Avaliação: 4/5
Editora: Verus, Cortesia
ISBN: 9788576862871
Gênero: Romance
Publicação: 2015
Páginas: 154
Skoob

A primeira coisa que me chamou a atenção neste livro foi o título. Ele me arrebatou de um jeito que eu não pensei duas vezes antes de solicitar a obra para a editora. Assim que ele chegou, deixei as outras leituras de lado para me dedicar a ele. 154 páginas depois, posso afirmar que Se você me chamar eu largo tudo… mas por favor me chame superou todas as minhas expectativas e mexeu comigo de maneira inexplicável.

Em 22 capítulos, Albert Espinosa nos apresenta a história de Dani, um homem que está enfrentando problemas no casamento e vê-se perdido quando a mulher decide ir embora de casa. Antes, tudo se resolvia, mas parece que agora não há mais volta. Para tentar fugir dos problemas pessoais, Dani mergulha no trabalho, aceitando um caso que não aceitaria em outras circunstâncias. Sua ocupação é procurar crianças desaparecidas e trazê-las de volta para os pais.

O caso faz com que Dani retorne a uma cidade que marcou muito a sua infância, assim como as pessoas relacionadas a ela: Capri. Agora, ele terá que retornar ao passado para tentar se reencontrar no presente. Fará isso com a ajuda de dois velhos amigos, que tiveram parte importante em sua formação como ser humano: o sr. Martín e George.

Em capítulos curtos, Dani alterna fragmentos de sua infância com os dias atuais. Relembra momentos e fatos que marcaram sua vida e ajudaram a definir quem ele é hoje. A costura entre as diferentes épocas torna o livro dinâmico e instigante, deixando o leitor curioso e fazendo com que participe dos acontecimentos.

Se o título já era excelente, os nomes dos capítulos também não decepcionam. Inclusive, é algo que também move a leitura, já que cria a expectativa de que o próximo será ainda melhor. Entre os meus favoritos estão “A solidão de quem não tem ninguém esperando por si”, “Às vezes um casal arrasta tantas coisas que nem o amor é suficiente” e “A incompreensão das lágrimas dos outros”.

O dom do autor de trabalhar com as palavras prova-se também ao decorrer da história. Enquanto Dani busca se reencontrar, acompanhamos as muitas lições aprendidas durante a sua vida. São frases intensas, ao mesmo tempo que singelas, que proporcionam ao leitor diversas reflexões sobre a vida e seus acontecimentos.

Melancólico, sensível, poético e reflexivo, Se você me chamar eu largo tudo… mas por favor me chame é um livro que, mesmo com poucas páginas, é profundo e capaz de tocar o leitor de diferentes maneiras. Enquanto acompanhamos o crescimento do personagem, é possível se identificar com suas angústias e anseios e torcer para que, no fim, ele encontre sua redenção.

 “- Estar vivo é… dar vida – ele respondeu para si mesmo. – Dar vida aos que o rodeiam. Qualquer coisa que dê vida está viva, lembre-se disso.”

“- Sim, assim perdi o medo das quedas. E, se você perde o medo das quedas, caminha melhor e pode até se atrever a correr. Tudo na vida deveria ser assim. Primeiro cair e depois caminhar.”

“ – Parar o mundo é decidir conscientemente que vai sair dele para se melhorar e melhorá-lo. Para poder se mover e movê-lo melhor. Nesse tempo, você deve tentar fazer com que ninguém nem nada crie problemas para você. Alimentar-se de boa literatura, de bom cinema e, sobretudo, da conversa de uma única pessoa que o inspire nesse mundo. […] Depois o mundo te dá um prêmio. O universo conspira a favor dos que o movem. E esses são os que o fazem parar. Você quer mover o mundo ou quer que ele te mova?.”

Sobre o autor
Camila Tebet
Camila Tebet Camila Tebet, 24 anos (05/06) – Paraná Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Entre os seus livros favoritos estão "Harry Potter" (é claro), "Na Natureza Selvagem", "Orgulho e Preconceito" e "A Menina Que Roubava Livros". Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe uma resposta

  1. segunda-feira, 30 de março de 2015.

    Cara eu gostei m uito de sua resenha…
    Ao contrário de você o título não me chamou muito a atenção (sou mais de capa e sinopse).
    Porém ao ler a resenha fiquei curiosa e bastante interessada com a história. Agora eu quero ler o livro.kkkkkk
    Beijos

  2. segunda-feira, 30 de março de 2015.

    Gente, que título criativo é esse?! Adorei hahaha!
    Ótima resenha, o livro realmente parece incrível! Fiquei curiosa, nunca havia ouvido falar sobre ele!
    Assim que puder, irei comprá-lo. Obrigada pela dica 😉
    Beijos!

    http://www.livrosdajess.com

  3. terça-feira, 31 de março de 2015.

    Eu fiquei encantada pelo título, pela capa e a história em si me deixou curiosa. Mas o que mais amei mesmo foram os nomes dos capítulos. É um livro melancólico, como você bem disse, que eu nunca imaginei que leria porque não gosto do gênero. Vou ler sim, só não agora porque acho que não estou no momento certo para ler um livro assim. Parabéns pela resenha, eu adorei.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

  4. terça-feira, 31 de março de 2015.

    Olá!

    Gente, o título realmente chama muuuita atenção eu fiquei muito animada em relação ao livro, gostei muito mesmo,
    O enredo parece muito legal e mesmo sendo melancolico, mas acho que nos traz um grande ensinamento.
    Parabéns pela resenha!

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

  5. terça-feira, 31 de março de 2015.

    Oi Camila!
    Esse livro tem um título bem instigante mesmo! E a história parece ser muito comovente.
    Não conhecia esse autor, mas já o coloquei na lista!

    Beijos,
    Fernanda
    http://www.oprazerdaliteratura.com.br

  6. terça-feira, 31 de março de 2015.

    Olá!
    Não conhecia o livro, mas após ler sua resenha, PRECISO lê-lo!
    O nome chama a atenção e a premissa é interessante. O que despertou meu interesse foi que parecer ser uma obra simples, mas um tanto reflexiva.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    Li
    Literalizando Sonhos

  7. terça-feira, 31 de março de 2015.

    Eu tinha lido apenas uma outra resenha desse livro e fiquei simplesmente encantada com o enredo. Vou ver se a Editora pode me enviar um exemplar, quero muito ler!

    http://laoliphant.com.br/

  8. terça-feira, 31 de março de 2015.

    oi camila, tudo bom? apesar do livro não me chamar muito a atenção quando fui lendo a resenha fiquei bem curiosa <3
    realmente é um livro interessante. vou anotar para uma possível leitura, mas vendo só a capa não me chama nenhum pouco a atenção.
    Seguindo o Coelho Branco

  9. quarta-feira, 1 de abril de 2015.

    Olá, tudo bem?

    Camila, infelizmente esse livro reúne várias coisas que eu odeio em livros: título muito grande, vai e vem entre passado e presente e capítulos curtos. Eu gosto de livros que tem aqueles parágrafos grandes, mas não tão grandes, sabe!? Poucos autores conseguem fazer livros que me agradam nesse quesito HAHAHAHA A capa da obra é linda e, mesmo com seu atestado de que é um livro bom e que irá me comover por sua sensibilidade, eu acho que vou passar a leitura para frente e focar mais na minha pilha de não lidos aqui HAHAHA Curti muito aquele primeiro quote.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor – http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

  10. quarta-feira, 1 de abril de 2015.

    Gostei da forma madura como esse autor provavelmente escreve, gostei também do fato dele costurar durante a escrita épocas diferentes, mantendo assim o leitor grudado, isso me agrada muuuito. É um título a ser anotado, com certeza.

    http://palavrasdelucidez.com.br

  11. quarta-feira, 1 de abril de 2015.

    Caramba, Camila! Eu não me lembro de ver esse livro em nenhuma divulgação. Ainda bem que vi aqui, porque, assim como vc, me interessei demais pelo título. Gosto dessas coisas profundas, simples e bonitas. E fiquei ainda mais encantada com os títulos que vc colocou. Depois disso, a história é meio que um segundo motivo pra ler. kkkkkkkkkk Mentira, também gostei do enredo. Pena que pouca gente se interessou e a editora quase não divulgou.
    Beijinhos!
    Giulia – http://www.prazermechamolivro.com

  12. quarta-feira, 1 de abril de 2015.

    Oie flor,
    Bom, eu tbm ameiiiiiiiii o titulo! (Alias, acho q fui a unica aqui q notou… olhei os comentarios anteriores pra ver se alguem tinha comentado… mas o Titulo do post ta. "Se vc me chamar eu largo tudo…Mas por favor DE chame… =p / Prestei mesmo a atenção!! hahaha )
    Achei mega interessante e despertou completamente meu interesse..
    Adorei sua resenha!
    Nunca vi esse livro por ai e sinceramente não sei pq, já q ele parece ser bem legal!
    Vou procurar mais dele!
    Obrigada pela dica!

    Bjinhos
    Pam
    Meus Livros Preciosos

  13. quarta-feira, 1 de abril de 2015.

    O livro é bem criativo, pelo menos o titulo e o nome dos caps são, mas não sei se leria o livro, pois fora isso não me chamou a atenção
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

  14. quarta-feira, 1 de abril de 2015.

    Hey, tudo bem?
    O título desse livro é realmente muito interessante e acho que o mesmo já instiga esse ar melancólico e sensível que você disse. Achei muito interessante a narrativa e como o personagem vai se reconstruindo através de cada capítulo passando seu passado ou presente. Muito legal.
    Beijos.
    Dois Dedos de Prosa

  15. quinta-feira, 2 de abril de 2015.

    O título também foi a primeira coisa que me chamou atenção assim que abri seu post hahaha
    Não sei, ele consegue de cara despertar uma curiosidade do leitor…. E também essa capa incrível né, com certeza a quero na minha estante!
    Gostei de saber que o livro é bom e superou suas expectativas, mas principalmente os capítulos curtos. Mesmo amando os livros enormes, eu tenho o problema de não conseguir parar de ler no meio do capítulo, e quando são curtos isso me facilita muuuito hahahahaha
    Enfim, amei a resenha e já anotei o livro na wishlist!
    Beijos!

  16. quinta-feira, 2 de abril de 2015.

    Oi, Camila!
    Eu também tinha gostado muito do titulo, mas não sabia do que se tratava a história e nem que era tão curtinho!
    Fiquei super curiosa e com certeza vou querer lê-lo, acho incrível autores que em poucas páginas conseguem contar uma história que mexe com a gente.

    Beijos ♥
    Livros e blablablá

  17. quinta-feira, 2 de abril de 2015.

    Oi, Camila!
    Eu nunca nem tinha ouvido falar desse livro.
    O título é realmente peculiar e chama mesmo a atenção.
    A história parece ser linda e como você disse, repleta de mensagens.
    Adoro livros assim. Vou anotar a sua dica. Adorei sua resenha, objetiva mas muito detalhada.

    Beijinhos
    Jaque – Meus Livros, Meu Mundo.

  18. quinta-feira, 2 de abril de 2015.

    Oi, Camila.
    Nossa, você me vendeu o livro totalmente. Não dei nada pela capa ou pela sinopse, mas essa sua resenha. Caramba! Fico chateada quando as editoras não promovem livros bons como esse.
    Adoro histórias comoventes e que nos trazem lições de vida, para mim esses são os melhores livros.
    Através da sua resenha eu senti a emoção que o livro causa. Fiquei muito curiosa.

    Beijocas,
    http://www.segredosentreamigas.com.br/

  19. sábado, 4 de abril de 2015.

    Oi Camila.
    Eu não conhecia esse livro, mas minha nossa… me surpreendi com a historia.
    Quero muito ler agora, vou procurar mais sobre ele.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

  20. domingo, 5 de abril de 2015.

    Olá, que titulo gigante não é? uahsuahs, então, já pelo titulo, ao contrario de voce, eu não me interessei pelo livro, a trama tbm não me atraiu nem um pouco e jurava que pela capa esse era um lançamento super antigo da editora :p
    http://www.muchdreamer.blogspot.com

  21. domingo, 12 de abril de 2015.

    Olá
    Serei bem sincera, pelo título e capa eu nunca iria ler esse livro, mas depois de ver sua resenha, eu fiquei super curiosa para saber como ele vai resolver sua vida com a saída de sua mulher de casa e como ficará o caso que ele vai aceitar.
    Amei sua resenha.
    Beijos

  22. sexta-feira, 17 de abril de 2015.

    Cami! O enredo é bárbaro!
    ''Sua ocupação é procurar crianças desaparecidas e trazê-las de volta para os pais.'', e mais seus problemas pessoais, esse parece ser um livro incrível, forte e reflexivo, excelente trabalho! Amei a resenha! Beijos

  23. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Que bom que gostou da resenha e ficou curiosa, Tamires haha Realmente, esse é um livro que não deve passar despercebido. Espero que você goste! Beijos

  24. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Esse título é lindo demais <3 A história também não desaponta, então espero que, assim como eu, você se surpreenda 😀 Que bom que gostou. Beijos e obrigada!

  25. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Oi, Celly! Impossível passar batido por esses títulos e subtítulos maravilhosos, né? haha Acredito que esse seja o maior ponto forte do livro. Espero que você se surpreenda durante a leitura. Beijos!

  26. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Oi, Ana Paula! A obra é recheada de lições, apesar de ser curtinha. Espero que você se surpreenda, assim como eu =) Beijos e obrigada!

  27. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Fernanda, espero que você goste da leitura tanto quanto eu. Depois venha me contar o que achou! Beijos

  28. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Oi, Aline! Muito obrigada pelo comentário 😀 Espero que você se surpreenda tanto quanto eu. O livro é mesmo incrível, que bom que ficou com vontade de realizar a leitura. Beijos!

  29. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Débora, espero que você goste tanto quanto eu 😀 Depois venha me dizer o que achou. Beijos!

  30. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Oi, Alice! Que bom que gostou da dica. Se for ler, espero que se surpreenda. Depois me conte o que achou o Beijos!

  31. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Oi, Matheus! Realmente, acho que este não é um livro para você haha Mas quem sabe mais para frente você se interessa, né? Se um dia for ler, espero que se surpreenda o Beijos!

  32. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Oi, Lucas. Realmente, o fato do autor alternar as épocas deixou a obra com ainda mais qualidade. Também gosto muito quando isso acontece. Se um dia for ler, espero que goste!

  33. quarta-feira, 29 de abril de 2015.

    Pois é, Giulia! O enredo ficou em segundo plano para mim também haha Que bom que você gostou da indicação. É realmente um livro incrível. Espero que você goste <3 Depois de ler, venha me contar o que achou. Beijos!

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: