segunda-feira, 30 de novembro de 2015

AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: PARALELA, CORTESIA ISBN: 9788565530613 GÊNERO: CHICK-LIT, ROMANCE
PUBLICAÇÃO: 2014 PÁGINAS: 288
SKOOB

Confesso que ao começar a ler O irresistível café de cupcakes fiquei receosa quanto ao meu apetite. Pra não dizer com dor de barriga. Já no título temos menção das palavras café e cupcakes, e pra incitar ainda mais minha imaginação, o nome da cidade em que boa parte da trama se passa é Beancon. Gente, quase enlouqueci. Mas, tirando a parte em que fiquei com água na boca, posso dizer que a narrativa leve fluiu muito bem pra mim essa semana.

Ellen Branford, uma advogada “granfina”, com uma boa educação e um tanto quanto desastrada, está noiva de Hayden Croft, também advogado muito bem sucedido, de uma família de prestígio. Podemos dizer que nossa heroína vive uma vida perfeita dentro de uma redoma de vidro. Nada de ruim e fora do normal acontece. Tudo minuciosamente planejado e executado.

No entanto, o cenário começa a mudar quando a avó de Ellen morre em seus braços antes de fazer um último pedido: entregar uma carta de amor para Chet Cummings. Apesar de ficar surpresa com o pedido e com as palavras escritas no papel, ela vai para o distrito de Bancon. As impressões de garota da cidade grande começam a aflorar. Um lugar pacato, em que todo mundo sabe da vida de todo mundo e que uma pousada 5 estrelas não é assim tão 5 estrelas.

No entanto, tudo piora quando ela tenta tirar algumas fotos de paisagem em cima de um píer que se quebra. Além de quase se afogar, nossa mocinha perde sua máquina fotográfica. Ellen é resgatada por nosso herói Roy, um cara bem apessoado, que odeia advogados e é muito prestativo. A essa altura a gente já sabe que um clima entre os dois vai rolar, mas é melhor nos fazermos de ingênuos, por enquanto.

Foto: Anne Caroline Anderson / Viagens de Papel

Foto: Anne Caroline Anderson / Viagens de Papel

Entre discussões e boas conversas, Ellen e Roy constroem uma amizade e descobrem que não são tão diferentes assim. No entanto, ela percebe esse clima entre os dois e decide sair da cidade o quanto antes. O problema é que não consegue encontrar Chet para entregar a carta.

Aproveitando a estadia na cidade, ela tenta descobrir mais sobre a vida da sua avó e percebe que muitos segredos e histórias a cercavam, como o fato de ter sido artista e nunca ter mencionado.
Entre rosquinhas e blueberries, Ellen começa a se acostumar com a cidade pequena. Gosta dos cafés, das paisagens, do movimento não tão intenso. Enquanto se acostuma, passa a ficar mais tempo do que o previsto em Beacon, o que leva seu noivo a buscá-la. Hayden se mostra impaciente por estar em um lugar onde a internet ainda é discada. Mas, percebemos que ele ama Ellen, apesar de me irritar diversas vezes.

Entre Hayden e Roy, todas as diferenças, escolhas entre esses dois homens e duas cidades, além de não poder entregar a carta a Chet e todos os segredos da vovó, Ellen se mostra confusa e perdida. Como será que termina essa trama?

Apesar de muitas pessoas acharem um final fácil de ser detectado, gosto da forma em que Mary conduz a história. A forma em que nos leva através dos lugares e dos personagens faz você sentir que faz parte de todo o contexto.

Cheio de diversão e descobertas, O irresistível café de cupcakes é aquele livro que vai ser devorado em pouco tempo e vai te fazer sorrir em meio a qualquer problema. Não vou contar mais a respeito porque todo spoiler acaba com a magia das narrativas. Leiam e comentem aqui suas conclusões. É simplesmente irresistível!

Sobre o autor
Anne Caroline Anderson
Anne Caroline Anderson Catarinense. 24 anos. Leitora por amor e futura jornalista. A melhor parte do dia? Aquela em que eu abro um livro e passo um bom tempo mergulhada em sua estória <3


Deixe uma resposta

  1. quarta-feira, 2 de dezembro de 2015.

    Ei Anne,
    Café e cupcakes super combinam e só me interessei por este livro por causa da capa linda e dessas duas palavras que fazem minha boca salivar rs. Li sua resenha e fiquei feliz em ver que a capa e a história me agradam.

    Coração Leitor

  2. domingo, 17 de janeiro de 2016.

    Que bacana Jéssica! Super recomendo!!!!

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: