sábado, 2 de abril de 2016

AVALIAÇÃO: 4,5/5
EDITORA: JARDIM DOS LIVROS, CORTESIA
ISBN: 9788584840076
GÊNERO: CHICK-LIT, ROMANCE
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 272
SKOOB

Sadie está de volta a Lovett, uma pacata cidade do Texas, após anos sem ver o pai, para ser dama de honra no casamento da prima. Sadie saiu de Lovett com apenas 18 anos para estudar e tentar ganhar a vida, e hoje é uma profissional de sucesso, porém, para os moradores de Lovett ela nunca será boa o bastante. Sadie sempre viveu tentando alcançar as expectativas, tentado agradar a mãe, o pai, as pessoas da cidade, mas sem nunca chegar lá. Até que desistiu de tudo e partiu pra faculdade, e agora que está de volta tem que lidar com toda a pressão de novo.

Vince é um Seal da marinha aposentado que após inúmeras missões perigosas e arriscadas precisa encontrar o que fazer da vida. Por um tempo ele ficou com a irmã e seu filho, mas agora vai em busca de algo mais para si mesmo e seu destino o acaba levando a Lovett. É dessa maneira que Vince e Sadie se encontram, no meio da estrada, com ele precisando de uma carona pra cidade.

A atração é instantânea, e quando se encontram na festa de casamento, a química entre eles explode. O interlúdio entre eles, com alguns empurrões do destino, resulta em uma amizade colorida, afinal nenhum dos dois quer cobranças e ter só sexo é mais fácil. Porém, os encontros entre eles fica cada vez mais frequentes e eles vão descobrir que no fundo tem desejos que escondem até de si mesmos.

Salve-me é como qualquer livro da Rachel Gibson: leve, divertido, sensual, previsível e muito real. E é exatamente por já saber o que esperar que eu corro para os livros dela quando preciso de uma pausa na intensidade de leituras anteriores. Apesar de a história ser sempre previsível, a maneira como é contada e desenvolvida é muito gostosa e envolvente. 

O ponto alto desse livro, assim como na maioria dos de Rachel, é o desenvolvimento da relação do casal. Embora a atração e paixão se desenvolva rapidamente, a construção da relação de amizade, confiança e então amor é feita aos poucos durante o livro. Sim, o romance ainda é bem previsível, mas é gratificante acompanhar o amadurecimento dos personagens como indivíduos e como casal também. É muito interessante como o relacionamento entre eles revelam coisas de si próprios que eles nem imaginariam. Juntos eles passam a almejar coisas diferentes do que haviam previsto pra si e descobrem coisas sobre si mesmos que sozinhos não teriam como.

A própria história individual dos protagonistas é interessante. Sadie, apesar de alegar não se importar mais com o passado e ter desistido de ser o que esperam dela, no fundo ela só quer a aprovação e carinho do pai. Enquanto Vince, que passou por uma situação mais dramática, no fundo quer apenas criar raízes em algum lugar, um lar pra chamar de seu.

O final do livro é um pouco corrido, mas as histórias de Rachel sempre terminam assim, como que em reticências, deixando a nosso cargo a concretização do felizes para sempre. Porém, o desenvolvimento vale muito a pena!

Salve-me, de maneira geral, é um livro leve, divertido e que fala sobre amadurecimento, amizade, recomeço e perdão. Ele é sim um livro previsível e romântico até demais, mas também tem o lado mais real, que fala de amor e de compreensão e que vale muito a pena. Quem gosta desses romances leves, divertidos, fáceis de ler e que tem essa trama mais real, os livros da Rachel são uma boa indicação.

Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook