segunda-feira, 5 de setembro de 2016

AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: GALERA RECORD,CORTESIA ISBN: 9788501107381 GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 280 SKOOB

AVALIAÇÃO: 3/5
EDITORA: GALERA RECORD,CORTESIA
ISBN: 9788501107381
GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 280
SKOOB

Eu conheço os títulos da americana Richelle Mead faz algum tempo. Confesso que sou uma grande fã da autora e suas séries. Silêncio foi uma surpresa agradável, recentemente publicado pela Galera Record. Trata-se de um livro fininho com linguagem simples e acessível, voltado para o público jovem. O livro traz uma história mais leve se comparada com os demais universos criados por Richelle. O livro é autônomo, volume único, uma história com começo, meio e fim.

Desta vez, Richelle ambienta sua história na China. Silêncio possui muito menos ação e romance, apresenta uma narrativa muito mais rápida e zen. Como também não tem nenhum conteúdo adulto (a autora nos prende com suas cenas mais quentes em outros títulos).

Numa montanha isolada e de difícil acesso, vive um povo que está longe de qualquer contato direto com outras civilizações ou assim acreditam. Faz muitos anos que esse povo perdeu a audição, eles não falam, comunicam-se apenas através de gestos.

A comida é escassa e controlada, os habitantes são divididos por castas, conforme suas habilidades. Os artistas estão no topo da pirâmide, pois são capazes de transmitir aos demais o que acontece não aldeia através de registros diários e também manter a história em curso para seus sucessores. Enquanto a maior parte dos aldeões trabalham nas minas.

Todos os habitantes da aldeia são surdos e recebem seu alimento através de uma tirolesa que soube a montanha em troca de metais preciosos. Com o tempo, o envio de comida diminui na medida que os mineradores começam a se rebelarem contra essa situação, embora não possuam muitas escolhas. Até onde sabem é impossível descer a montanha, pois a descida é muita alta e há desmoronamentos de pedras constantes.

Fei é uma artista talentosa e valorizada na aldeia, ela está preocupada com a irmã, Zhang Jing, que está perdendo a visão inexplicavelmente, assim como outros aldeões que ficaram cegos. O que pode torna-la inútil e consequentemente a perca do status de artista, que a obrigará a viver na clandestinidade e da caridade.

Num determinado dia, Fei defronta-se com sensação nova, ela começa a ouvir pequenos barulhos, magicamente. A partir daí Fei e Li Wei, um amigo de infância (minerador), decidem tentarem a sorte na descida da montanha e irem atrás do “chefe” da tirolesa afim de conseguirem mais suprimentos aos aldeões, pois temem que em breve morram de fome.

Entre os aldeões circula uma antiga lenda que explica como estes perderam a audição. Seus ancestrais eram protegidos por uma criatura mitológica chamada Pixel. No entanto, essa criatura quase foi extinta e que as sobreviveram decidiram descansar, deste então os aldeões perderam a audição. Misteriosamente Fei capta algo novo, ela começa a ouvir milagrosamente e ainda tem os sonhos que mostram um possível futuro dos aldeões.

Fei e Li Wei nutrem um amor proibido um pelo outro. Mas, precisam pensar nos aldeões que ficaram para trás, e, principalmente em Zhang Jing. A cidade, localizada ao pé da montanha traz perigos ainda mais sinistros. É preciso cautela para que sejam capazes de alcançarem seus objetivos e possam salvar a todos.

Enfim, o livro é leve, a leitura fluída e a narrativa mais calma. Gostei da premissa de Silêncio, mas esperava um pouco mais da emoção que vemos nas demais obras da autora. Uma ótima leitura para descontrair.


Sobre o autor
Patrícia Oliveira Patrícia Oliveira, 25 anos (07/01) – São José/SC. Acadêmica de Direito, leitora assídua e blogueira. Lê de tudo um pouco, seus gêneros literários favoritos são romance histórico, época e contemporâneo, thriller psicológico, fantasia épica e clássicos. Sempre cultivou a ideia de criar um blog, onde pudesse compartilhar sua opinião. Quando não está fazendo tarefas cotidianas, geralmente está divertindo-se na companhia de seus bichos de estimação. Curte séries, filmes de comédia romântica e animes, mas sua grande paixão é a literatura.


Deixe uma resposta

  1. sábado, 21 de janeiro de 2017.

    Caramba, não conhecia nem a autora e nem o livro, mas fiquei muito interessada pela história, o tema me parece muito bom e me despertou a vontade de ler. Parabéns pela sua resenha <3

    http://www.memoriasdeumaleitora.com.br

  2. sábado, 21 de janeiro de 2017.

    Oiee Patrícia ^^
    Eu cheguei a ler o primeiro livro de Academia de Vampiros, e até que gostei, mas não o suficiente para continuar a ler a série. Mas estou muito curiosa para ler “Silêncio”, principalmente por ser ambientado numa cultura totalmente diferente das quais eu sempre vejo nos livros. Fico feliz que você tenha gostado, apesar de que as suas expectativas não foram batidas :/
    MilkMilks ♥

  3. segunda-feira, 23 de janeiro de 2017.

    Oiii
    Parece ser um leitura bem leve para um dia de chuva. Achei a temática do livro um pouco triste, um local onde todos são surdos? Deve ser realmente um lugar Silencioso. hihi

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

  4. terça-feira, 24 de janeiro de 2017.

    Olá, li ótimas crísticas sobre essa obra, mas ainda não tive a oportunidade de conferir. Gostei bastante do que você apresentou aqui 🙂

    Abraços

  5. sexta-feira, 27 de janeiro de 2017.

    Eita, a capa me lembrou Memórias de uma Gueixa, não sei exatamente por qual razão. Sobre o enredo, achei, baseado em sua resenha, simplesmente brilhante, vou tentar ler a obra.

  6. quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017.

    Eu já ouvi falar muitas coisas positiva sobre este livro depois da sua resenha fiquei ainda com mais vontade ler .

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: