domingo, 24 de julho de 2016

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA:PENGUIN COMPANHIA ISBN: 9788563560995 GÊNERO: ROMANCE, ROMANCE DE ÉPOCA, FICÇÃO INGLESA PUBLICAÇÃO: 2014 PÁGINAS: 608 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA:PENGUIN COMPANHIA, CORTESIA
ISBN: 9788563560995
GÊNERO: ROMANCE, ROMANCE DE ÉPOCA, FICÇÃO INGLESA
PUBLICAÇÃO: 2014
PÁGINAS: 608
SKOOB

Orgulho e Preconceito” (1813) é uma das maiores obras da ficção inglesa, a obra que eternizou a escrita de Jane Austen. O livro traz uma protagonista forte, independente e corajosa, a frente de seu tempo. Elizabeth Bennet tornou-se uma das mais marcantes personagens femininas da literatura clássica mundial. Austen é autora de mais cinco romances publicados: “Razão e Sensibilidade” (1811), “Mansfield Park” (1814), “Emma” (1815), “A abadia de Northanger” (1818) e “Persuasão” (1818).

Mansfield Park começou a ser escrito em 1813 e foi concluído no verão, logo em seguida foi publicado. A obra difere dos demais títulos de Austen, a narrativa tem um tom mais sério e menos sagaz. Enquanto os outros romances possuem uma boa dose de humor, sátira e momentos românticos, o tema central desta obra é desprovido de tais elementos.

Em relação ao contexto histórico da trama, Austen faz referência ao abolicionismo, há a presença de debates sobre o tráfico de escravos que expõem diálogos inteligentes e trazem um olhar mais amplo do período histórico ao qual está inserido.

Neste livro, a autora conta a história de Fanny Price, uma jovem de uma família pobre que aos 10 anos de idade é enviada à propriedade de Mansfield Park. Desde então é criada pelos parentes ricos – o tio, Sir Thomas Bertram, proprietário de uma plantação em Antígua (Índia); e pelas tias, Lady Bertram e Sra. Norris, as irmãs de sua mãe.

Em seu novo lar, Fanny sente saudades da família e possui certa dificuldade em se relacionar com os membros da família Bertram. Além dos tios, a jovem recebe acesso a uma boa educação ao lado dos quatros primos mais velhos: Tom, o primogênito da família; Edmund, o único Bertram que demonstra carinho pela prima, ele é seis anos mais velho que ela e pretende ser clérigo; Maria, a filha mais velha e a primeira a se casar; e Julia, a caçula, ela é tão mimada e superficial quanto a irmã. Porém, apesar de tudo, Fanny não é tratada como igual, representa a parente pobre indesejada que deveria estar agradecida pelo conforto e a sorte que teve.

Mansfield Park é a obra mais profunda de Austen, a narrativa é marcada por fortes reflexões acerca das relações sociais e morais pertinentes da época. Fanny é uma personagem que amadurece com o desenvolvimento da narrativa, ganha autenticidade e veracidade. Ela se mantém fiel a si mesma e não compromete seus valores por causa da riqueza.

A leitura é muito prazerosa e dinâmica, apesar das suas 608 páginas. A obra possui, também, uma peculiaridade: antes do início da narrativa, há uma breve apresentação dos romances de Austen lançados pelo selo Penguin Classics, do Grupo Companhia das Letras; seguido do prefácio escrito por Kathryn Sutherland e da introdução por Tony Tanner; a estrutura da obra é dívida em três partes, posteriormente subdivididas em vários capítulos.

Sobre o autor
Patrícia Oliveira

Patrícia Oliveira, 25 anos (07/01) – São José/SC. Acadêmica de Direito, leitora assídua e blogueira. Lê de tudo um pouco, seus gêneros literários favoritos são romance histórico, época e contemporâneo, thriller psicológico, fantasia épica e clássicos. Sempre cultivou a ideia de criar um blog, onde pudesse compartilhar sua opinião. Quando não está fazendo tarefas cotidianas, geralmente está divertindo-se na companhia de seus bichos de estimação. Curte séries, filmes de comédia romântica e animes, mas sua grande paixão é a literatura.



Deixe uma resposta

  1. segunda-feira, 25 de julho de 2016.

    Jane Austen é a melhor, não existe comparação!

  2. segunda-feira, 25 de julho de 2016.

    eu sinceramente gostria muito de ler esta obra. ja vi um filme mais ou menos parecido e me encantou. O fato da menina ser pobre e ter sido criada pelos tios ricos e lindo, mas tem o lado afetivo que deixa a desejar. mesmo porque creio que ela nao conseguira ser igual a eles. mas seria interessante ler. um livro lindo com 608 paginas uau.
    bjs
    tatyana sylva
    tatianats.eh@gmail.com

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: