terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: ARQUEIRO
ISBN: 9788580416121
GÊNERO: ROMANCE
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 356
SKOOB

Nicholas Sparks é conhecido pelo seu sentimentalismo e romantismo expresso em seus livros. Suas obras dividem a opinião dos leitores: enquanto uns se apaixonam cada vez mais pelas suas histórias encantadoras, outros acham que ele sempre utiliza a mesma fórmula. Não sou adepto a nenhuma das opiniões, apesar de que, dependendo do livro, pendo para uma ou para outra. Só me arrependo de não ter começado a ler esse livro antes.

Julie era uma mulher que tentava de tudo para poder se recuperar do passado. Vivia em conflito com sua mãe até que certo dia acaba conhecendo Jim, e se muda para a pequena cidade de Swansboro, na Carolina do Norte. Ali, tentando reconstruir sua vida, acaba se casando com Jim e passam a ser uma família feliz. No entanto, Jim morre alguns anos depois do casamento, e Julie fica desolada. Quarenta dias após sua morte, ela é surpreendida por uma encomenda, mandada pelo próprio marido antes de falecer. É um filhote de cachorro dinamarquês e uma carta, onde Jim diz que sempre cuidará de sua esposa.

Mais quatro anos se passam e Julie está disposta a recomeçar tudo de novo. Ela divide o tempo com seu cachorro, Singer e um trabalho de cabeleireira num salão da cidade, administrado por Mabel, sua grande amiga. Um de seus objetivos é voltar a amar, e logo surge uma oportunidade: Richards, engenheiro, que faz de tudo para agradá-la. Todavia, seu melhor amigo, Mike Harris também é apaixonado por ela. Logo, Julie deve escolher com quem ficar, mas não imagina o quanto sua escolha pode determinar sua vida.

Livros com sinopses muito extensas nos mostram tudo o que encontraremos na história. Todos os elementos, acontecimentos principais. Quase que um resumo. A sinopse de O guardião se enquadra nesse perfil. No entanto, 80% do que está na sinopse acontece nas primeiras cem páginas do livro. E as outras duzentas? Nicholas soube resolver o problema.

Julie é uma protagonista que tem tudo para ser irritante e cansativa, já que a típica fórmula do triângulo amoroso comprova isso. Imaginei que o livro todo seria cansativo, pois ficaria naquela indecisão com quem ela deveria ficar. Só que Julie se mostrou mais cativante que eu esperava. E mais uma vez, digo e repito: Nicholas soube resolver o problema.

Nesse livro em especial, Sparks incluiu um novo elemento a seus livros e conseguiu encontrar o equilíbrio entre os dois: o romance e o suspense. Quando o romance pode se tornar chato e sem graça, ele engata mistérios e cenas de tirar o fôlego, o que faz a história não perder o ritmo. Ele próprio, ao final do livro, faz uma nota explicando o processo de escrita do livro, nos contando como foi a experiência.

A protagonista da história é cativante, mas os personagens secundários também merecem destaque. Histórias que relatam o cotidiano merecem personagens tranquilos e divertidos: e é isso que encontramos na história. Mabel, Emma e Henry são personagens com características simples, mas que tornam a história cada vez melhor. Só que quem realmente rouba a cena é o cachorro, Singer. Companheiro, divertido e amigo, Singer torna divertida a leitura para qualquer leitor.

Fazia tempo que eu não lia uma história que o título fizesse tanto sentido. O guardião tem romance, mistério, suspense, ação e humor. Sem dúvida se tornou um dos meus livros favoritos. Nicholas soube ousar e continuar cativando seus leitores de maneira surpreendente e imprevisível.

Sobre o autor
Lucas Kammer Orsi
Lucas Kammer Orsi Estudante de História. Vê nos livros uma maneira de fugir da realidade e encontrar um pouco de aconchego do cotidiano tão corrido. Potterhead, se emociona fácil com romances, mas não deixa de lado um bom suspense, de viver uma aventura e dá gargalhadas com um chick-lit. Está sempre com suas séries atrasadas, mas isso não o impede de sempre começar mais uma. Amante da música pop, é grande fã de Taylor Swift.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: