AVALIAÇÃO: 4,5/5 EDITORA: GERAÇÃO EDITORIAL, CORTESIA ISBN: 9788581300344 GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2012 PÁGINAS: 448 SKOOB

Em um cenário de caos, uma cidade destruída pela peste, onde a esperança e compaixão não mais existem, vive o Guardião. Ex-agente da lei, que participou de guerras, sobreviveu à doença e a podridão das ruas, hoje é um viciado e traficante de narcóticos, ele sobrevive ás margens da lei; trabalhando por conta própria, alimentando o vício de cidadãos de todas as classes sociais, fazendo alianças, mantendo contatos que garantem sua sobrevivência e seu sustento.

Sua rotina muda, quando uma garotinha desaparece e é encontrada morta, sem vestígio algum. A garotinha é encontrada pelo Guardião, o que faz com que ele acabe se envolvendo nas investigações do assassinato, e o que ele descobre, acaba se tornando algo muito mais perigoso. Tudo se complica quando mais crianças desaparecem e também são encontradas mortas.

O responsável pelos crimes, não usa só maldade, mas também invoca magia, artes do mal; algo que se torna tudo mais perigoso, todos são suspeitos, e com a guarda em cima, cabe ao Guardião desvendar esse mistério, e ajudar a encontrar o autor desses crimes.

O Guardião não é um livro de fácil leitura, não é o tipo que flui com tanta facilidade; é aquele tipo de leitura em que você tem que estar atento a todos os detalhes. Demorei um pouco para pegar o ritmo, nada que interfira na sua qualidade, a história me prendeu mesmo foi da metade para frente.

O autor nos apresenta um mundo completamente caótico, um cenário imundo, é até desconfortável imaginar como é esta realidade, um lugar devastado pela peste, onde não há esperança, há apenas escuridão, foi essa sensação que o livro me passou, de um lugar sombrio.

O livro é narrado pelo Guardião, vemos a história pela visão dele. Tem muitos detalhes, muitas informações, senti um pouco de dificuldade neste sentido, pois é muita coisa para absorver logo nas primeiras páginas, demorei em realmente entrar na realidade da história. O personagem principal, o Guardião, é um homem marcado pelos acontecimentos terríveis que lhe ocorreram, ele é desacreditado na vida, e segue apenas para alimentar seu vício e de seus clientes. O que traz um pouco mais de humanidade ao Guardião é seu pequeno companheiro Garrincha, um garoto de rua que acaba acompanhando o Guardião em sua missão.

Enfim, O Guardião é um título de leitura mais demorada, e que requer toda a atenção, se você gosta de cenários mais sombrios, e histórias mais complexas, eu recomendo a leitura, mas leia somente ele, se você ler mais algum outro livro fica difícil, então se for ler se dedique somente a ele.
O final é surpreendente! Eu gostei muito do desfecho.

Sobre o autor
Tayara Olmena Estudante que tomou gosto pela leitura aos 12 anos de idade depois que leu "A marca de uma lágrima" do escritor Pedro Bandeira. Costuma ler de tudo, mas ainda torce o nariz para o romance. Além de ler, também é viciada em séries e filmes, e não perde a oportunidade de maratonar sua série favorita.


Deixe uma resposta

  1. quarta-feira, 3 de setembro de 2014.

    oi, passei aqui viu e adorei.. queria me inscrever mais nao achei.
    beijinhos <333
    passei no meu http://marcelamarr.blogspot.com.br/

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: