sexta-feira, 11 de novembro de 2016

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: SEGUINTE,CORTESIA ISBN: 9788555340178 GÊNERO: JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 352 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: SEGUINTE,CORTESIA
ISBN: 9788555340178
GÊNERO: JOVEM ADULTO, ROMANCE, FICÇÃO REALISTA
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 352
SKOOB

Escrito pela autora Lara Avery e publicado no Brasil pelo selo Seguinte, O Livro de Memórias nos conta a história de Sammie McCoy, uma garota brilhante que sempre foi muito focada e dedicada. Ela sempre desejou ir embora da pequena cidade em que cresceu, e para isso possui um plano que consiste em ser a melhor aluna da classe para conseguir vaga em uma universidade de Nova Iorque.

Tudo corria muito bem até Sammie descobrir que possui uma rara doença genética que além de prejudicar sua saúde física, vai apagando suas memórias aos poucos. Sendo assim, para não se esquecer de sua história de vida, ela começa a escrever o livro de memórias, que nada mais é do que uma espécie de caderno de anotações onde ela registra seus dias e as suas lembranças mais antigas.

Com esse livro de memórias, ela pretende preencher os possíveis buracos na memória da Sammie do futuro, que é para quem ela escreve o livro, e que ela imagina que será uma mulher brilhante e muito bem sucedida profissionalmente. Só que infelizmente Sammie começa a perceber que esse futuro tão bem planejado pode não acontecer, pois a doença está avançando e isso é uma coisa que ela não pode controlar.

Essa é trama principal da história, acompanhamos o avanço da doença e como ela afeta a vida da nossa protagonista. No início do livro conhecemos uma Sammie extremamente determinada e que não leva muito a sério os sintomas da doença. Apesar de estar ciente sobre sua situação, ela acredita que vai passar por isso sem grandes consequências. Esse otimismo e determinação foram os grandes motivos por eu ter me apegado a ela. Mesmo sabendo que talvez não consiga ter o futuro que sempre sonhou, Sammie permanece forte e não se deixa abalar, diferente de diversos personagens doentes que encontramos em outros livros.

“Preciso que você seja a manifestação da pessoa que eu sei que vou ser. Posso vencer isso, sei que posso, porque quanto mais registro para você, menos vou esquecer. Quanto mais escrevo para você, mais real você se torna.”

Além de ter uma protagonista forte, o livro também possui personagens secundários com características marcantes e que contribuem demais para o desenvolvimento da história. Eu adorei a família da Sammie, todo o caos de uma família numerosa, mas que é cheia de amor me tocou muito, e confesso que alguns momentos vividos por essa família me arrancaram diversas lágrimas.

Foto: Tayara Casemiro/Viagens de Papel

Também gostei muito do romance e das relações de amizade presentes no livro, tudo foi inserido de uma maneira sutil e tratado com muita leveza pela autora. Essas relações foram muito bem construídas e tiveram um papel importante na vida da Sammie, eu que sempre torço o nariz para o romance, gostei demais e achei que foi essencial para a história.

Outro ponto positivo no livro foi a narração, a história é narrada em primeira pessoa pela Sammie e isso só fez com que eu me apegasse ainda mais a ela. Além disso, todas as referências à cultura pop, e os títulos dos capítulos que são bem criativos, tornaram o livro ainda mais leve e prazeroso de ser lido.

Enfim, acho que ficou bem claro que eu gostei demais desse livro, né? Nem preciso dizer que está mais do que recomendando, pois é um livro lindo e que possui uma história incrível que com certeza vai te emocionar bastante.

Sobre o autor
Tayara Olmena Estudante que tomou gosto pela leitura aos 12 anos de idade depois que leu "A marca de uma lágrima" do escritor Pedro Bandeira. Costuma ler de tudo, mas ainda torce o nariz para o romance. Além de ler, também é viciada em séries e filmes, e não perde a oportunidade de maratonar sua série favorita.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: