sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Avaliação: 5/5
Editora: Saída de Emergência Brasil
/Cortesia
ISBN: 9788567296104
Gênero: Fantasia
/Adulto
Publicação: 2014
Páginas: 432
Skoob
A Filha do Sangue, de Anne Bishop, primeiro volume da Trilogia das Joias Negras, originalmente lançado em 1998. Foi premiado como melhor livro do gênero fantástico pelo Crawford Fantasy Award em 2000. Narrado em 1ª pessoa, a obra é ambientada numa sociedade matriarcal. A organização dessa sociedade é complexa, a hierarquia é determinada de acordo com o Sangueproveniente da magia das joias que cada indivíduo ocupa, quanto mais escura a joia, maior o poder de seu portador.

Com o decorrer dos tempos a crueldade e ganância tornaram-se parte dessa sociedade que passou a ser dividida por castas, seguindo a hierarquia dos Sangues, cada casta representa um reino que é governado por uma Rainha. Entre os Sangues, os machos estão destinados a servir uma fêmea, não dominar. O livro tem todo um contexto voltado para o feminino, ao contrário de muitos autores, Anne cria um mundo obscuro, desafia as normas patriarcais e a relação entre homens e mulheres, a sexualidade e a linguagem utilizadas na trama são fatores cruciais para o desenvolvimento da narrativa.

Terreille é o território de Dorothea SaDiablo, a alta sacerdotisa de Hayll. Enquanto Kaeleer, um reino menor, é governado por rainhas individuais e o Inferno está sob o domínio de Saetan San Diablo. Ele é o Senhor Supremo do Inferno, Príncipe da Guerra e o Sacerdote Supremo da Ampulheta (assembleia formada pelas Viúvas Negras), o segundo macho mais forte dos Reinos. Saetan é pai de Daemon Sadi e Lucivar Yaslana. 

“- Porque, minha querida Senhora Maris, sua pretensa inteligência me aborrece até as lágrimas, e esse corpo que você julga tão elegante e enfeita sempre que possível, seja onde for, nem aos abutres interessa.”

Daemon, o Sádico, é filho de uma Viúva Negra, assim como o pai também é Príncipe do Senhores da Guerra. Ele é o macho mais forte e o único Viúva Negra conhecido na história dos Sangues. O mestiço Lucivar é parte Eyrieno e Príncipe do Senhores da Guerra, ele é o terceiro macho mais forte, ambos foram escravizados e obrigados a servir a uma Rainha. 

A cerca de setecentos anos atrás, uma viúva negra profetizou a chegada de uma nova Feiticeira, a mais poderosa dentre os Sangues e Rainhas a nascer em séculos, capaz de controlar as Trevas, caminhar em todos os reinos e restabelecer o caos ou destruí-lo de vez. Jaenelle é apenas uma criança, uma menina com sete anos de idade, apesar da inocência e fragilidade é capaz de muitas proezas, a menina não possui consciência da grandiosidade de seus poderes. Quem tiver domínio sobre Jaenelle também terá sobre as trevas. A profecia diz que a Feiticeira é a única que pode dá fim ao governo corrupto de Dorothea, menciona que Jaenelle está destinada aos três príncipes de Sangue: Saetan (pai), Daemon (amante) e Lucivar: seu irmão de alma e futuro cônjuge, cabe a eles protegê-la ao todo custo.

“- Porque neles não existe qualquer honra. Porque neles não existe qualquer lembrança do que é ser Sangue. A influência da Sacerdotisa Suprema de Hayll é uma praga que vem se espalhando pelo Reino durante séculos, consumindo lentamente todos os territórios que toca.”

Com uma estrutura diferenciada, a obra é dividida em três partes e distribuída em quinze capítulos subdivididos entre si, situados de acordo com os reinos. A narrativa em 1ª pessoa alterna sob diferentes perceptivas. A Filha do Sangue é um livro de linguagem difícil e complexo, cheio de detalhes, tramas e subtramas. De início não é tão fácil se situar na história, mas depois o enredo toma forma e leitura fluída.

A edição é rica em detalhes, desde a capa, diagramação e as partes internas. A parte de dentro da capa é ilustrada, o que mais chamou atenção é que o ilustrado foi capaz de transmitir ao leitor a ideia central do livro através dessa imagem, a representação de uma menina junto ao caos e o poder que emana dela.

Ilustração de Larry Rostant, adaptada pela Editora Saída de Emergência Brasil. 

A Filha do Sangue  e A Corte do Ar,  ambos publicados pela Editora Saída de Emergência Brasil foram finalistas do Prémio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini.

Sobre o autor
Viagens de Papel O blog Viagens de Papel foi criado em 22 de janeiro de 2013 com o intuito de promover diálogo sobre literatura, paixão que todos os autores do projeto têm em comum. Através de resenhas, lançamentos, listas, dicas e variadas matérias, queremos que você sinta-se em casa e aprecie o conteúdo nosso conteúdo! =)


Deixe uma resposta

  1. sexta-feira, 9 de janeiro de 2015.

    Olá Patrícia!!
    A capa é realmente linda, uma das mais lindas da minha estante! Li esse livro ano passado e confesso que ainda estou na dúvida se gostei ou não… Realmente não é um livro fácil de ler. Tem umas passagens que realmente perturbam e deixam a gente incomodada. Pelo menos eu fiquei… Mas pretendo ler a continuação pra ver o rumo que a história leva.

    Beijos!!

  2. domingo, 18 de janeiro de 2015.

    Olá!
    Que ilustração mais linda!
    Eu nunca tinha ouvido falar sobre o livro, mas como adoro literatura fantástica, me interessei bastante.
    Fiquei bem curiosa para ler como essa história se desenvolve.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

  3. domingo, 18 de janeiro de 2015.

    Esse livro me deixa doida desde a capa até a sinopse, e agora vem sua resenha e me deixa mais a fim de ler do que antes. Eu ainda não o li, mas pretendo conhecer a história de A filha do sangue me breve, é o tipo de história que me encanta, que tem a ver com meu gosto, amo fantasia e acho que vou adorar a trilogia. Que é muito bem recomendada por sinal. Resenha linda, parabéns.
    Beijos
    Viviane

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2015/01/resenha-apenas-um-dia.html

  4. domingo, 18 de janeiro de 2015.

    Oiee ^^
    Ainda não li esse livro, mas não sei se o leria por enquanto. Vi algumas pessoas dizendo que é muito forte, e estou fugindo de livros assim no momento *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  5. quarta-feira, 21 de janeiro de 2015.

    oi, tudo bem?
    estou louca para ler esse livro, desde o lançamento. Mas agora acho que vou esperar lançar o 3º e ler na sequência, rs. E os detalhes são mesmo lindos, a capa é de babar!
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

  6. quarta-feira, 21 de janeiro de 2015.

    Oi Patricia, tudo bem??

    Eu acho a capa desse livro linda, mas não penso em ler a série porque não faz muito meu estilo… o livro tem que me chamar muito atenção para lê-lo e esse até chama, mas pelas resenhas que tenho lido o enredo não me cativaria muito e até me cansaria… então prefiro não ler.. a sua resenha foi bem escrita e com os detalhes necessários.. parece-me uma história que tem muita aventura e tem como centro essa menina que a feiticeira… mas com tudo isso eu ainda não me cativei.. xero!!!

  7. quarta-feira, 21 de janeiro de 2015.

    A diagramação é muito linda, mas acho que eu não leria o livro,apesar de também curtir fantasia.

    Você disse que demora um pouco para se situar né?Eu fiquei tonta e perdida só lendo a resenha,hahahaha. É muita hierarquia, casta, puro ou não puro. Acho que eu me perderia na história,e perderia a graça de ler. Deixo passar dessa vez.

    bjs

  8. quarta-feira, 21 de janeiro de 2015.

    Olá Patricia,

    Acho a capa desse livro a coisa mais linda do mundo. Não é um gênero que estou habituada a ler, mais com certeza parece ser uma história fascinante.

    Bjks

    Patty Santos
    Blog Coração de Tinta

  9. quinta-feira, 22 de janeiro de 2015.

    Nossa.
    Confesso que fiquei um pouco perdida com as informações, mas depois fui gostando.do que li e o que você fez foi maldade. Mesmo tendo uma linguagem complexa eu necessito conhecer melhor a historia.
    Bela resenha.
    Beijos

  10. quinta-feira, 22 de janeiro de 2015.

    Apesar de ter lido tanto esse quanto o segundo livro, infelizmente não tenho tanto apreço pelo enredo, pois na maior parte do tempo, o mesmo é tão confuso, mas gosto dos personagens e por isso continuo com a leitura.

    Beijos

    http://www.daimaginacaoaescrita.com

  11. quinta-feira, 22 de janeiro de 2015.

    Oiee.

    Nossa que lindo seu blog 🙂
    Quero muito ler este livro e espero gostar realmente dele

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

  12. quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015.

    Eu me apaixonei por essa capa,mas acabei não lendo,só que depois de ver umas apresentações sobre os livros fiquei louca para ler e mesmo que seja de uma linguagem difícil inicialmente,o que na realidade eu até gosto, sinto que preciso ler,essa parece ser uma daquelas histórias que envolvem rofundamente quem lê e sua resenha me conqustou,vou passar ele a frente de alguns livros na minha lista.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: