segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Avaliação: 5/5
Editora: Companhia das Letras
ISBN: 9788535925067
Gênero: Crônicas, Não Ficção
Publicação: 2014
Páginas: 208
Skoob

“You don’t have farofa in your country? You know nothing, you innocent!”. Acho que essa é uma das frases que mais resume bem o novo livro de Gregorio Duvivier, intitulado Put Some Farofa. A obra reúne crônicas, esquetes e textos a respeito de variados assuntos. A miscelânea é como a farofa: vai bem com tudo. É um daqueles livros que você lê um, dois textos, e é consumido pela voracidade. A linguagem utilizada pelo autor faz com que você não perceba o tempo passar. Quando vê, a obra acabou, deixando um gostinho de quero mais, ao mesmo tempo em que satisfaz.

Muitas das crônicas do livro já haviam sido publicadas na coluna semanal do autor no jornal Folha de S. Paulo, assim como os esquetes, produzidos no canal do Youtube Porta dos Fundos. Fã declarada que sou de Duvivier, eu já conhecia os textos. Devorei-os novamente com a sensação de estar degustando-os pela primeira vez. A cada página virada a consolidação de que o autor é mesmo um gênio – pelo menos para mim.

Acredito que a maior qualidade de Duvivier seja o fato dele passar tanta emoção por meio de palavras tão despretensiosas, convidativas. Até no mais melancólico dos textos o autor faz-se valer do humor, que, segundo ele, é resultado dos infortúnios da vida. Os textos de Put Some Farofa são curtos, não passando de três páginas, mas divertem, provocam reflexão, cutucam feridas, emocionam. O autor consegue, magistralmente, captar o que se passa ao seu redor e transpor em palavras.

A obra é dividida em quatro partes: “Grandes, Pequenos, Gigantescos”, “Cruzada elucidativa a favor da família brasileira”, “Put Some Farofa” e “O Mundo, Paradinho, Tem a maior graça”. Em alguns momentos, o autor discorre sobre os grandes amores que passam por nossas vidas, em outros imprime ironias a respeito de nossa política. É possível também encontrar um Duvivier mais saudoso, quando recorda sua infância e fatos marcantes de sua vida, e aquele que fala sobre as situações do cotidiano e mostra que agimos de forma ridícula em algumas ocasiões.

Uma das melhores surpresas deste ano foi conhecer a faceta literária de Gregorio Duvivier. Comecei bem o ano lendo “Ligue os pontos“, e agora termino, igualmente bem, tendo finalizado a leitura de Put Some Farofa. Como disse na primeira resenha, acredito que a palavra que mais resuma o artista é “plural”. Espero continuar sendo surpreendida pelo autor.

Foto: Camila Tebet / Viagens de Papel

Foto: Camila Tebet / Viagens de Papel

Foto: Camila Tebet / Viagens de Papel

Sobre o autor
Camila Tebet
Camila Tebet Camila Tebet, 24 anos (05/06) – Paraná Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Entre os seus livros favoritos estão "Harry Potter" (é claro), "Na Natureza Selvagem", "Orgulho e Preconceito" e "A Menina Que Roubava Livros". Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe uma resposta

  1. terça-feira, 23 de dezembro de 2014.

    Olá,

    Não conhecia este livro e nem o autor, mas te contar um segredo. Ele não me chamou a atenção.Então creio que se for pra ter que comprar esse livro eu não compraria. Tenho muitos desejados na fila. Mas fico feliz em saber que você gostou da leitura.
    Paradise Books BR

    Beijos.

  2. sexta-feira, 2 de janeiro de 2015.

    Já ouvi muitos comentários positivos sobre esse livro, mas mesmo assim ele não despertou minha curiosidade… sei lá, acho que não é o tipo de livro que eu gosto de ler.
    Beijos!!!!!!!!!

  3. segunda-feira, 5 de janeiro de 2015.

    Oi, Paula! Que pena que não chamou a atenção 🙁 É o tipo de livro que dá vontade de sair recomendando para todos haha Quem sabe mais para frente você se interesse pela leitura. Beijos!

  4. segunda-feira, 5 de janeiro de 2015.

    Às vezes vale a pena experimentar, Érika! De repente, você pode se surpreender! Que pena que não chamou a atenção no momento. Tomara que mais para frente você se interesse o Beijos!!

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: