quinta-feira, 23 de março de 2017


Se eu achava que 2017 ia ser parado em questão de lançamento de músicas, estava completamente enganado. Toda semana é uma enxurrada de músicas novas que temos até parar, respirar para dar conta de ouvir tudo. Fevereiro passou num estalo de dedos, mas não deixou a desejar. Vem ver o que saiu esse mês!

Swalla (feat. Nicki Minaj e Ty Dolla $ign) – Jason Derulo

Nicki Minaj está fora dos holofotes com músicas solo, mas não deixa de dar suas contribuições. Uma das mais recentes e que merece destaque é Swalla, música de Jason Derulo que ainda tem a participação de Ty Dolla $ign. Impossível chegar no meio da música e não sair dançando!

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: Arqueiro, Cortesia ISBN: 9788580412208 GÊNERO: New Adult, Romance PUBLICAÇÃO: 2013 PÁGINAS: 192 SKOOB

Quando lançada no Brasil, pela Editora Arqueiro, a série “Rosemary Beach” causou um alvoroço no mundo da blogosfera, em meio a resenhas e comentários positivos acerca. A saga, que tem mais ou menos 20 livros, é dividida em trilogias e quadrilogias, dependendo dos núcleos de personagens. Paixão sem limites é o primeiro de uma trilogia ao qual não estava nos meus planos realizar a leitura, apesar de que, quando surgiu a oportunidade, dei a chance de conhecer. Em poucas horas, estava completamente apaixonado.

Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após sua morte, a garota é obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar em Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu.

Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho da madrasta, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madastra de Blaire com um famoso astro de rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa.

Um fator positivo que facilitou a leitura e chamou a atenção de primeira é que os livros são finos, com menos de 200 páginas cada um. A narrativa de Abbi é direta e fluida, em alguns momentos lembra livros como os da Sarah Dessen e do Nicholas Sparks, principalmente por se passar no litoral e ter personagens jovens. Não menos importante, o que diferencia Abbi é a sensualidade que ela coloca nas palavras, como também nas situações em que os personagens se encontram.

Apesar da pouca idade, Blaire se mostra desde o início uma garota madura, o que me agradou de sobremaneira. Batalhadora e correndo atrás do que quer, Blaire cativa os leitores, que querem saber o que irá acontecer com a garota. Até que surge Rush em sua vida e ela vê seu mundo cair de cabeça para baixo. Como todo romance desse tipo temos o mocinho, aqui ele não foge à regra e é extremamente bad boy e charmoso. Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: GLOBO ALT
ISBN: 9788525060365
GÊNERO: ROMANCE, FANTASIA, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2017
PÁGINAS: 336
SKOOB

Atenção: essa resenha pode conter spoilers do volume anterior!

A rosa e a adaga é o desfecho da duologia escrita por Renée Ahdieh, que reconta o história das mil e uma noites, mesclando romance e fantasia de uma maneira admirável. Neste volume, acompanhamos Sherazade após ser “resgatada” de Rey por Tariq e ser levada para o acampamento onde se encontram seu pai, ferido após o uso da magia negra recém descoberta em um misterioso livro, e sua irmã, em meio a inimigos que querem atacar Rey e destruir seu Califa, o marido de Shazi, cujo povo acredita ser um monstro que mata mulheres inocentes sem qualquer razão aparente – crença que Shazi descobriu ser infundada.

Enquanto Khalid permanece em Rey, sob a ameaça de uma guerra na qual não conta com muitos aliados, e tentando reconstruir sua cidade com o peso de uma maldição sobre sua cabeça, Shazi faz das tripas coração para enganar a todos a sua volta, escondendo seus verdadeiros sentimentos por Khalid e tentando, de alguma maneira, arquitetar um plano para salvá-lo da maldição e restaurar a paz.

Após ler A rosa e a adaga posso atestar definitivamente que quem não foi conquistado no primeiro volume, com certeza será nesse. Renée Ahdieh manteve a história num patamar de qualidade ainda maior do que no primeiro livro. Ainda consigo me espantar com o quanto ela soube mesclar tão bem o romance com a fantasia: dois gêneros que são difíceis de harmonizar perfeitamente, na dose correta de cada um.

Shazi cresce ainda mais nesse livro. Se no primeiro ela já se mostrou uma jovem mulher madura e corajosa, aqui ela se descobre ainda mais quando começa a aprender mais sobre seus talentos e dons e luta para proteger seu amor e sua família. Ela é quem segura toda a trama, quem é a “salvadora da pátria”, e é gratificante ver uma mulher ser esse tipo de protagonista. Continue lendo »


Avaliação: 4/5 Editora: Biblioteca Azul, Cortesia ISBN: 9788525063281 Gênero: Romance, Ficção Portuguesa Publicação: 2016 Páginas: 192 Skoob

Homens imprudentemente poéticos é o segundo livro que leio do autor Valter Hugo Mãe e só comprovou a primeira impressão que tive dele: seus livros são poéticos, recheados de belas metáforas e histórias intensas, que trazem reflexões e novas perspectivas sobre a vida. Em seu novo livro, publicado pela Biblioteca Azul no Brasil, o autor traz uma história que se passa no Japão Antigo, cercado por lendas.

Valter Hugo Mãe conta a história do artesão Itaro e seu vizinho oleiro Saburo. Por mais que morem perto um do outro, os dois não se dão bem e tem que conviver com a desavença e com a falta de amor que rodeia suas vidas. Itaro mora com a irmã cega Matsu e a empregada Kame, que sempre os tratou como filhos. Já Saburo vive sozinho, atordoado com a perda da esposa Fuyu, morta por uma misteriosa sombra, que adentrou a casa sem que houvesse outra solução, conforme previsto anteriormente por Itaro.

Os dois vivem suas vidas de forma solitária e após vender a sua irmã para um desconhecido, julgando fazer a coisa certa, Itaro passa a viver de forma ainda mais reclusa, cercado pela culpa. O livro fala sobre temas como a solidão, luto, medo, morte, incertezas e outros sentimentos e temas que permeiam nossa existência. Itaro e Saburo possuem grandes desafios e têm que conviver com as escolhas que tomaram em suas vidas.

A história se passa em uma pequena cidade japonesa que conta com a floresta dos suicidas, um dos grandes símbolos do Japão. No local, os suicidas entram na floresta, onde podem refletir sobre diversos aspectos de sua existência e decidir se gostariam de retornar. Na cultura japonesa, o suicídio não é visto de forma negativa, como se simbolizasse a derrota. Por meio dessa e de outras representações da cultura do país, Valter Hugo Mãe constrói uma história única, permeada de metáforas, com uma narrativa extremamente poética. Continue lendo »

domingo, 12 de março de 2017

AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: INTRÍNSECA, CORTESIA ISBN: 9788580579376 GÊNERO: THRILLER, SUSPENSE PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 304 SKOOB

Loney foi o tipo de livro que quando saiu, causou um certo burburinho pelas redes sociais, intencionado até mesmo pela própria Editora Intrínseca. Os comentários eram extremamente positivos, principalmente pela aura de mistério e terror que o envolvia. A edição, diga-se de passagem, é extremamente bem feita e acabada, com direito a capa dura e sobrecapa. A sinopse, outro atrativo, também prometia algo surpreendente e cheio de reviravoltas. Foram com todas essas expectativas que me deparei com o livro, ao iniciar a leitura. No entanto, o que poderia ter sido uma viagem sem igual acabou se tornando totalmente o oposto.

Quando os restos mortais de uma criança são descobertos durante uma tempestade de inverno numa extensão da sombria costa da Inglaterra conhecida como Loney, Smith é obrigado a confrontar acontecimentos terríveis e misteriosos ocorridos quarenta anos antes, quando ainda era criança e visitou o lugar. À época, a mãe de Smith arrastou a família para aquela região numa peregrinação de Páscoa com o padre Bernard, cujo antecessor, Wilfred, morrera havia pouco tempo. Cabia ao jovem sacerdote liderar a comunidade até um antigo santuário, onde a obstinada sra. Smith crê que irá encontrar a cura para o filho mais velho, um garoto mudo e com problemas de aprendizagem.

O grupo se instala na Moorings, uma casa fria e antiga, repleta de segredos. O clima é hostil, os moradores do lugar ameaçadores, e uma aura de mistério cerca os desconhecidos ocupantes de Coldbarrow, uma faixa de terra pouco acessível, diariamente alagada na alta da maré. A vida dos irmãos acaba se entrelaçando à dos excêntricos vizinhos com intensidade e complexidade tão imperativas quanto a fé que os levou ao Loney, e o que acontece a partir daí se torna um fardo que Smith carrega pelo resto da vida, a verdade que ele vai sustentar a qualquer preço. Continue lendo »

sábado, 11 de março de 2017

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: COMPANHIA DAS LETRAS, CORTESIA ISBN: 9788535928358 GÊNERO: THRILLER, SUSPENSE PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 360 SKOOB

Raphael Montes é um autor brasileiro que há muito tempo queria conhecer. Já ouvi inúmeros comentários positivos acerca de seu trabalho, além de suas sinopses sempre me chamarem a atenção. Jantar secreto é seu último lançamento. Publicado pela editora Companhia das Letras, apresenta uma trama um tanto diferente de tudo já publicado até então. Quando surgiu a oportunidade de solicitá-lo, não pensei duas vezes.

Quatro amigos saem do interior do Paraná para o Rio de Janeiro com o intuito de buscar uma vida melhor. Miguel, Dante, Leitão e Hugo passam no vestibular em seus respectivos cursos e esperam ter perspectiva de um futuro promissor. Os anos passam, os jovens terminam seus cursos, mas nada é como o esperado. Após o final dele, alguns desempregados enquanto que outros sem saberem o que fazer, tomam uma decisão arriscada, que acaba se tornando algo frutífero. Eles oferecem em um site que disponibiliza jantares exóticos a oportunidade de pessoas poderem comer carne humana. Logo a ideia se alastra e o primeiro jantar é marcado. A princípio, o que era para ser uma única experiência se torna recorrente e os jovens acabam se vendo em uma teia de conspiração, perigo, mortes sem fim.

Digo de primeira que a narrativa do autor é extremamente fluida. A proposta dele é única e intrigante, o que deixa o leitor desde o início com uma pulga atrás da orelha. Confesso que fiquei um pouco receoso ao começar a leitura logo após eu ter assistido alguns episódios de Santa Clarita Diet, série do Netflix, que tem algumas semelhanças com esse enredo e me deixado um pouco enojado. No entanto, o foco de Raphael é outro e um tanto melhor. Eu tinha uma dimensão de como seria a história. Quando conheci os personagens e o ambiente, me deparei com outra totalmente diferente e surpreendente. Os caminhos iniciais do autor seduzem o leitor e o prepara para, pode-se dizer, o prato principal. Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: COMPANHIA DAS LETRAS, CORTESIA ISBN: 9788555340208 GÊNERO: CONTOS, JUVENIL  PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 246 SKOOB

E outros contos feministas do folclore mundial

Era uma vez…” e “viveram felizes para sempre…” são com certeza frases conhecidas por todos nós desde a infância e, de certa forma, reproduzimos também para as novas gerações. O fato é que nem sempre nos lembramos do que isso significa: o que são as histórias que conhecemos desde sempre? Do que se tratam os contos de fadas?

Bem… os contos de fadas como conhecemos hoje são adaptações de contos orais de pessoas comuns que utilizavam a narrativa para transmitir mensagens importantes sobre valores e a cultura de seu povo. As pesquisas e coletâneas dessas histórias começaram com os irmãos Grimm e logo foram seguidas por outros pesquisadores – homens estudiosos da época. A maioria conta narrativas em que princesas frágeis esperam seu príncipe encantado para salvá-las para o felizes para sempre.

Foi essa análise que fez com que a autora Ethel Johnston Phelps (in memorian) se preocupasse em organizar o livro Chapeuzinho Esfarrapado e outros contos feministas do folclore mundial. Com algumas adaptações da própria autora o livro traz 25 contos com histórias que mostram mulheres que são protagonistas, inteligentes, fortes e com muita força de vontade (até pra mudar destinos traçados!). Não são releituras, é um levantamento de histórias que fazem parte do folclore de várias partes do mundo: Escócia, Japão, Peru, Irlanda, dentre tantos outros países.

Foto: Janaína Rodrigues / Viagens de Papel

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5

EDITORA: QUADRINHOS NA CIA, CORTESIA

ISBN: 9788535928129

GÊNERO: HQ

PUBLICAÇÃO: 2016

PÁGINAS: 336

SKOOB

O que você faria se tivesse a oportunidade de voltar no tempo? E ainda pudesse reparar um erro, se jogaria nessa aventura? Ou aceitaria o passado tal como é? Essa é a dúvida de Katie, a protagonista de Repeteco, HQ escrita por Bryan Lee O’Malley e publicado no Brasil pelo selo Quadrinhos na CIA, do Grupo Companhia das Letras.

Katie tinha tudo sob controle em sua vida, ela era chefe de um restaurante badalado e estava prestes a inaugurar o seu. Tudo estava indo muito bem até que de repente as coisas começaram a sair do eixos, seu ex-namorado, que ela ainda não havia superado, resolve dar as caras, uma das garçonetes do restaurante sofre um acidente na cozinha, e as reformas no seu novo restaurante ficam cada vez mais problemáticas.

Todos os problemas apareceram de uma só vez, e quando Katie sente que não há nada que ela possa fazer para resolver as coisas, ela recebe a visita de uma garota muito misteriosa que lhe deixa um estranho presente. Em sua gaveta Katie encontra uma caixinha contendo um cogumelo, um caderninho e um bilhete com as seguintes instruções: “A sua oportunidade se repete. Anote seu erro. Consuma um cogumelo. Durma Acorde renovada.”

Com a oportunidade de voltar ao passado para consertar seus erros, Katie sente que finalmente poderá colocar tudo de volta aos trilhos, só que conforme ela volta no tempo para reparar um erro, ela acaba mudando muito mais do que gostaria em seu futuro.

Foto: Tayara Casemiro / Viagens de Papel

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 4/5 EDITORA: CIA DAS LETRINHAS, CORTESIA ISBN: 9788574067209 GÊNERO: HISTÓRIA, INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 48 SKOOB

O Egito Antigo passo a passo é fascinante,  minha escolha por esse título uniu meu desejo de me aventurar em conhecer um pouco mais a fundo essa cultura, além de desafiar meu gosto literário, arriscando ler estilos aos quais não estou acostumada e também desmistificar quem diz que um livro didático é desinteressante e monótono.

O selo Claro Enigma, do Grupo Companhia das Letras lançou essa rica edição. As ilustrações foram feitas por Aurélien Débat e além de muitas delas estarem extremamente divertidas, deram um peso ainda maior ao material produzido pela arqueóloga e egiptóloga Aude Gros de Beler, famosa por seu trabalho meticuloso na área, além da publicação de mais de quinze outros títulos sobre o assunto.

O livro está dividido em quatro partes:

 O Egito e seus homens – mostra um pouco sobre deuses, faraós famosos, o trabalho dos sacerdotes, a difícil vida dos soldados, os artesãos e a classe mais baixa na sociedade egípcia, os agricultores.

 O trabalho no Vale do Nilo – nos surpreende ressaltando as dificuldades dos agricultores, principalmente por causa dos impostos, criação dos animais, pesca, caça, mineração e ciências.

– A vida cotidiana – casas e jardins, refeições, hierarquia familiar, vaidade, educação, música, dança, lazer e vida após a morte.

– Férias no Egito – relata o que podemos ver hoje no país como pirâmides, templos, descobridores famosos e museus para visitar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: SUMA De LETRAS,CORTESIA ISBN: 9788581052335 GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2015 PÁGINAS: 296 SKOOB

No segundo volume da série “Escola Noturna“, somos mais uma vez levados para dentro das paredes da misteriosa Escola Cimmeria. Agora, Allie já não vê a escola com os mesmos olhos. Após os terríveis acontecimentos do último verão, Cimmeria não é mais a mesma, a não ser talvez pelos contínuos mistérios que a cercam. Allie começa a perceber que tudo que vem acontecendo à escola está, de alguma forma, ligado a ela e agora, com uma guerra se aproximando, ela deve escolher um lado. Mas como escolher quando está tudo tão permeado de segredos e ela não pode realmente confiar em ninguém?

Em O Legado, a autora segue o mesmo script que me fisgou no primeiro volume mas que agora começa a me parecer repetitivo, frustrante e cansativo. A primeira coisa a se destacar é que tudo que a gente achou que sabia no primeiro livro, na verdade não é nada do que parecia. Alguns personagens inclusive parece que trocam de papel, e tudo bem se a autora fizesse um plot twist aqui, mas o fato é que ela nos deixa com essas incertezas, essas dúvidas, e, dessa maneira, parece que não dá uma direção à história, meio que deixa tudo a deriva.

Acredito que ela quis manter a aura de segredo e mistério do primeiro livro – que é basicamente a única coisa que pega o leitor e o faz querer continuar a leitura – mas só conseguiu deixar a história sem direção e o leitor confuso. Ela nos dá pequenas indicações das motivações e possíveis respostas, mas nada muito conclusivo e isso me irritou um pouco. Ela poderia sim manter o mistério, até porque acredito que o ponto seja esse, mas ela não está sabendo desenvolver o que tem na mão. Ela não está sabendo explorar bem o pouco que está nos dando.

Continue lendo »