quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Avaliação: 2/5
Editora: Bertrand Brasil / Cortesia
ISBN: 9788528618440
Gênero: Romance histórico
Publicação: 2015
Páginas: 210
Skoob
O livro “A Revolução da Lua” foi escrito pelo italiano Andrea Camilleri, a obra foi publicada originalmente em 2013 e recentemente lançada pela Bertrand Brasil, selo do Grupo Editorial Record.

A trama desenvolvida por Camilleri tem início após o falecimento do vice-rei Don Angel de Guzmán, um homem com saúde frágil e aparência corpulenta. Em seu leito de morte Don Angel nomeou sua jovem esposa Eleonora de Moura, a duquesa de Nocera e Marquesa de Castel Rodrigo, como sua sucessora.

Enquanto isso, os Conselheiros da coroa acreditavam plenamente que o Grão-Capitão de Justiça assumiria o cargo, mas a carta direcionada ao Sacro Régio Conselho era direta, esse era o último desejo do vice-rei, mesmo que contra a vontade de todos, a lei era clara e não deixava margem para dúvidas.

A narrativa é ambientada no século XVII em Sicília, na Espanha. O poder exercido por Eleonora durou cerca de 27 dias, nesse curto período, ela conseguiu realizar grandes feitos, além disso, cativou o povo e emitiu uma série de medidas revolucionárias para época. Essa foi primeira e única vez que Sicília teve como represente uma mulher.

Nem todos os fatos descritos na narrativa são ficcionais, o autor incorporou em sua obra fatos e personagens verídicos. A protagonista da história é tida como uma mulher bela, audaciosa, maquiavélica, inteligente e habilidosa, desta forma, Eleonora que demostrou entender de assuntos políticos, conquistou o povo e ainda despertou a fúria dos nobres, permaneceu no poder o equivalente ao ciclo lunar.


O autor se inspirou em fatos reais, Camilleri também manteve os diálogos e descrições fieis ao período a qual a trama se desenvolve. A junção destas características foram um fator crucial que despertaram meu interesse pela leitura, em contrapartida, foram as responsáveis pelo desgostou que tive durante a leitura, confesso que iniciei a leitura várias vezes e demorei a acaba-la, como dizem a trancos e barrancos. Não posso dizer que o livro é ruim, mas não convenceu como não agradou.  A edição é bonita e bem caprichada. 

Enfim, uma leitura que para mim não rendeu, mas, uma obra que pode ser vista como breve manifesto do feminismo e das mudanças sociais alancadas por uma jovem mulher à frente de seu tempo .

Sobre o autor
Viagens de Papel O blog Viagens de Papel foi criado em 22 de janeiro de 2013 com o intuito de promover diálogo sobre literatura, paixão que todos os autores do projeto têm em comum. Através de resenhas, lançamentos, listas, dicas e variadas matérias, queremos que você sinta-se em casa e aprecie o conteúdo nosso conteúdo! =)


Deixe uma resposta

  1. terça-feira, 22 de setembro de 2015.

    Oii, tudo bem?

    Gostei bastante da sua resenha, mas não faz muito meu estilo. Não curto muito livros com teor político, mas acho legal quando o autor resolve utilizar de fatos verídicos para dar mais veracidade a sua ficção e gostei do feminismo envolvido na história.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

  2. quarta-feira, 23 de setembro de 2015.

    Oláá
    Sua resenha está ótima, bem legal a história mas não chamou minha atenção e tudo mais, porém, tenho amigas que vão gostar da leitura.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  3. quinta-feira, 24 de setembro de 2015.

    Oi Paty, bem o livro parece ser bem complexo, ainda não conhecia o livro, mas como vc disse no final ele destaca o manifesto feminino na época, o que era bem incomum. Fiquei até curiosa para ler e entender o ponto de vista mais a fundo.
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

  4. domingo, 27 de setembro de 2015.

    Olá… tudo bem??
    Não conhecia o livro e sinceramente não curti a premissa dele, então não pretendo lê-lo… eu o achei complexo e bem fora dos livros que leio atualmente…. e não me vejo fugindo de minha zona de conforto com uma temática dessas… que pena que a leitura não funcionou pra você… Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

  5. quinta-feira, 1 de outubro de 2015.

    Oie, tudo bom?
    Não sou tão fã de histórias tão presas na história porque já tive experiências de leitura bem ruins com livros nesse estilo. Apesar disso, ele trata de temas extremamente interessantes, principalmente pelo papel da mulher.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

  6. sexta-feira, 9 de outubro de 2015.

    Oi, tudo bem? Geralmente eu não costumo me sentir interessada em ler livros como este, mas a sua resenha fala tão bem do livro que me deixou curiosa e vou arriscar e ler o livro para ver o que acho. Espero gostar, ainda mais por conter uma história tão interessante.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: