Avaliação: 3/5 Editora: Arqueiro, Cortesia ISBN: 9788580414752 Gênero: Romance histórico Publicação: 2015 Páginas: 304 Skoob

Avaliação: 3/5
Editora: Arqueiro, Cortesia
ISBN: 9788580414752
Gênero: Romance de época
Publicação: 2015
Páginas: 304
Skoob

Segundo volume da série “Canalhas”, O último dos canalhas conta a história de Vere Mallory, duque de Ainswood, e da jornalista Lydia Grenville. Comum em romances de época, os dois são bem diferentes e não se dão bem logo de cara. Mallory é imponente e acha que pode fazer tudo o que quer. Já Lydia é uma protagonista que faz de tudo para defender o que acredita. Quando os dois se encontram pela primeira vez, há um choque por serem tão diferentes. A beleza e insolência de Lydia – que resulta em Mallory sendo nocauteado por ela na frente de várias pessoas, acaba o deixando curioso, e por uma série de vezes, eles se reencontram.

Mallory é o último dos canalhas de sua família e acredita que não pode se regenerar. Suas conquistas são, na maior parte das vezes, prostitutas. Tudo pode mudar quando ele conhece Lydia. Seu plano inicial é se vingar dela, seduzi-la e manchar sua reputação. Mas Lydia é diferente das mulheres que conhece e está sempre um passo à frente. Não vai deixar isso acontecer. O jeito irreverente e a forte personalidade de nossa protagonista faz com que Mallory se encante cada vez mais por ela.

Enquanto Lydia é uma jornalista que luta pelos direitos dos desfavorecidos e dá a alma (e a pele) pela profissão, o duque de Ainswood não se importa muito com os outros e não faz nada para mudar essa situação, está sempre desprezando as pessoas. Apesar desse primeiro choque e da perseguição de Mallory pela moça, conforme se conhecem melhor acabam aprendendo muito um com o outro e revendo conceitos sobre si mesmos.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 3,5/5 EDITORA: NOVO CONCEITO ISBN: 9788581633381 GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO PÁGINAS: 368 PUBLICAÇÃO: 2014 SKOOB

AVALIAÇÃO: 3,5/5
EDITORA: NOVO CONCEITO
ISBN: 9788581633381
GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO
PÁGINAS: 368
PUBLICAÇÃO: 2014
SKOOB

O Lado Mais Sombrio, livro escrito pela autora A.G. Howard e publicado no Brasil pela editora Novo Conceito, é uma obra de fantasia que vai nos contar a história da jovem Alyssa Gardner, uma garota que cresceu em uma família onde a loucura é algo hereditário.

Alyssa não teve uma infância muito feliz, ela viu sua mãe ser internada em uma clínica psiquiátrica após um episódio infeliz. Criada por seu pai, a garota cresceu com medo de se tornar “louca” como sua mãe, e as suas preocupações só aumentam quando ela começa a ouvir vozes de insetos e plantas.

Certa de que está indo pelo mesmo caminho das outras mulheres de sua família, Alyssa tenta silenciar essas vozes a todo custo. Mas depois de descobrir que essa loucura pode estar ligada a história do livro Alice no País das Maravilhas (que foi inspirada em sua tataravó), a garota começa a ligar os pontos e descobre que sua família foi vítima de uma maldição, e para quebrar essa maldição ela deve entrar no País das Maravilhas para consertar os erros cometidos por Alice.

Com um clima misterioso e mágico, o livro nos envolve na história da família de Alyssa de uma maneira muito forte. Conhecemos um outro lado da história do País das Maravilhas, e toda aquela magia da história original acaba sendo transformada em algo mais sombrio e caótico neste livro.

A jornada de Alyssa no País das Maravilhas é cheia de descobertas e reviravoltas, além de ser também muito emocionante, pois a motivação maior da garota é quebrar a maldição para salvar sua mãe. Essa parte mais emocional do livro foi muito bem explorada pela autora, que soube construir a relação familiar de uma maneira muito bacana, nos mostrando que o amor entre eles supera toda a loucura e os traumas dessa família.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 2/5 EDITORA: GERAÇÃO EDITORIAL, CORTESIA ISBN: 9788581303130 GÊNERO: JOVEM ADULTO, FANTASIA PUBLICAÇÃO: 2015 PÁGINAS: 384 SKOOB

AVALIAÇÃO: 2/5
EDITORA: GERAÇÃO EDITORIAL, CORTESIA
ISBN: 9788581303130
GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2015
PÁGINAS: 384
SKOOB

ATENÇÃO: ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DOS VOLUMES ANTERIORES!

Nova Ordem Mundial é o quarto e último volume da série A Guerra dos Fae, escrito pela autora Elle Casey e publicado no Brasil pela editora Geração Editorial. Nessa série de livros, acompanhamos a história de Jayne, uma jovem que após fugir de casa descobre que é uma fae, e possui poderes ligados à natureza.

Para quem ainda não conhece essa série, é bom dar uma conferida nas resenhas dos volumes anteriores para ter uma noção da história, e de todos os acontecimentos que nos levam ao início desse quarto volume, pois o livro começa no meio da ação e exatamente onde o livro anterior terminou.

Nossa protagonista já começa a história bem no meio da guerra entre os fae de luz e os fae das trevas, pois com a partida de alguns de seus amigos que resolveram se aliar ao lado das trevas, Jayne acaba se encontrando em uma difícil situação: ela deve acreditar em seus amigos, ou deve continuar  firme em sua posição?. Essa questão acaba tomando grande parte da narrativa, e apesar de Jayne ser extremamente teimosa e bater o pé dizendo que ela está sempre certa, para nós leitores, fica nítido de que há algo maior ali e que está prestes a explodir e prejudicar todos os fae.

E realmente há algo bem maior ali, só que infelizmente a autora não desenvolveu bem essa narrativa e acabou optando por dar mais importância a tramas soltas, que vão aparecendo no meio da história. Isso foi muito frustrante, pois o que deveria ser mais explorado acabou ficando de lado.

Esse foi só o primeiro dos muitos problemas que acabei encontrando nesse livro, além de não desenvolver bem a trama mais importante, a autora aparentemente desistiu da proposta de guerra prometida desde o primeiro livro. Nos livros anteriores ficamos sempre com a promessa de que no próximo a batalha iria realmente acontecer mas nunca acontecia, e nesse livro que era pra essa batalha finalmente ter acontecido, ela simplesmente não aconteceu.

Continue lendo »


O segredo dos Cadeeiros

AVALIAÇÃO: 4/5
EDITORA: CHIADO, CORTESIA
ISBN: 9789895108282
GÊNERO: FICÇÃO PORTUGUESA
PUBLICAÇÃO: 2013
PÁGINAS: 680 Skoob

O livro O Segredo dos Candeeiros conta a história de José e Filipa, um casal que vai sair de férias juntamente com os sobrinhos André, Rafa e Ana Sofia. Mas a verdade é que antes das férias que irão passar acampando na Serra dos Candeeiros eles descobrem que arqueólogos estão lá para descobrir algo que todos desconhecem.

Durante as férias eles vão para a cidade de Nazaré e acabam conhecendo Andreia, uma arqueóloga que conhece algumas entradas diferentes para as grutas de Mira d’Aire, localizada na Serra dos Candeeiros e que já trabalhou no local. José e sua família entram em contato com a CERN, porém eles descobrem que não são apenas eles que querem saber o que se esconde ali. Uma organização que ninguém conhece também está pronta para descobrir o segredo disso tudo.

Nós conhecemos a Organização e descobrimos como eles vão agir, em Portugal quem toma conta dela é a jovem Maria, ela com seu time que engloba Bill Zarolho e Tomé. Maria tem que ficar reportando todos os acontecimentos aos seus chefes Mr. Y, Mr. X e Mr. Z.

Maria coloca Bill Zarolho para vigiar a família dentro da gruta de Mira d’Aire, já Tomé é responsável por ser vizinho de barraca, ficando sempre de olho na família. Tomé se aproxima da família e propõe que saiam a noite para se divertir com sua “prima” Maria, e claro eles tentam descobrir o que eles sabem.

Continue lendo »


Quando a criança ganha autonomia na leitura, o universo das palavras é explorado cada vez com mais habilidade e a sagacidade faz com que percebam os encantos e também as armadilhas da nossa língua. Para os leitores mirins que estão nessa fase, alguns livros podem ajudar no desenvolvimento da chamada consciência fonológica, de forma sutil e inusitada transforma a brincadeiras com as palavras em aprendizagem.

A consciência fonológica é a capacidade de perceber o tamanho de palavras, semelhanças e diferenças nos sons, fonemas e significados de uma palavra, como por exemplo: cumprimento e comprimento, vaca e faca.

O binóculo misterioso

AVALIAÇÃO: 3/5           EDITORA: CHIADO, CORTESIA ISBN: 9789895148929      GÊNERO: INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016     PÁGINAS: 48                              SKOOB

O binóculo misterioso, a  Chiado Editora proporciona um título infantil bem estimulante, com edição em capa dura e excelente qualidade tipográfica.

No início da história, os irmãos Vasco e Vicente são apresentados e junto com eles um avalanche de nomes e palavras iniciadas com o som de V:

“O Vasco e o Vicente foram visitar a avó Violeta que vivia no distrito de Viseu. A mãe de Vasco e do Vicente chamava-se Vera e o pai era o Vitor.

Até o cão, um pastor-alemão cor de mel, dava pelo nome de Wernick…”

Nessa ida até à casa da avó, os meninos encontram no sótão uma caixa e lá encontram um binóculo, juntamente com um cartão: “Binóculo misterioso para um leitor curioso!” A partir de então começa toda a diversão, ao focalizar o binóculo em alguma direção, os meninos visualizam um objeto, quando utilizam os botões para aumentar ou diminuir, o objeto se transforma em outro, sendo assim um pato, aumentado vira um sapato, uma serpente diminuída vira um pente. A brincadeira continua por muito tempo, até que resolvem utilizar no cachorro da família, que desaparece.

É muito interessante observar as áreas de atuação das três autoras portuguesas, Rita Campos é mestre em Desenvolvimento e Perturbações da Linguagem na criança. Ana Rita Gonçalves é professora infantil e mestre em Educação Especial com especialidade nos domínios cognitivo e motor. Sandra Santos além de professora infantil é mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares e doutoranda na área de literatura portuguesa.

Apesar de não ser meu estilo predileto de ilustrações, Marisa Quintino está de parabéns pelas imagens que se ajustam de modo perfeito à história, tem o colorido vivaz que caracteriza as crianças, mesclado com tons mais escuros evidenciando a brincadeira no sótão.

Foto: Nara Dias/Viagens de Papel

Foto: Nara Dias/Viagens de Papel

Confira abaixo outras sugestões de títulos: Continue lendo »

segunda-feira, 20 de junho de 2016

A Zit Editora desde 2003 tem como prioridade incentivar a leitura para que exista a capacidade de reflexão, capaz de transformar o leitor em um cidadão crítico, criativo e atuante na sociedade e assim, nosso país seja mais justo. Recebemos dois títulos para apreciação, posso afirmar que um material literário de excelente qualidade e hoje apresentamos dois livros de uma repleta lista infantojuvenil:

O_olho_da_rua

AVALIAÇÃO: 4,5/5 EDITORA: ZITS/ CORTESIA ISBN: 9788579330810 GÊNERO: FICÇÃO, INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 52 SKOOB

A imaginação das crianças  é algo sensacional e esse livro mostra isso de uma forma surpreendente. Quando Felipinho percebe que seu pai está totalmente diferente, a única explicação que encontra é de que ele foi substituído por um clone-zumbi, isso se confirma quando ouve sua mãe cochichando com a avó de que ele foi mandado para o olho da rua. Então, a mente de Felipinho não para, decide fantasiar-se e sair no meio da noite em busca do tal olho da rua para conseguir salvar seu pai.

Moisés Liporage dá vida aos devaneios de nosso herói mirim e as fantásticas ilustrações de Alexandre Rampazo deixam o livro ainda mais bonito. As ilustrações em preto e branco representam o mundo real e ganham cores quando o mesmo cenário é mostrado sobre a ótica de Felipinho e suas fantasias de menino.

O leitor certamente sentirá uma certa tensão no decorrer da história, porque percebe que Felipinho entrou em um bueiro de rua, adentrando o esgoto e corre alguns perigos reais em sua aventura noturna. O final mostra o reencontro entre pai e filho, onde o mundo real volta a ser colorido, uma graça!

O trabalho de diagramação está excelente, essa capa com o círculo vazado e a imagem do Magnificão é inteiramente atrativa, sem falar na junção das contracapas que formam o Felipinho fantasiado. A única coisa que me incomodou foi a fonte, particularmente não gostei dessa letra, mas em nada atrapalhou o resultado. Indicando para todas crianças. Continue lendo »


Uma das piores coisas para um leitor é quando sai a notícia que aquele livro incrível, que ele tanto ama, vai pras telas do cinema. Você se desespera. Cria toda uma expectativa, porque se o filme não for, pelo menos, suficiente bom, vai estragar com toda a essência da história.

Por isso, separei pra vocês cinco livros que viraram filmes inesquecíveis!

Harry Potter, de  J.K Rowling (A série toda!)

Cena do filme Harry Potter e a Pedra Filosofal

Cena do filme Harry Potter e a Pedra Filosofal

Se você nunca pegou um exemplar dessa série, faça um favor pra sua vida, pegue agora! Toda a atmosfera nos livros, criada pela escritora britânica J.K Rowling, encantou milhares de fãs pelo mundo. Os sete livros da autora deram vida a oito filmes, sendo a última obra dividida em parte 1 e parte 2. Pra quem não sabe, a saga narra as aventuras de um jovem bruxo, Harry James Potter, e seus amigos Ronald Weasley e Hermino Granger, em sua trajetória na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: PARALELA, CORTESIA
ISBN: 9788565530149
GÊNERO: BIOGRAFIA, NÃO FICÇÃO
PUBLICAÇÃO: 2012
PÁGINAS: 257
SKOOB

O livro Não há dia fácil é escrito por Mark Owen, um pseudônimo utilizado pelo autor para proteger sua identidade, já que ele é um ex-Seal da Marinha Americana e também porque contou a história da Operação Lança Netuno, lançada dia 1° de maio de 2011 e responsável pela morte de Osama Bin Laden.

No livro, o autor nos apresenta os inúmeros treinamentos para entrar no esconderijo de Osama Bin Laden, até as reuniões que faziam sobre a Operação. Quando a Operação começa e eles estão perto de seu alvo, o helicóptero Black Hawk sofre uma pane – que quase fez com que a missão fosse abortada –, até a comunicação pelo rádio falando que o alvo tinha sido morto e nenhum dos SEAL tinha ficado ferido. Durante a Operação eles tiraram várias fotos, porém o governo americano não liberou a divulgação.

Owen conta a história de como chegou a fazer parte da equipe do Seis do SEAL (Grupo para Desenvolvimento de Operações Especiais, ou DEVGRU) e de algumas outras operações que participou. O autor os apresenta não como super-heróis, mas como pessoas que podem falhar, porém não querem isso e são motivadas a serem os melhores sempre.

Os fatos apresentados, como ele mesmo coloca no início do livro, são baseados nas memórias que ele tem dos dias que se passaram.  Ele não fala sobre família e também não dá muitos detalhes para que o livro “não caia em mãos erradas”, pois não quer comprometer nem ele e nem a ninguém de sua equipe, e principalmente a segurança dos Estados Unidos. Owen mostra tudo que se perdeu durante a cobertura jornalística e dá créditos para aqueles que mereceram: aos que cumpriram a missão de eliminar o maior terrorista do mundo.

Continue lendo »

sexta-feira, 17 de junho de 2016

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: COMPANHIA DAS LETRAS, CORTESIA ISBN: 9788535926897 GÊNERO: SUSPENSE, FICÇÃO BRASILEIRA PÁGINAS: 120 PUBLICAÇÃO: 2016 https://www.skoob.com.br/livro/567218ED569270

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: COMPANHIA DAS LETRAS, CORTESIA
ISBN: 9788535926897 GÊNERO: SUSPENSE, FICÇÃO BRASILEIRA PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 120
SKOOB

Esta terra selvagem é um dos últimos lançamentos da Editora Companhia das Letras e primeiro romance da paulista Isabel Moustakas. Quando li a sinopse do livro, logo fiquei na curiosidade pela leitura. A premissa parecia ótima, e o resultado não foi diferente.

Isabel nos apresenta uma São Paulo palco de assassinatos e acontecimentos terríveis. As vítimas? Gays, imigrantes, negros, judeus, nordestinos dentre outros. O protagonista é João, repórter policial de um grande jornal paulista. Aos trinta e dois anos, já coleciona um casamento fracassado e ainda não fez nada de muito grandioso na profissão. Mas o envolvimento na investigação de um crime macabro irá transformar sua vida de modo devastador.

A história tem início quando uma jovem assistiu à tortura e ao assassinato brutal dos pais e que depois fora abusada das piores maneiras, ainda não havia falado com a imprensa. Após sete meses da ocorrência, é João o primeiro a ouvir o relato de cada detalhe perturbador do que ela havia presenciado. Ao final do depoimento, a garota tira a própria vida diante dos olhos dele.

A escrita de Isabel é curta e direta. Mesmo por isso, não tira seu mérito. Isso acaba criando um certo impacto e envolvimento por parte do leitor. Há páginas que têm apenas um parágrafo escrito. O formato funciona bastante, fazendo com que a leitura flua. Como o livro é curtinho, é capaz de se ler em poucas horas. Continue lendo »


Avaliação: 3/5 Editora: Companhia das Letras, Cortesia ISBN: 9788535926873 Gênero: Ficção estrangeira Publicação: 2016 Páginas: 152 Skoob

Avaliação: 3/5
Editora: Companhia das Letras, Cortesia
ISBN: 9788535926873
Gênero: Ficção Estrangeira
Publicação: 2016
Páginas: 152
Skoob

Isso também vai passar tem uma das capas mais lindas que já vi na vida. A composição da capa, aliada ao título, me deixaram com uma vontade imensa de conhecer essa história. O livro se passa na Espanha e tem Blanca como protagonista. Ela leva uma vida agitada, concilia o trabalho com o filho, seus ex-maridos, família, amigos e novos amores. Após a morte da mãe, Blanca irá relembrar antigas memórias e fará uma reflexão sobre sua própria vida – de onde veio e para onde está indo.

Tendo como pano de fundo uma viagem à praia de Cadaqués, em que Blanca encontra as pessoas que estão presentes em sua vida – amigos, ex-maridos e amante, ela fará uma viagem que fará com que ela compreenda melhor sua existência e ajude a superar o luto. A morte da mãe mexe com ela mais do que era esperado, e a partir disso uma série de incertezas passa a dominar sua vida.

Nessa jornada de autodescobrimento, a autora desnuda a personagem e mostra seus anseios, desejos e crescimento. A narrativa é construída a partir de relações e fatos do cotidiano, que um após outro vão revelando uma história bem mais profunda do que parece e dando novos significados e sentidos às coisas.

Por retratar o cotidiano de Blanca, o livro não tem início, meio e fim bem definidos, o que torna a narrativa um tanto cansativa. As reflexões propostas pela protagonista são relevantes e demonstram o seu amadurecimento ao decorrer da obra. Ainda assim, há algo que falte na história para deixá-la de fato marcante. A falta de leveza, apesar de algumas pitadas de ironia, também deixa o ritmo mais lento. O tom melancólico predomina.

Continue lendo »