AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: SEGUINTE, CORTESIA ISBN: 9788555340185 GÊNERO: CONTOS PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 192 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: SEGUINTE, CORTESIA
ISBN: 9788555340185
GÊNERO: CONTOS
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 192
SKOOB

No ano passado, a Editora Seguinte publicou o livro Capitolina, que reúne um compilado de textos colaborativos da revista on-line de mesmo nome. Para quem não conhece, o projeto surgiu em abril de 2014 e tem o objetivo de estabelecer um diálogo honesto com as leitoras, falando sobre assuntos como feminismo, identidade, cultura, preconceito, além de temas recorrentes à adolescência. A revista não restringe público, apesar de ser mais voltado para adolescentes mulheres, dialogando especialmente com elas e mostrando que todas têm espaço e representatividade. Agora, a editora publica o segundo volume da Capitolina, trazendo mais textos e maior variedade de assuntos.

Assim como no primeiro volume, os textos publicados trazem discussões para o público adolescente, incentivando a reflexão e o debate. No início da obra, as editoras explicam que essa edição traz ainda mais assuntos, como ciências, música, entre outros. Além disso, uma coisa muito bacana da obra é que além dos textos, há um espaço de quadrinhos e um ensaio fotográfico. O livro é muito bonito, todo ilustrado e convidativo. Em alguns textos, há também um espaço de interatividade, em que as leitoras podem preencher e deixar a sua marca na obra.

Como sinalizado na resenha do primeiro volume, o projeto é incrível e dá voz às adolescentes, promovendo um espaço de discussão e reflexão, abordando temas que muitas vezes elas não têm coragem de falar com a família ou até mesmo com amigos. Com a Revista Capitolina, elas podem se abrir e se sentir representadas. Nesse segundo livro, por exemplo, há textos sobre transtornos alimentares, pílulas anticoncepcionais, o tempo de cada uma, entre tantos outros. Os textos também reforçam a força e o poder da mulher, trazendo grandes exemplos de mulheres e invenções construídas por elas que transformaram nossa vida.

Capitolina – O mundo é das garotas veio ainda com mais força, para enfatizar que esse projeto lindo veio para ficar e unificar cada vez mais as garotas! É uma ótima opção de leitura, principalmente para o público adolescente, com reflexões muito pertinentes. O projeto é colaborativo e cada texto é escrito por uma mulher diferente. Ainda assim, é possível ver semelhança e encontrar a força que há em cada uma delas! Não deixe de conferir.


Conheça os outros títulos da série Capitolina:

1. Capitolina (2015)

2. Capitolina – O mundo é das garotas (2016)

Sobre o autor
Camila Tebet
Camila Tebet

Camila Tebet, 24 anos (05/06) – Paraná
Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Entre os seus livros favoritos estão “Harry Potter” (é claro), “Na Natureza Selvagem”, “Orgulho e Preconceito” e “A Menina Que Roubava Livros”. Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.



Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: