AVALIAÇÃO: 4/5
EDITORA: SEGUINTE, CORTESIA
ISBN: 9788565765923
GÊNERO: DISTOPIA, FANTASIA, JOVEM ADULTO,
PÁGINAS: 232
PUBLICAÇÃO: 2015
SKOOB

Coroa cruel, escrito pela autora Victoria Aveyard e publicado no Brasil pela Editora Seguinte, é um livro de contos que faz parte da série A Rainha Vermelha. Em Coroa cruel somos apresentados às histórias da rainha Coriane, e da rebelde Diana Farley nos contos “Canção da rainha” e “Cicatrizes de aço”.

Os contos se passam antes dos acontecimentos descritos em A rainha vermelha. No primeiro conto, “Canção da rainha”, conhecemos a jovem Coriane, uma garota prateada que vê sua vida mudar após se casar com o príncipe Tiberias. Já em “Cicatrizes de aço” conhecemos mais sobre a Guarda Escarlate, e acompanhamos de perto a vida da rebelde Farley.

Diferente do primeiro livro da série, neste livro de contos temos uma visão mais ampla dos acontecimentos e aprendemos mais sobre as culturas tanto dos prateados quanto dos rebeldes vermelhos. Há muito mais para ser explorado neste universo, e a autora conseguiu nos passar informações preciosas nessas histórias.

Narrados em primeira pessoa, os contos nos introduzem na mente dessas duas jovens tão diferentes que estão prestes a tomar um rumo em suas vidas, do qual não poderão retornar. Elas são colocadas à prova e precisam se mostrar fortes diante das situações que lhes são impostas, Coriane tem que aprender a lidar com sua nova vida na Corte, e Farley precisa mostrar o seu valor indo bem em uma missão que lhe foi dada.

É muito bacana poder acompanhar a história da jovem rainha que se tornará mãe do príncipe Cal, e da rebelde que se tornará uma das personagens mais importantes da rebelião. Elas são completamente diferentes da Mare, e isso acabou sendo um grande alívio, pois nossa querida Mare é uma personagem um pouquinho difícil de aguentar.

“O fogo pode destruir, pode matar, mas também pode criar. A floresta queimada no verão estará verde na primavera, melhor e mais forte do que antes. As chamas de Cal vão construir, vão criar raízes sobre as cinzas da guerra.”

As histórias das duas são muito interessantes e trazem complementos importantes que preenchem alguns vazios deixados no primeiro livro da série, além disso, Coroa cruel nos traz novas visões sobre um universo que antes só conhecíamos pelo olhar de uma única personagem, e isso nos ajuda muito a compreender todo o universo criado pela autora.

“Preciso ser como o coronel na hora de escolher os soldados. Sou a capitã, a comandante, e preciso ser perfeita. Não há lugar para erros e hesitações. Seguir em frente, a todo custo. Vamos nos levantar, vermelhos como a aurora.”

Enfim, com uma pegada mais simples, Coroa cruel é um complemento muito importante para a série A Rainha Vermelha, e indico muito para quem gosta dessa série.


Conheça os outros títulos da série A Rainha Vermelha:

1. A rainha vermelha (2015)

2. Espada de vidro (2016)

0.1, 0.2 Coroa cruel (2015)

Sobre o autor
Tayara Olmena Estudante que tomou gosto pela leitura aos 12 anos de idade depois que leu "A marca de uma lágrima" do escritor Pedro Bandeira. Costuma ler de tudo, mas ainda torce o nariz para o romance. Além de ler, também é viciada em séries e filmes, e não perde a oportunidade de maratonar sua série favorita.


Deixe uma resposta

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: