sábado, 2 de janeiro de 2016

Avaliação: 4/5
Editora: Bertrand Brasil/Cortesia
ISBN: 9788528620344
Gênero: Romance
Páginas: 476
Publicação: 2015
Skoob

Sou admirador do trabalho de Nora Roberts, sem sombra de dúvidas. Adoro seus romances, seus mistérios e seus personagens. Há alguns anos, quando comecei Doce Vingança, primeiro livro que li da autora, nunca imaginei que me tornaria fã de carteirinha. Por mais que chegue em um determinado momento e você já saiba exatamente a fórmula da história, não é por menos que você deixa de gostar. Nora sabe cativar e com A testemunha não foi diferente!


Elizabeth Fitch leva uma vida repleta de regras e extremamente organizada. Sua mãe, médica, determina tudo aquilo que deve fazer, seu futuro e até mesmo as pessoas com as quais deve se relacionar. Aos 16 anos, nunca teve a oportunidade de ser uma adolescente normal. Chega o ponto que cansada disso, decide dar um basta. Após uma briga feia com sua mãe, vai para o shopping e lá encontra Julie Masters, colega de sua escola. Juntas, fazem com que Elizabeth tenha momentos de qualquer garota de sua idade. Acabam se deixando levar por uma noite, vão parar em uma boate, onde Elizabeth se encanta por um homem galante dotado de um sotaque russo. De lá, vão a uma linda mansão em Lake Shore Drive, sem saber que o lugar alteraria para sempre sua vida. 

Abigail Lowers é uma mulher misteriosa que se muda, doze anos mais tarde, para o interior do Arkansas. Logo acaba despertando a curiosidade da comunidade ao redor, inclusive do delegado, Brooks Gleason. Intrigado, se surpreende com o jeito que Abigail leva a vida, e passa a se questionar cada vez a natureza e origem da moça. Juntos, acabam se envolvendo. Porém, Abigail, infelizmente, aprendeu a não confiar em ninguém, e isso influenciará sua relação com Brooks. Não sabe o que fazer e como lidar. Por outro lado, Brooks não tem noção do que está se metendo.

Como disse no começo, as narrativas de Nora tem sempre uma “fórmula pronta”. Mas não é por isso que você não deixa de gostar. A autora sabe construir uma boa história e aqui ela prova mais um pouco de seu talento. A sinopse não dá muito a dizer sobre o que esperar da história e isso acabou sendo um ponto extremamente positivo durante o desenrolar. O livro é dividido em partes, sendo que a primeira, quando iniciei a leitura, fluiu de tal maneira que não conseguia parar a leitura. A história tem ritmo e só tinha a aumentar cada vez que as páginas avançavam.

Abigail e Elizabeth são a mesma pessoa e o que acontece que acaba unindo-as é algo que não vou contar aqui na resenha, mas deixo para quem ler descobrir. Porém, aviso que curti muito a pegada da autora em abordar esse tipo de universo. No entanto, o que poderia ser muito bom acabou sendo deixado um pouco de lado. A parte do mistério ficou em segundo plano, restrito a algumas passagens e ao desfecho da história, considerando que este ainda é rápido demais. Isso acabou me desagradando, de certa maneira.

Apesar disso e considerando que o foco é o romance, este, por sua vez, funciona de maneira muito positiva. Não gostei muito das atitudes de Brooks no inicio da história, mas com o passar das páginas, passei a gostar do personagem. Abigail, por outro lado, se mostrou uma protagonista forte e extremamente diferente do que eu imaginava. Apesar do trauma que sofrera, soubera dar a volta por cima de tal maneira que fiquei até abismado.

A testemunha não se tornou meu livro favorito da Nora Roberts, mas cativou e mostrou o talento da autora mais uma vez. É difícil criticar a história de uma mulher que já escreveu mais de 200 histórias, porém algumas coisas poderiam ter sido melhores. Shippei muito o casal, dei boas risadas com a família de Brooks e adorei o Bert! Leiam e se deliciem!


Por Lucas Kammer Orsi
Sobre o autor
Lucas Kammer Orsi
Lucas Kammer Orsi Estudante de História. Vê nos livros uma maneira de fugir da realidade e encontrar um pouco de aconchego do cotidiano tão corrido. Potterhead, se emociona fácil com romances, mas não deixa de lado um bom suspense, de viver uma aventura e dá gargalhadas com um chick-lit. Está sempre com suas séries atrasadas, mas isso não o impede de sempre começar mais uma. Amante da música pop, é grande fã de Taylor Swift.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook