segunda-feira, 10 de abril de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: PENGUIN COMPANHIA, CORTESIA ISBN: 9788582850442 GÊNERO: ROMANCE, POLICIAL, CLÁSSICO PUBLICAÇÃO: 2017 PÁGINAS: 416 SKOOB

Não há dúvidas de que “Sherlock Holmes” é um dos personagens mais famosos da literatura, e todo mundo já ouviu falar ao menos uma vez no ilustre detetive. Meu amor pela obra de Arthur Conan Doyle começou anos atrás, quando ainda estava na escola e pegava os livros da Coleção Vagalume pra ler na biblioteca. Depois vieram os filmes, e, hoje, resolvi reler toda a obra do autor, mais especificamente as histórias protagonizadas pelo meu personagem favorito da vida: “Sherlock Holmes”. Por esse mesmo motivo, não resisti quando o selo Penguin Companhia, do Grupo Companhia das Letras lançou esse volume com todas as histórias, de alguma maneira, com participação do único personagem capaz de derrotar Holmes: O professor “Moriarty”.

Moriarty foi o único vilão capaz de desafiar e se equiparar a Holmes em astúcia, inteligência e capacidade dedutiva incrível. Um personagem tão icônico, capaz de feitos tão grandiosos a ponto de desafiar Holmes – o melhor detetive de toda a história – com certeza mereceu esse volume dedicado a ele. E que histórias. O livro reúne alguns contos criados pelo autor e um romance, dos quais Moriarty tem algum tipo de envolvimento com os crimes narrados. Não vou me estender muito falando sobre as histórias em si, pois, em se tratando de histórias policiais, e ainda mais contos, não vale muito a pena saber os detalhes.

Acredito que o que mais me fascina na obra de Doyle não é nem o modo dele escrever as histórias – que por si só já é fantástica – mas sim a mente brilhante capaz de criar um personagem, aliás, dois personagens, tão ilustres, como Holmes e Moriarty. É sensacional acompanhar como a mente deles trabalha, cada um de um lado. O processo de dedução de Holmes, o modo como ele usa a inteligência dele para desvendar os mistérios é algo simplesmente fascinante. O próprio personagem é uma mistura complexa, que penso nunca conhecer tão bem como acho.

É incrível que mesmo depois de muitos anos as histórias de Doyle ainda sejam tão aclamadas. Mesmo tendo sido escritas tanto tempo atrás, eu consigo ter uma facilidade incrível para ler, e creio que a tradução colaborou muito para isso.

Acredito que o especial desse livro é não só acompanhar mais casos criminais onde Holmes nos mostra sua capacidade intelectual, científica, etc., mas sim o fato do livro reunir as histórias do outro maior gênio: Moriarty. É um combate muito equilibrado, um nível muito elevado de inteligência, e ter os dois ali, jogando esse jogo entre eles, é fantástico.

De uma maneira geral, o título O livro de Moriarty é completo, primeiro por conter, em minha opinião, as melhores histórias policiais de todos os tempos, e segundo por ser uma coletânea envolvendo os dois maiores personagens de todos os tempos. É um prato cheio, seja para os já fãs do ilustre personagem, seja pra quem está chegando agora e quer conhecer. O que importa é que vale muito a pena a leitura e eu recomendo demais!

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe uma resposta

  1. quarta-feira, 19 de abril de 2017.

    Sou um pessoa mega ocupada, lutando para assistir duas séries no momento, uma com o maridão (Sobrenatural) e outra com ele e a filhota (Monk), fora uma outra que assisto sozinha somente quando estou de férias (Switched at Birth). Quando vi que meu marido estava assistindo sozinho o seriado do Holmes, quase morri, porque sempre fui uma fã dos livros de Doyle e dos últimos filmes lançados, mesmo que não tendo me agradado 100% do personagem vivido pelo ator Robert Downey Jr.

    Enfim, já estou chorando de vontade de ler esse livro e correr para assistir o seriado no Netflix! Buááááá

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: