AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: SUMA De LETRAS,CORTESIA ISBN: 9788581052335 GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2015 PÁGINAS: 296 SKOOB

Atenção: essa resenha pode conter spoilers do volume anterior!

No segundo volume da série “Escola Noturna“, somos mais uma vez levados para dentro das paredes da misteriosa Escola Cimmeria. Agora, Allie já não vê a escola com os mesmos olhos. Após os terríveis acontecimentos do último verão, Cimmeria não é mais a mesma, a não ser talvez pelos contínuos mistérios que a cercam. Allie começa a perceber que tudo que vem acontecendo à escola está, de alguma forma, ligado a ela e agora, com uma guerra se aproximando, ela deve escolher um lado. Mas como escolher quando está tudo tão permeado de segredos e ela não pode realmente confiar em ninguém?

Em O Legado, a autora segue o mesmo script que me fisgou no primeiro volume mas que agora começa a me parecer repetitivo, frustrante e cansativo. A primeira coisa a se destacar é que tudo que a gente achou que sabia no primeiro livro, na verdade não é nada do que parecia. Alguns personagens inclusive parece que trocam de papel, e tudo bem se a autora fizesse um plot twist aqui, mas o fato é que ela nos deixa com essas incertezas, essas dúvidas, e, dessa maneira, parece que não dá uma direção à história, meio que deixa tudo a deriva.

Acredito que ela quis manter a aura de segredo e mistério do primeiro livro – que é basicamente a única coisa que pega o leitor e o faz querer continuar a leitura – mas só conseguiu deixar a história sem direção e o leitor confuso. Ela nos dá pequenas indicações das motivações e possíveis respostas, mas nada muito conclusivo e isso me irritou um pouco. Ela poderia sim manter o mistério, até porque acredito que o ponto seja esse, mas ela não está sabendo desenvolver o que tem na mão. Ela não está sabendo explorar bem o pouco que está nos dando.

Essa coisa de a autora fazer uma coisa pra depois desfazer está me dando nos nervos. Ela tem um bom mistério, tem a sacada de prender o leitor pela curiosidade – e confesso que estou morrendo pra desvendar tudo – mas o modo como está desenvolvendo tudo é uma faca de dois gumes: ou o leitor continua pra saber ou ele abandona de vez por frustração. Estou seriamente em dúvida de quem eu vou ser, rs.

Sobre os personagens o que posso dizer é que eu mesma não confio em nenhum deles. Alguns têm relações que começam e terminam sem eu nem entender, outros parecem ser uma coisa mas não dá pra ter certeza, e outros parece que mudaram da água pro vinho. A própria protagonista neste livro está me parecendo imatura demais, dando importância a coisas que não deveria dar (a meu ver, é claro). Sem falar no triângulo amoroso, que detesto e, sinceramente, já me cansei dele.

De um modo geral, tudo que me incomodava no livro anterior permaneceu: a escrita confusa, a história que dá voltas e voltas sem chegar a nenhum lugar concreto, dando a sensação de que a própria autora se perdeu, e a construção mal aproveitada do mistério que envolve a história. Chegando ao fim do livro só posso concluir que a autora tem a faca e o queijo na mão mas parece que não sabe cortar! O mistério é bom, essa aura de desconfiança e segredo é boa, mas a autora não está sabendo aproveitar. A única coisa que me ganha – que é algo meu e não do livro! – é a minha curiosidade em saber o que tanto se esconde nessa história.


Conheça os outros títulos da série Escola Noturna:

1. Escola noturna (2015)

2. O legado (2015)

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: