o-duque-e-eu-capa-viagens-de-papel

Avaliação: 4/5 Editora: Arqueiro, CortesiaGênero: Romance de época, Romance ISBN: 9788580411461 Publicação: 2013 Páginas: 288 Skoob

Sou leitora assídua de romances. Gosto de histórias que me deixam curiosa e que me fazem suspirar. Fiquei sabendo da coleção Família Bridgerton pela primeira vez no blog Amount of Words, que indicou como leitura em inglês. Na época eu ainda não me aventurava ler em outros idiomas. Qual não foi a minha surpresa quando a editora Arqueiro anunciou que iria publicar a coleção? A série possui oito livros, já publicados. Cada um conta a história de um irmão Bridgerton diferente. Aqui no Brasil já foram publicados os três primeiros volumes: O duque e eu, O visconde que me amava e um Perfeito cavalheiro. Neste post conto para vocês o que achei do primeiro livro!

A família Bridgerton é uma família da alta sociedade de Londres de 1813. Fazem parte da família Lady Bridgerton e os filhos Anthony, Daphne, Benedict, Colin, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth. O sr. Bridgerton morreu há alguns anos, após uma reação alérgica. Em O Duque e Eu conhecemos um pouco de cada integrante e também alguém muito importante para a história: a Lady Whistledown. Ela escreve constantemente sobre as histórias da alta sociedade e faz das Crônicas da Sociedade de Lady Whistledown uma publicação regular. Não há quem não leia seus textos. É por meio dela que ficamos sabendo que o famoso duque de Hastings, Simon Basset, está de passagem pela cidade.

Junto com a chegada de Simon, vem a euforia das mães das moças solteiras da cidade. Quem não quer arrumar um bom partido para a filha? Entretanto, Simon, que havia estudado com Anthony, carrega a mesma fama do mais velho dos Bridgertons: é um libertino. Acostumado com as farras, ele não quer saber de se casar e, para evitar as mulheres solteiras, encontra na irmã de Anthony, Daphne, uma solução. Ela, que tem uma personalidade bastante marcante, ainda não encontrou um marido, já que todos os homens que a cortejam são velhos ou pouco inteligentes, ou então a veem apenas como uma boa amiga. Percebendo a situação, e também com o intuito de ajudá-la, Simon decide cortejá-la. Desta maneira, fugiria das outras mulheres e faria com que outros homens se interessassem por Daphne.

O que nenhum dos dois esperava era se encantar um pelo outro, desafiando tanto a quem não desejava esta relação, quanto problemas pessoais a serem resolvidos.

O duque e eu é um livro bem completo. Tem romance, história, aventura, ação… Mas, não é para qualquer um. Se você não gosta de histórias melosas ou muito leves, passe longe! Este é um livro para ser lido sem esperar muito, naqueles momentos em que você quer relaxar, ler uma história com um final feliz e dar uns bons suspiros. Percebam: não estou falando que o livro é ruim. Pelo contrário. Para quem busca isso, a história atende (e até supera) as expectativas.

A narrativa de Julia Quinn, em terceira pessoa, flui muito bem. A leitura é rápida, direta e ficamos cada vez mais curiosos para saber o que acontece no final (apesar de ser previsível, há algumas surpresas). O livro também é recheado de ironias, principalmente por parte da protagonista forte e decidida, que lembra bastante as mocinhas de Jane Austen. Vale muito a pena para quem gosta de romances históricos. Os personagens encantam, e a história vai além do romance, mostrando outros problemas e anseios dos protagonistas.

Sobre o autor
Camila Tebet Camila Tebet, 22 anos (05/06) – Paraná Jornalista, tem a literatura como uma de suas paixões. Acredita que os livros têm o poder de transformar e falar sobre essa arte é um de seus passatempos favoritos. Lê de tudo um pouco, mas os gêneros de que mais gosta são os romances românticos e chick-lit. Entre os seus livros favoritos estão "Harry Potter" (é claro), "Na Natureza Selvagem", "Orgulho e Preconceito" e "A Menina Que Roubava Livros". Também é apaixonada por séries, cinema e fotografia. Escreve também para o site www.expressocultural.com.


Deixe uma resposta

  1. sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014.

    Eu os dois livros e amei!! Também gostei mais do segundo livro! Estou louca para ler o 3º livro, "um perfeito cavalheiro"!

  2. sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014.

    Um Perfeito Cavalheiro conta a história do Benedict *-* Se for tão fofo quanto esses dois, tá ótimo hehe

  3. sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014.

    Nossa que histórias lindas, vontade de ler! amei as resenhas!!!

  4. domingo, 9 de fevereiro de 2014.

    Obrigada, Mariana! 🙂 Se for ler, depois vem aqui me contar o que achou!

  5. terça-feira, 25 de fevereiro de 2014.

    Sou apaixonada por essa série, tô no quinto livro da série (não consegui esperar chegar aqui no Brasil) e continuo amando, Julia Quinn é uma das minha autoras favoritas.

Comentários no Facebook

%d blogueiros gostam disto: