quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Avaliação: 4/5
Editora: Verus/Cortesia
Gênero: Chick-Lit/Romance
ISBN: 9788576864141
Publicação: 2015
Páginas: 322
Skoob
Hannah Far vive de aparências. Aparentemente tem a vida toda sob controle: um emprego de dar inveja sendo apresentadora em um programa de TV, a fama local que conquistou com ele e que a tornou uma pessoa notável aonde quer que fosse, e – pelo menos o que todos sabem – uma vida pessoal bem arranjada.

A verdade, porém, é que por trás disso temos uma Hannah marcada pelo passado. Uma Hannah que não fala há 20 anos com a própria mãe desde um incidente que viveram e que mudou a vida de ambas para sempre. Agora, após ter recebido as Pedras do Perdão – enviadas com a finalidade de pedir perdão a alguém que você magoou – Hannah vai ver sua vida mudar completamente de novo.

Receber essas Pedras do Perdão vai fazer Hannah parar e avaliar todos os aspectos da sua vida, desde seu passado cuidadosamente esquecido e enterrado até sua vida atual com seu relacionamento com o prefeito e seu emprego dos sonhos.

A narrativa de Lori Nelson, desde o início é o que cativa o leitor a continuar a história. Logo nas primeiras páginas fui pega pela ternura e a leveza que a autora expressa em suas palavras e me encantei com seu estilo de narrativa. Ao longo do livro acompanhamos Hannah enquanto ela nos conta sobre sua vida atual e vez ou outra relembra o passado conturbado dela enquanto caminha por sua trajetória de auto-conhecimento.


O livro é dotado de uma carga emocional intensa, que é tratado com tanta sutilidade pela autora que se torna leve, mas que seria melhor explorado e tornaria o livro mais profundo se fosse tratado com mais calma, desenvolvido sem tanta pressa como aconteceu no livro. Eu senti como se não tivesse tido tempo pra absorver e assimilar todas as fases pela qual a protagonista passa nessa jornada de descoberta. Não deu tempo de processar tudo que acontecia, o que acabou tornando o livro mais superficial.



Porém, ainda assim a mensagem que o livro passa é emocionante e nos traz diversas reflexões a cerda do perdão, de auto descobertas, das relações pessoas com nossos familiares/amigos, etc. É aquele tipo de livro que terminamos mais leves e repensando nossas próprias atitudes. A autora nos ganha justamente nisso, em criar uma personagem tão real que passa por situações em que podemos nos ver nelas, criando assim uma conexão entre a protagonista e o leitor.

De uma maneira geral o livro é leve, tem uma narrativa agradável e traz consigo uma mensagem que emociona os leitores. Apesar da carga emocional, o livro traz uma sensação de paz que enternece o leitor e o conquista logo nas primeiras páginas. Não fosse o desenvolvimento um tanto acelerado, seria um dos melhores livros do gênero. 


Por Larissa Gaigher 
Sobre o autor
Larissa Gaigher Larissa Gaigher, 19 anos (12/06) – Rio de Janeiro Estudante de administração e química, leitora ávida e blogueira por paixão. Embarcou no mundo da literatura quando tinha 10 anos e nunca mais saiu de lá. Apaixonada também por música, séries e filmes. É uma geminiana típica, sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo e muda de ideia várias vezes, tanto que não consegue definir um gênero favorito. Carioca da gema, tem 19 anos, adora uma boa praia, muita comida e diversão.


Deixe uma resposta

  1. segunda-feira, 28 de dezembro de 2015.

    Oiee
    Eu tenho uma pergunta.
    Tem certeza que o gênero desse livro é click-lit? Porque não parece. Pela resenha, parece que ta mais pro lado.. Não sei, do drama.
    Enfim, o enredo do livro não me atraiu não. Não descarto a leitura, mas não adiciono na minha lista de leituras.
    Beijos

  2. segunda-feira, 28 de dezembro de 2015.

    Bom eu estou de olho neste livro a bastante tempo já, e pela sua resenha tenho certeza que quero ler em breve, acho a capa dele completamente encantadora.
    Beijos ❤
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/?m=1

  3. segunda-feira, 28 de dezembro de 2015.

    Eu gosto muito da temática Perdão, acho válida e necessária, estamos em um momento de ódio que me assusta, mesmo assim, não sente vontade de conhecer a obra, deixo a dica para outro momento.

  4. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi, tudo bem?

    Gostei da temática, pois adoro coisas profundas e que mexem com a gente… Mas também achei estranho ser do gênero chick-lit. A capa é uma graça, com certeza, tem muito a ver com a história. Achei legal essa coisa das pedras do perdão. Seria interessante fazer isso na vida real… Apesar de que sempre fui mais das cartas hehe.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

  5. terça-feira, 29 de dezembro de 2015.

    Oi oii!
    Cara, a capa desse livro é simplesmente incrível! Ainda não o conhecia e nunca tinha nem ouvido falar dele.
    Muito bom saber que a escrita da autora realmente cativa, porém, a temática não me conquista.
    Não gosto de chick-lit, e muito menos romance, então, não leria.
    Beijos!

  6. quarta-feira, 30 de dezembro de 2015.

    Olá, tudo bem?

    Que capa linda. Tão linda quanto do outro livro da autora. Tenho muita vontade de ler ambos. Gostei muito da premissa, e sua resenha só ajudou a confirmar que preciso ler o mais rápido possível. Espero me encantar também.

    beijos
    http://www.livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

  7. quarta-feira, 30 de dezembro de 2015.

    Oie Larissa!!!
    Achei a capa desse livro uma fofura só! O enredo me parece bem interessante também. Acho que é uma leitura bem a cara das férias neh?
    bjs

  8. quinta-feira, 31 de dezembro de 2015.

    Oi Larissa!
    Eu to com saudades de ler um livro mais nesses estilo, leve com reflexões e que eu termine e fique pensando sobre ele! Beijos

  9. sábado, 2 de janeiro de 2016.

    Oie
    Muito legal sua resenha, eu li o livro e adorei, muito amor, e espero ler outros da autora em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  10. segunda-feira, 4 de janeiro de 2016.

    Eu já li outras resenhas desse livro e sempre me chama atenção o destaque dado a temática do perdão. Algo que é tão difícil de lidarmos. Espero poder lê-lo em breve.

    Beijos!

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: