quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Avaliação: 5/5
Editora: Independente
ISBNB00S5JRRQ8
Gênero: Romance Erótico/Adulto
Publicação: 2015
Páginas: 262
Skoob

Pink é uma garota sonhadora, que vive no mundo dos livros e que tem uma super queda por cowboys. Mesmo que não se desconfie por sua aparência – a menina tem cabelos rosa choque e um estilo todo autêntico de se vestir – ela é muito culta, lê desde clássicos a livros eróticos que envolvem cawboys. Porém, isso é algo que ninguém desconfia; sua personalidade doce e sonhadora está muito bem escondida por trás da fachada firme, forte e independente que mostra pro mundo.


Por sua vida difícil não tem muitos amigos, a não ser por sua chefe Valentina, dona da livraria em que trabalha. Tudo o que conhece da vida, aos 19 anos, é como cuidar de sua mãe esquizofrênica e dar duro para pagar as contas e os remédios. Desde que se lembra ela teve que ser a chefe da família e ser forte, mesmo que seu maior medo seja o de enlouquecer como sua mãe.

Quando se envolve com Max, sua vida vira do avesso. Ele sempre foi sua fantasia de cowboy em carne e osso, mas nunca achou que ele fosse notar ela, ou que tivesse uma personalidade tão difícil e diferente da dos mocinhos de seus livros. Dominador, intenso, bruto e rústico, Max está acostumado a ter suas vontades feitas e não vai aceitar menos de Rochelle (vulgo Pink), do que sua total obediência.

Mas mesmo com todos os medos, as personalidades difíceis dos dois e o passado de cada um, eles conseguem tocar os corações um do outro, e mesmo que com resistência se apaixonam.

Loucamente teu é um erótico bem diferente dos que estou acostumada. Além de ser um livro nacional, ele tem uma narrativa marcante, que expressa em cada palavra a cultura e o jeito dos cowboys do centro-oeste. Não deixa de ser uma narrativa fluida e envolvente, mas tem essa característica marcante que é o regionalismo.

A autora conseguiu me cativar muito com o livro; desde o cenário, que é muito bem pensado e caracterizado, até as personalidades dos personagens que são tão bem construídas (em qualidades e defeitos) e marcantes que se tornam reais.

Se tem uma coisa que eu amo em romances eróticos é quando eles são mais do que apenas sexo, e autora conseguiu alcançar isso com muito sucesso. As partes quentes são excelentes, chega dar aquele calorzinho no estômago (e que calor, Max é um macho com todas as letras), mas não é só isso, o enredo também foi muito bem desenvolvido.

Temos toda uma construção do romance, uma evolução por parte dos personagens, um mistério por parte dos segredos dos mesmos e até uma dose de ação que envolve o passado de Max e uma vingança cruelmente planejada.

Janice Diniz conseguiu juntar tudo o que eu mais aprecio em um romance erótico e torná-lo um dos melhores livros que eu já li do gênero. Quem curte cowboys, personagens marcantes, cenas pra lá de quentes e um enredo bem produzido com certeza irá amar o livro tanto quanto eu amei.


Por Larissa Gaigher
Sobre o autor
Viagens de Papel O blog Viagens de Papel foi criado em 22 de janeiro de 2013 com o intuito de promover diálogo sobre literatura, paixão que todos os autores do projeto têm em comum. Através de resenhas, lançamentos, listas, dicas e variadas matérias, queremos que você sinta-se em casa e aprecie o conteúdo nosso conteúdo! =)


Deixe uma resposta

  1. sábado, 14 de fevereiro de 2015.

    Oiee, tudo bem?

    Não curto romances eróticos e também não tenho facilidade com ebooks. Mas que bom que a autora te conquistou e o livro se tornou um dos seus preferidos

    beijos
    Kel
    http://www.porumaboaleitura.com.br

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: