritor Pedro Bandeira. Costuma ler de tudo, mas ainda torce o nariz para o romance. Além de ler, também é viciada em séries e filmes, e não perde a oportunidade de maratonar sua série favorita.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: