AVALIAÇÃO: 3/5
EDITORA: GERAÇÃO EDITORIAL, CORTESIA
ISBN: 9788581301792
GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2013
PÁGINAS: 288
SKOOB

As crianças trocadas é o primeiro volume da série fantástica A guerra dos Fae, escrita pela autora Elle Casey e publicada no Brasil pela Geração Editorial. O livro narra à história da jovem Jayne, uma garota que vê sua vida mudar completamente quando descobre que não é uma garota comum e possui uma missão na Terra.

Jayne não é uma jovem fácil de lidar, isso fica muito claro logo nas primeiras páginas. Ela não suporta frequentar o colégio, e não tem uma boa relação com sua mãe, os únicos momentos em que ela se sente bem são quando está ao lado de seu amigo Tony, um jovem que é o extremo oposto de Jayne, mas mesmo assim tem Jayne como sua melhor amiga.

Depois de passar por uma situação um tanto quanto estranha, Tony e Jayne acabam decidindo fugir de casa, na verdade Tony convence Jayne a fugir, ela por medo de deixar seu amigo sozinho e na emoção do momento acaba concordando com ele.

Os dois acabam indo parar em Miami, e lá conhecem um grupo de garotos que levam a vida nas ruas da cidade. O grupo liderado pelo misterioso Jared é composto por Spike (por quem Jayne tem uma queda instantaneamente), Becky, Chase, Samantha e Finn, todos possuem um passado oculto e formam uma espécie de família onde um cuida do outro.

Como quase não possuem dinheiro, o grupo decide participar de um experimento que promete pagar 500,00 dólares para quem completar uma série de atividades propostas pelos idealizadores. Toda a situação parece muito duvidosa, mas mesmo assim os garotos decidem arriscar.

Acontece que após passarem por um teste inicial que acabou não selecionando Samantha, os garotos são enviados a um local misterioso onde descobrem que serão largados em uma floresta que possui vários obstáculos: monstros, duendes, vampiros e lobisomens, e eles deverão lutar por sua sobrevivência para chegar a um ponto marcado onde serão resgatados e poderão receber sua premiação.

Jayne que desde o início suspeitou de todo o experimento, é quem está mais revoltosa, mas a se ver em um local desconhecido ela não tem outra escolha a não ser participar e lutar por sua vida. Assim os garotos são armados e adentram a floresta onde encontrarão muitos perigos, e descobrirão que não são jovens tão comuns.

Grande parte da história se passa dentro da floresta, e acompanhamos as dificuldades dos garotos e as surpresas que a floresta reserva para eles. Muitas coisas estranhas acontecem, e Jayne acaba descobrindo que tem uma ligação muito forte com a floresta, ela pode sentir e se comunicar com as árvores. A partir daí, a ela usa esse poder recém-descoberto para enfrentar os perigos que a esperam.
O livro tinha tudo para ser maravilhoso, a história em si é muito boa e interessante, mas a autora pecou ao enrolar demais para nos dar respostas. Como já disse anteriormente, grande parte da história se passa na floresta, e muitas coisas bacanas acontecem, mas as explicações do porque de tudo aquilo estar acontecendo demoram muito, o que torna a leitura extremamente cansativa.

Passei grande parte do livro sem entender o que estava acontecendo, e isso é muito chato, pois tirou toda diversão da leitura. Só fui entender realmente a história nas últimas páginas, e o livro termina no meio de um diálogo extremamente importante, o que me deixou muito brava.

Apesar de ter tido alguns problemas com o livro, não posso que possui uma boa história com muitos elementos instigantes e a autora soube criar um universo totalmente novo. A relação de Jayne com a floresta foi a minha parte favorita da história, as emoções que ela sente ao se comunicar com as árvores são muito bonitas e passam uma energia muito boa durante a leitura.

O livro é narrado em primeira pessoa, vemos tudo sob o ponto de vista de Jayne, o que acabou me incomodando, pois Jayne é uma garota muito difícil. Demorei um pouco para pegar simpatia por ela, mas no fim acabei gostando da personagem e me acostumando com seu jeito.

As crianças trocadas é um livro bom, mas que poderia ter sido incrível, eu já estou com a continuação em mãos e espero de todo o coração que a história seja mais bem desenvolvida. Para quem gosta de fantasia, vale a pena dar uma conferida, só tenha um pouco de paciência, pois pode demorar a engatilhar a leitura.

Sobre o autor
Tayara Olmena Estudante que tomou gosto pela leitura aos 12 anos de idade depois que leu "A marca de uma lágrima" do escritor Pedro Bandeira. Costuma ler de tudo, mas ainda torce o nariz para o romance. Além de ler, também é viciada em séries e filmes, e não perde a oportunidade de maratonar sua série favorita.


Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oie!!!
    Acho que já ouvi falar do livro algumas vezes, ele é um daqueles livros que a galera costuma ter opiniões bem divergentes em relação a ele. Fiquei curiosa com o enredo, mas não sei se leria no momento.
    Mas adorei sua resenha 😉
    bjs

  2. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi, Tayara
    Nossa também não gosto quando nao entendo direito a história, é muito ruim ficar perdida.
    Eu tenho vontade de ler essa série, apesar de não ser uma prioridade. Gostei de ver sua opinião, mas acho que vou demorar um pouquinho para pegar para ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

  3. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Heey!
    Eu amo fantasias e adorei a premissa do livro ^^
    Também não gosto quando a autora fica de enrolação, me irrita um pouco…
    Abraços!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

  4. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa para saber mais.

    Adorei a resenha!

    Nathalia
    http://dentro-das-paginas.blogspot.com.br/

  5. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi Thais! Pois é, esse livro divide a galera rsrs

    Obrigada pela visita 🙂

  6. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi Letícia! Quando resolver dar uma chance para livro, conta o que achou pra mim, preciso saber se só eu fiquei tão brava com o final rsrs

    Obrigada pela visita 🙂

  7. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi Guilherme! A premissa é muito boa mesmo, pena que a autora acabou enrolando um pouco :/

    Obrigada pela visita 🙂

  8. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi Nathalia! Que bom que gostou da resenha!

    Obrigada pela visita 🙂

  9. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Olha, no início estava curtindo o enredo, mas depois achei um tanto quanto duvidosa, não conhecia o livro, me empolguei, mas a parte da fuga e do experimento ficou um pouco solto para mim. Vou pesquisar mais sobre a obra… A resenha ficou ótima!

  10. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi Lilian, realmente algumas coisas surgem do nada na história e fica um pouco difícil de entender, por isso demorei um pouco para pegar o ritmo do livro e entender a trama. Pesquise mais sim, apesar dos problemas a história é interessante e vale a pena.

    Obrigada 🙂

  11. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oiii Tayara,
    Eu ganhei esse livro já faz um tempinho e acabei encostando ele na estante. Gostei muito da sua resenha, mas que pena que a autora acaba enrolando. Eu particularmente não curto quando o autor faz isso… Como diz aquela frase, parece que "está enchendo linguiça" rs rs Com isso, vou continuar deixando mais um tempinho na estante hahaha

    Adorei o seu blog… 😉 Deixo o convite para dar uma passadinha no meu…
    Beijinhos,
    Lylu – Relíquias da Lylu

  12. quinta-feira, 31 de dezembro de 2015.

    Olá!

    Nossa que resenha grande! Caprichou! rsrs
    Bom achei a capa do livro bem convidativa, e sua resenha também, até o momento em que li que o livro tem um pouco de enrolação, não que isso faça um livro ruim, só que assim como você eu tenho agonia de histórias que demoram demais para contar coisas que na verdade deveriam ser ditas no inicio da história. Mas acredito que mesmo com isso leria, mas não sou muito fã de história com jovens. Porém excelente ponto de vista parabéns!

    Abraços,

    Tony Ferr

  13. quinta-feira, 31 de dezembro de 2015.

    Olá!
    É uma pena quando a história tem potencial, mas o autor(a) não sabe desenvolve-la. Eu leio algumas fantasias. Já li muitas resenhas desse livro, mas nenhum conseguiu me instigar a ler.
    Sua resenha está muito boa, mas essa dica eu passo.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

  14. quinta-feira, 31 de dezembro de 2015.

    Olá!
    Infelizmente não sou muito fã de fantasias… Pode ser porque não tenho costume de ler vários livros desse gênero… E não tenho nada contra quem ama ler ^~
    Embora que não sou tão fã, achei interessante o enredo a qual ficou claro em sua resenha pra mim… Quem sabe eu crio coragem e dou uma chance a esse livro?!?!

    beijos
    Ariana Silva
    http://ariabooks.blogspot.com.br/

  15. sexta-feira, 1 de janeiro de 2016.

    Essa série esta na minha lista a algum tempo! Amoo esse estilo, espero que goste mais das sequencias! Beijos

  16. terça-feira, 12 de janeiro de 2016.

    Oi! Esse é um dos livros que irei ler em breve e as resenhas que li sobre ele são bem diferentes, é um livro que divide opiniões, né? Mas enfim, espero não me decepcionar com a leitura. Parabéns pela resenha, ficou ótima! Beijos

    http://eicarolleia.blogspot.com.br/

Comentários no Facebook