AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: Mundo Uno ASIN: B01IGYT4IK (Amazon) GÊNERO: Fantasia, Romance, Jovem AdultoPUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 529 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: Mundo Uno ASIN: B01IGYT4IK (Amazon) GÊNERO: Fantasia, Romance, Jovem AdultoPUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 529 SKOOB

Sombras da primavera é o segundo volume da Trilogia Cores. Nesta eletrizante continuação, Melissa e Vicent não lutarão apenas por seu amor, mas também por suas vidas. Antes de falar um pouco do livro, quero ressaltar que, quando li Cores de outono, fiquei bastante animada com o enredo e todos os demais elementos inseridos na história.  Em Sombras da primavera não foi diferente, os personagens secundários ganham maior destaque e os principais me conquistaram uma vez mais.

Após a lamentável visita à Terra das Sombras, Vicent fica ressentido com acontecimentos recentes na Montanha, ele acredita que Melissa esteja correndo perigo a seu lado. A fim de protegê-la, ele a exclui de uma parcela de sua vida, por outro lado, Mel almeja conhecer cada detalhe da vida de seu amado, inclusive seu obscuro passado. Vicent é um Mago das Sombras, sua linhagem foi amaldiçoada há muito tempo pelo Senhor da Dimensão das Sombras, o temido Demônio da Sombras. Segundo a maldição, esses magos jamais serão felizes sem antes serem atingidos pela desgraça, estando destinados a uma vida vazia e solitária.

Alice, a irmã caçula de Melissa, uma maga cuja existência até então era desconhecida pelos seres mágicos da Montanha, aparece muito mais na história, esse episódio em especial atiça a curiosidade de todos, ninguém sabe de qual linhagem a menina descende. Para evitar problemas futuros, fica decidido que Alice tenha aulas de magia na casa dos Von Berg, sob a tutela de Aristela.

O relacionamento entre Mel e Vicent está fragilizado, ela deseja um futuro ao lado dele, estando presente em todos os prós e contras que implicam na vida de um mago. Ele deseja a segurança dela, mesmo sabendo que o certo é deixá-la, pois com ele, ela jamais estará segura, o amor não é o suficiente para que sejam felizes. Vincent necessita escolher, mas Mel é seu futuro e sua luz, sua guia num mundo obscuro.

Fazia tempo que um livro não me proporcionava tal prazer, a cada palavra notamos as características que marcam a escrita da autora – cheia de emoções, seja nas descrições dos cenários e dos personagens, ou ainda nos diálogos. Keila Gon manteve minha atenção em cada capítulo, desde o romance, o drama, o suspense ou a aventura. O livro é narrado em primeira pessoa por Melissa e, por vezes, também por Vicent. Sombras da primavera é uma leitura recomendadíssima para qualquer idade ou tipo de leitor, o livro agradará facilmente a todos.


Conheça os outros títulos da trilogia Cores:

1. Cores de outono (2016)

2. Cores de primavera (2016)


Sobre o autor
Patrícia Oliveira Patrícia Oliveira, 25 anos (07/01) – São José/SC. Acadêmica de Direito, leitora assídua e blogueira. Lê de tudo um pouco, seus gêneros literários favoritos são romance histórico, época e contemporâneo, thriller psicológico, fantasia épica e clássicos. Sempre cultivou a ideia de criar um blog, onde pudesse compartilhar sua opinião. Quando não está fazendo tarefas cotidianas, geralmente está divertindo-se na companhia de seus bichos de estimação. Curte séries, filmes de comédia romântica e animes, mas sua grande paixão é a literatura.


Deixe uma resposta

  1. segunda-feira, 16 de março de 2015.

    Oi Patty!

    Obrigada pelo carinho com o BT e pela resenha linda!

    Bjo bjo^^
    http://www.livrosdeelite.blogspot.com

  2. terça-feira, 17 de março de 2015.

    Ownnnnnnnn Patty, OBRIGADA pela resenha! E fico feliz que tenha gostado ehehehh e bora trabalhar pra acabar essa saga!
    BEIJO Linda!
    Keila Gon

  3. quarta-feira, 18 de março de 2015.

    Oi, Patty! Parece ser uma trilogia boa, não conhecia, mas gostei da sua resenha. vou me informar mais… http://www.poesianaalma.com.br/

  4. quarta-feira, 18 de março de 2015.

    Oie, tudo bom?
    Eu morro de vontade de ler essa série da Keila Gon e fico mais ansiosa ao saber que a autora consegue emocionar e envolver tão bem o leitor. Além disso, tenho curiosidade para conhecer o famoso Vincent.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

  5. sexta-feira, 20 de março de 2015.

    Olá ^^
    Se eu visse o livro em alguma livraria, talvez passasse reto, pois a capa não despertou minha atenção, mas ainda bem que eu li a tua resenha e pude notar o potencial desta história 😀

    bjs

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: