AVALIAÇÃO: 3,5/5 EDITORA: DARKSIDE BOOKS ISBN: 9788566636864 GÊNERO: FANTASIA, ROMANCE, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 406 SKOOB

Minhas últimas leituras foram densas e abordaram assuntos um tanto quanto pesados, por isso eu estava procurando algo mais leve, mais voltado para o entretenimento. Acabei escolhendo The kiss of deception, o primeiro livro da trilogia Crônicas de Amor e Ódio, publicada pela DarkSide Books. O livro estava há alguns meses na minha estante, e sua linda edição acabou me deixando bastante curiosa.

Comecei a leitura sem saber direito o que esperar. Posso dizer que o capricho com a edição é  tão grande, que logo ao abrir o livro a experiência é positiva. Depois de admirar a diagramação das primeiras páginas, iniciei a leitura. No primeiro capítulo, somos apresentados à princesa Arabella Celestine Idris Jezelia, Primeira Filha da Casa de Morrighan. Com apenas 17 anos, Lia, como gosta de ser chamada, enfrenta os preparativos de um casamento arranjado, que selaria a paz entre os reinos de Morrighan e Dalbreck. Entretanto, ela não consegue imaginar viver essa vida forçada, presa a uma relação sem amor, e arquiteta uma fuga com a criada e amiga Pauline.

Mesmo sabendo que não seria nada fácil, e que muitos viriam atrás delas, as duas fogem rumo à Terravin, uma pequena vila de Morrighan. Logo em seguida, a autora Mary E. Pearson nos apresenta ao príncipe de Dalbreck, que instigado pela atitude que Lia tomou, e com inveja por não ter tido a coragem necessária para fazer o mesmo, inicia sua busca pela princesa, apenas para conhecê-la e saber suas motivações. Também somos apresentados a um assassino, que foi contratado pelo reino de Venda para encontrar a princesa e dar um fim à vida dela.

Enquanto chega à Terravin e deixa para trás sua vida na nobreza, acostumando-se a viver uma vida mais simples e cheia de afazeres, Lia fortalece os laços de amizade com Pauline e conhece dois forasteiros que um dia adentram a taverna na qual trabalhava: Rafe e Kaden. A narrativa é contada sob o ponto de vista desses três personagens, mas sempre colocando a princesa Lia em evidência. Cada um esconde segredos e têm suas motivações para estar naquele local. Entretanto, alguns motivos vão caindo por terra conforme a história vai se desenrolando.

The kiss of deception é uma mistura entre romance e fantasia. Traz personagens misteriosos, reinos que entram em guerra após uma corajosa decisão, um triângulo amoroso, traições e muita aventura. A história se desenvolve com facilidade e prende a atenção do leitor desde a primeira página. Há algumas reviravoltas durante a obra e uma delas é magistralmente construída pela autora, que manipula o leitor durante quase todo o livro e, no final, revela que nem tudo é como se imagina.

Gostei do livro, mas confesso que esperava mais da história. A premissa é boa, trazendo uma protagonista de forte opinião, que pode muito bem se defender sozinha. Apesar de ter apenas 17 anos, ela prova que é capaz de muita coisa. Entretanto, boa parte do livro fica presa ao triângulo amoroso que vai se formando aos poucos entre Lia, Kaden e Rafe. Senti que a autora focou muito no romance e nos “dramas adolescentes”, e colocou como pano de fundo a fuga de Lia e todas as consequências de seu ato, assim como o mistério que ronda o “dom” que ela supostamente teria, mas nunca havia se manifestado.

Nas últimas 150 páginas, aproximadamente, o ritmo da história fica mais acelerado. Aqui, há uma grande reviravolta, que trará muitas descobertas para o leitor e para a protagonista. Ainda assim, falta algo que deixe o leitor sem fôlego. A história fica muito focada no que está acontecendo ao redor da princesa. Senti falta da narrativa ampliar os horizontes e abordar melhor a situação de cada reino e as consequências que a fuga de Lia tomou. Há breves momentos em que isso acontece, mas não são suficientes.

Apesar das falhas, a autora acerta em muitas coisas. Os personagens, por exemplo, são enigmáticos e cativantes a sua maneira. São bem construídos, cada um deles possui defeitos e qualidades e eu fiquei realmente curiosa para saber qual será o destino de cada um, até mesmo os personagens secundários, ou os que foram mencionados apenas por cima. Como primeiros livros sempre ficam mais na superficialidade, quero continuar a série e ver o que ela reserva. Espero que outras questões ganhem espaço na trama e que a princesa Lia consiga seguir sua jornada de autoconhecimento.

Como todos os outros livros da DarkSide Books, a edição deste também merece destaque. É impossível não se apaixonar. Com capa dura, logo ao abrir o livro nos deparamos com um mapa mostrando onde fica cada reino. O lindo projeto gráfico também contribui para a obra, inserindo o leitor dentro da história. A editora, como sempre, está de parabéns!

Sobre o autor
Camila Tebet
Camila Tebet Camila Tebet, 24 anos (05/06) – Paraná Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Entre os seus livros favoritos estão "Harry Potter" (é claro), "Na Natureza Selvagem", "Orgulho e Preconceito" e "A Menina Que Roubava Livros". Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook