quarta-feira, 1 de julho de 2015

Avaliação: 3/5
Editora: Companhia Editora Nacional, Cortesia
ISBN: 9788504019193
Gênero: Policial
Páginas: 304
Publicação: 2015
Skoob

Lançado pela Companhia Editora Nacional, Sequestrados é um livro policial que busca desvendar o mistério acerca do sequestro de Krista Morales e Jack Berman. Jovens e apaixonados, o casal está em uma viagem junto com outros amigos. Em uma noite, eles ficam sozinhos em um deserto, perto de escombros de um velho avião. No local, Krista conta para o namorado um segredo sobre sua família. Sua mãe, Nita Morales, assim como mais pessoas de sua família, foi levada ilegalmente do México aos EUA, por aqueles denominados “coiotes”. Coincidentemente, na mesma hora um grupo de imigrantes coreanos estava passando pelo local e o casal, de uma hora para outra, se envolve em um grande esquema de corrupção e tráfico de pessoas.

Junto com o grupo – composto principalmente por coreanos -, Krista e Jack são levados a uma pequena casa, onde são colocados em condições extremas, dividindo um cômodo com mais de vinte pessoas, sem alimentação ou higiene adequadas. O esquema, liderado pelos bajadores (traficantes), consiste em sequestrar os imigrantes e pedir resgate para as famílias, que muitas vezes não têm dinheiro suficiente para ‘comprá-los’ de volta. Assim que os familiares param de pagar, os imigrantes são mortos e ‘desovados’ em valas no deserto.

O livro é narrado sob diversos pontos de vista, além de não ser em ordem cronológica. Além do que acontece com Krista e Jack, acompanhamos de perto a investigação acerca do caso. Pensando que sua filha fugiu para se casar com o namorado – péssima influência, em sua opinião -, Nita Morales contrata o detetive Elvis Cole para encontrá-la e trazê-la de volta para casa. Não demora muito para Elvis perceber que o caso vai muito além de uma fuga adolescente e que, se não agir rápido, pode acabar de maneira trágica.

Elvis descobre o esquema e vê que quem está por trás de tudo é um bajador denominado Sírio. O detetive arma uma maneira de resgatar Krista e Jack, mas seu plano dá errado e ele também é sequestrado. Cabe agora ao seu parceiro, Joe Pike, juntar as peças que faltam do quebra-cabeça e resgatar o amigo, assim como seus clientes.

Eu nunca tinha lido nada do autor e me surpreendi já nas primeiras páginas de Sequestrados, que se mostrou uma obra inteligente e instigante. O autor mescla passado e presente, além de narrativas em terceira e primeira pessoa, o que torna a leitura ágil e envolvente. O fim da história é meio previsível, mas a obra prende pelas diversas reviravoltas que traz. O interessante é saber como Elvis Cole e Joe Pike desvendaram o caso e chegaram até os sequestrados.

O tema abordado também é muito interessante. O livro fala sobre imigração ilegal, até que ponto as pessoas vão por uma vida melhor, e a quadrilha que há por trás de alguns casos, quando os familiares são obrigados a pagar quantias abusivas para completar a ‘travessia’. A trama criada por Crais é inteligente e exige atenção do leitor, pois são muitos os detalhes que fazem a diferença.

Ainda que a história seja muito boa, acredito que do meio para o fim o autor se perdeu um pouco. Os capítulos são curtos, o que é um ponto positivo, mas os pontos de vista passam a ser alternados frequentemente e a conclusão do caso demora um tempo a chegar, o que deixa a leitura arrastada em suas últimas páginas. Além disso, como os fatos são desvendados aos poucos, não há uma grande revelação – um ápice – no livro, frequente em obras do gênero.

Apesar de não trazer nada de muito diferente, Sequestrados é um livro bom, que propicia grande entretenimento. Com muitas cenas de violência e um caso que coloca em risco a vida de muitas pessoas, a obra deixa o leitor curioso e angustiado para saber o que acontecerá no fim.

Sobre o autor
Camila Tebet
Camila Tebet

Camila Tebet, 24 anos (05/06) – Paraná
Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Entre os seus livros favoritos estão “Harry Potter” (é claro), “Na Natureza Selvagem”, “Orgulho e Preconceito” e “A Menina Que Roubava Livros”. Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.



Deixe uma resposta

  1. quarta-feira, 1 de julho de 2015.

    Muito bom ler livros inteligentes e instigantes.
    Também não conhecia o autor, mas faz muito meu estilo.
    Gostei do livro. Dica anotada
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias

  2. quarta-feira, 1 de julho de 2015.

    Oi, Camila! õ/
    Eu tenho esse livro por aqui, só que ainda não li, eu gostei bastante da capa e a proposta dele me cativou bastante, não sabia o que esperar desse livro, pois, a sua resenha foi a primeira que li a respeito e bom, eu adorei seus comentários, mesmo o autor ter ficado perdido em algumas partes do enredo, eu me interessei e a história parece ser bem interessante. Ao finalizar a sua resenha senti um gostinho de PRECISO LER ESSE LIVRO! Adorei saber que ele apresenta um enredo bom e preciso conhecer a escrita desse autor! Ótima resenha <3

    Beijos,
    Luan | http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

  3. quarta-feira, 1 de julho de 2015.

    Olá! 🙂
    Eu nunca tinha sequer ouvido falar sobre o livro nem sobre o autor, e sua resenha foi uma boa surpresa pra mim. Mesmo que o autor tenha se perdido um pouco e que o final seja previsível, estou disposta a ler esse livro puramente pela temática: Eu nunca li nada que envolvesse essas imigrações ilegais (na verdade, li "Pequena Abelha", acabei de lembrar), e adoro experimentar coisas novas. Já coloquei o livro na minha lista, mas vai demorar um pouco para lê-lo, porque tem muitos outros na frente!
    Um beijinho,
    Monalisa
    http://www.literasutra.com

  4. quarta-feira, 1 de julho de 2015.

    Não conhecia nem o livro e nem a editora, parece legal mas nada novo a acrescentar. Bjs

  5. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Mew, desde a primeira resenha que vi desse livro fiquei tipo MUITO a fim de ler. Achei uma trama genial, com elementos que me prendem fácil numa leitura… Mesmo com o final previsível, eu arrisco a leitura dele…

  6. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Gostei bastante da sua resenha e só de ser um livro policial já me chama atenção. Porem fiquei decepcionada de saber que o autor se perde um pouco na historia,más mesmo assim vou coloca-lo na minha lista.

  7. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Olá, tudo bem?

    Não conhecia nem o livro nem autor, mas fiquei curiosa, me pareceu uma leitura bem instigante e cativante, quem sabe venha a ter a oportunidade de lê-lo um dia? hehehe.
    Parabéns pela resenha.

    Beijo!
    Ana Luz – LT.

  8. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Eu acho a temática bastante importante, sua resenha me deu a impressão que livro é bem informativo, como gosto. não conhecia e já anotei me minha lista de leitura essenciais. Mesmo o final, como você cita, sendo previsível, acho que com o enredo, o final é o de menos… Excelente resenha!

  9. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Oiee ^^
    Saber que um os temas do livro é tráfico humano me deixou curiosa, mas não sou muito fã do gênero policial, então não sei se o leria. Uma pena que o autor tenha se enrolado no final, mas sabendo que o livro é assim tão interessante, estou disposta a dar uma chance 🙂
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  10. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Oie!!!!

    ainda não tinha ouvido falar do autor, mas fiquei imensamente curiosa sobre esse livro, gostei muito de sua resenha também. lerei assim que possível 😉
    bjs
    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

  11. quinta-feira, 2 de julho de 2015.

    Olaaa
    Bem legal a resenha e muito interessante o enredo, nao é o que costumo ler sempre mas de vez em quando é bom mudar às vezes.

    Beijos
    Reality of Books

  12. sexta-feira, 3 de julho de 2015.

    Olá Camila! Ainda não conhecia o livro. Confesso que não é minha zona de conforto, mas gostei do suspense que ele nos gera. Senti assim.. Estou começando a caminhar para leituras de Policiais, dica anotadinha aqui!

    Parabéns pela resenha! Ficou muito boa!!
    http://www.pensamentosvalemouro.com.br

  13. sexta-feira, 3 de julho de 2015.

    Oi, tudo bem? Adorei o enredo desse livro! Adoro histórias ficcionais que representam a realidade de forma completa. Li um texto para uma cadeira de Leituras em Jornalismo, nesse semestre, que falava bastante sobre o fato de muitos autores tangenciarem a realidade e nunca, realmente, tocarem nelas. É por isso que esse livro me chamou atenção: adoro quando a realidade é a essência de uma história. Li poucos livros sobre imigrantes e esse me chamou muito a atenção! Acho que é uma baita oportunidade de conhecer os sofrimentos que a maioria da população finge não ver. Vou, com certeza, colocá-lo na minha wishlist! Aliás, sua resenha está incrível! Reflexiva e muito bem escrita! 🙂

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

  14. sexta-feira, 3 de julho de 2015.

    Ola lindona gosto de livros que narram passado e presente nos situam bem sobre a situação, gostei da premissa do livro, estou com o livro em casa será uma de minhas próximas leituras. Não li nada do autor ainda espero gostar assim como você. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  15. sexta-feira, 3 de julho de 2015.

    que bacana sua resenha
    muio bem escrita ,
    mas eu não curto muito esse estilo ,
    gosto mais dos fantásticos kkk os sobrenaturais rsrrs

  16. sábado, 4 de julho de 2015.

    Olá!
    Adorei a premissa do livro, essa coisa de imigração ilegal me atrai de uma forma incrível. Acredito que vai ser uma ótima leitura. Adorei sua resenha.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

  17. sábado, 4 de julho de 2015.

    Oi ^^
    Não conhecia o livro ou o autor, mas gostei da premissa da história criada por ele.
    Gostei da tua sinceridade na resenha e foi isto que me deixou com vontade de conhecer a obra! 😀

    bjs

  18. sábado, 4 de julho de 2015.

    Fiquei curiosa, mesmo lendo que o livro não traz nenhuma novidade e nem é o primor da originalidade, mas saber que a trama é narrada sob diversos pontos de vista e não segue uma ordem cronológica me deixou otimista com a leitura. Adoro esses dois elementos.

    LETRAS COM CAFEÍNA

  19. segunda-feira, 6 de julho de 2015.

    Oii!

    Amo livros do gênero policial <3 Acho que vou gostar desse livro porque a história me chamou bastante a atenção 🙂
    Parabéns pela resenha ^^

    Beijos, Kamila *–*
    http://www.vicio-de-leitura.com

  20. quinta-feira, 9 de julho de 2015.

    Oi, tudo nem?
    O tema abordado é bem interessante, pena que o autor se perdeu um pouco no final.
    Não é um livro que eu compraria, mas leria se ganhasse.
    Bjs

    A. Libri

  21. sexta-feira, 10 de julho de 2015.

    Olá!

    Livro de tiro, porrada e bomba é comigo mesmo! Brincadeiras a parte, fiquei muito interessada no livro depois de sua resenha, já que adoro livros policiais e vou colocar esse livro na minha lista dos mais desejados.
    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

  22. segunda-feira, 13 de julho de 2015.

    Oie, tudo bom?
    Achei o livro interessante por dois motivos: falar sobre imigração e a narrativa policial. Gosto desse tipo de leitura que instiga o leitor, mesmo que o autor tenha se perdido no decorrer da história. Já tinha lido outra resenha desse livro e fiquei curiosa com a obra.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

  23. terça-feira, 21 de julho de 2015.

    Olá!
    Eu não conhecia esse livro, mas adorei o enredo. A história parece ser muito emocionante e fiquei super curiosa para saber se eles conseguem se safar.
    Adorei a sua resenha.
    Anotei a dica.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

  24. sexta-feira, 28 de agosto de 2015.

    Oii, tudo bem?
    Eu já tinha visto muitas pessoas falarem desse livro, porém eu nunca tinha lido uma resenha e gostei muito do que fiquei sabendo, com certeza o livro já está na minha lista de desejados.

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: