terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Avaliação: 5/5 Editora: Companhia das Letras, Cortesia ISBN: 9788535917765 Gênero: Biografia, Não Ficção Publicação: 2010 Páginas: 280 Skoob

Biografias são obras sempre bastante inspiradoras, pois ajudam a humanizar a figura de artistas que conhecemos. Só garotos conta a história da cantora Patti Smith, considerada até hoje uma das mulheres mais influentes dentro do Rock.

Nascida Patricia Lee Smith, ela é natural de Chicago, mas cresceu no estado de Nova Jersey. Vinda de família humilde, ela mudou-se para Nova York no final dos anos 1960, onde conheceu o artista e futuro fotógrafo Robert Mapplethorpe. Os dois viveram uma grande história de amor, ainda que não tenham sido um casal convencional.

Essa relação é o tema central de Só garotos, o que pode surpreender quem espera que a cantora foque mais em sua carreira musical. Alguns “clichés” do rock se fazem presentes, com histórias sobre sexo e drogas, e a “romantização” da vida de um artista, que sofre e precisa enfrentar diversos obstáculos para conseguir seu lugar ao sol.

O livro de Patti também não deixa de ser uma amostra do estilo de vida da América dos anos 1960 e 1970, onde o movimento de contracultura se fazia presente. Os jovens dessa época eram bastante politizados e questionadores. Ela e Robert eram jovens e sem dinheiro, mas não deixavam de aproveitar a vida ou de dedicar tempo para a arte. Eles puderam testemunhar juntos o surgimento de grandes artistas como Janis Joplin, Andy Warhol e Jimi Hendrix, que na época frequentavam os mesmos lugares pouco glamorosos que o casal.

Patti escreve de maneira leve e suas histórias são envolventes o suficiente para manter o leitor interessado. Não é necessário ser um fã para entender o livro ou apreciar a leitura. O livro narra os acontecimentos da vida dela e de Robert até a morte dele, no final da década de oitenta.

Robert se tornaria um fotografo dedicado a retratar algumas facetas do universo gay de Nova York, que naquela época era bastante marginalizado. Seu interesse cada vez maior pelo assunto, inclusive sobre sadomasoquismo, fez com que o casal se separasse.

Em 1975, Patti decide se lançar no mundo da música e grava seu primeiro disco, Horses, cuja a foto de capa foi tirada por Robert. Três anos mais tarde ela faz seu grande sucesso, “Because The Night”, em parceria com Bruce Springsteen. Ela se torna uma das precursoras do que iria se tornar o punk.

Só Garotos (ou Just Kids, no original em inglês) é o título perfeito para esta autobiografia, pois mostra todas as facetas da juventude. Suas empolgações, seus medos, suas contradições e também a chegada do amadurecimento.

Sobre o autor
Maria Luiza de Paula Maria Luiza de Paula (Mallu), 22 anos (01/05) – Paraná Jornalista. Começou a gostar de ler por meio de biografias, mas hoje em dia gosta de quase todos os estilos literários. Entre seus livros preferidos estão “A Menina que Roubava Livros” (Markus Zusak), “1984” (George Orwell) e “Auto da Compadecida” (Ariano Suassuna). Além de seu amor por livros, também é apaixonada por música, cinema, seriados, fotografia e arte de rua. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: