Foto: Divulgação / Cena do filme “O lar das crianças peculiares”.

Bom, vocês devem ter percebido que nesta semana estamos postando textos sobre o universo da série “O lar das crianças peculiares”, de Ransom Riggs. A ideia partiu da editora Intrínseca, que aproveitou o lançamento do filme pra sugerir essa semana especial. Como gostamos bastante dos livros, topamos!

Já fizemos resenha do livro Contos Peculiares, falamos um pouco dos personagens e de suas peculiaridades e hoje vamos falar uma peculiaridade que gostaríamos de ter. Para isso, chamei a minha irmã Melissa, que também está lendo os livros, para falar o que ela acha:

“As peculiaridades presentes na trilogia O lar da Srta. Peregrine para crianças peculiares criada por Ransom Riggs são: ver etéreos; produzir fogo e alterar sua cor com as mãos; ser extremamente forte; ser invisível; ser mais leve que o ar, podendo assim levitar o tempo inteiro; ter visões e sonhos que faz com que você veja o que poderá ocorrer futuramente; ser capaz de dar vida aos mortos por algum tempo; ser capaz de controlar abelhas que habitam seu estômago; ter uma segunda boca atrás da cebeça; poder fazer com que plantas cresçam e floresçam; mudar para a forma de um pássaro e manipular o tempo (peculiares chamados de Ymbrynes).

Se eu pudesse escolher alguma dessas peculiaridades acima eu gostaria de ser uma Ymbryne e viajar no tempo, até mesmo criar as fendas temporais para me manter em algum período, além de poder assumir a forma de algum pássaro. Acredito que seria a experiência mais interessante de se ter, também poderia visitar épocas que me chamam atenção.

E se fosse para escolher uma peculiaridade inexistente no livro eu amaria poder fazer com que as letras dos livros brilhassem no escuro, assim eu conseguiria ler mais do que leio diariamente.”

Assim como ela, também acho que poder ler no escuro seria uma peculiaridade muito legal. Mas, acho que mais bacana ainda seria a peculiaridade de poder se transportar para o mundo construído nos livros (só se pudéssemos escolher, claro :P). Essa seria a minha escolha.

E vocês, que peculiaridade gostariam de ter?

Sobre o autor
Camila Tebet Camila Tebet, 22 anos (05/06) – Paraná Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Lê de tudo um pouco, mas os gêneros de que mais gosta são os romances românticos e chick-lit. Entre os seus livros favoritos estão "Harry Potter" (é claro), "Na Natureza Selvagem", "Orgulho e Preconceito" e "A Menina Que Roubava Livros". Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: