quarta-feira, 28 de setembro de 2016

AVALIAÇÃO: s/5 EDITORA:José Olympio CORTESIA ISBN: 978-85-03-00528-9 GÊNERO: Poesia brasileira PUBLICAÇÃO: 2016 (30ª edição) PÁGINAS: 93

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: José Olympio, Cortesia
ISBN: 9788503005289
GÊNERO: Poema, Poesia, Ficção Brasileira
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 96 SKOOB

Cobra Norato surgiu através dos primeiros rabiscos  do escritor Raul Bopp, em meados de 1921. No entanto, só foi concluído em 1928, na primeira fase do modernismo brasileiro. Bopp, na época, era estudante de Direito em Belém do Pará. Por lá, ficou fascinado ao descobrir as lendas amazônicas e pela lenda da Cobra Grande. História essa que possui diversas versões.

Na variante da Cobra Norato, uma índia tomava banho no rio Amazonas até ser engravidada pela Cobra Grande. Dos laços entre ambos nasceu um menino, Norato e uma menina, Maria Caninana. A mocinha era uma peste. Vivia afogando os navegadores. O irmão, por ter um bom coração, foi obrigado a matá-la por ser tão má. Como penitência por sua atitude o jovem Norato passou a se transformar em um rapaz sedutor todas as noites, e ao longo rio despedia-se de sua pele de cobra, para ganhar forma humana. Há lendas que dizem que se alguma pessoa conseguisse pingar leite na boca dele, na versão cobra, e conseguisse ferir-lhe a cabeça, o pobre seria desencantado e se tornaria apenas homem.

Mas na versão de Raull Bopp foram criados outros personagens. Para Norato, ele arranjou uma jovem moça, a filha da rainha Luzia, que por sinal é citada diversas vezes. No entanto, o romance dos dois passa por diversas provações. Até que finalmente eles ficam noivos.

A poesia de Bopp é diferente por não seguir uma linearidade. Ou seja, cada página e capítulo pertencem um ao outro. Não há como lê-los de maneira independente. Uma das coisas mais bacanas do livro é a menção à palavras indígenas, que tudo bem, dificulta um pouco a compreensão textual, mas é enriquecedor ler uma obra tão singela e emblemática da poesia brasileira. Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: VERUS, CORTESIA ISBN: 9788576864165 GÊNERO: JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 294 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: RECORD, CORTESIA
ISBN: 9788501107091
GÊNERO: CONTOS, CRÔNICAS
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 160
SKOOB

Em Somente a Verdade, o advogado José Paulo Cavalcanti reúne em 20 contos histórias reais de clientes do escritório de advocacia de seu pai. Modificando nomes e situações para não serem identificadas, o autor relata situações que mais parecem fazer parte de um roteiro de ficção que realidade. Talvez porque cremos no mito de que o real é simples e sem grandes expectativas. Não nestes casos.

A vontade de escrever e montar uma espécie de memorial foi o que motivou o autor a escrever. De quase todas, ele participou como advogado. Algumas, apenas com espectador. Interessante é a visão dele enquanto profissional. Afinal, na prática da profissão no dia-a-dia, deixa-se de lado opiniões pessoais e se vê apenas o aspecto legal da história dos clientes. Ao escrever os contos, o autor igualmente faz relatos. Sem julgar. Sem análises emocionais.

Particularmente, as histórias que eu mais gostei foram a “Morão, Rosa e Pimenta“, em que José, um benzedeiro querido pela comunidade de Recife, gente boa e sem papas na língua, atende um telefonema no meio da noite, e por engano, é ameaçado de morte, justamente por ser “esquentado”. O desfecho do conto é sensacional. Outro que achei muito bom foi “O Marido, A Mulher e o Dentista“. Neste caso, um casal, amigos pessoais dos advogados, buscam conselhos, em ocasiões diferentes, sobre o futuro de seu casamento. Esse, sinceramente, mais parecia “coisa” de novela. Tem também o conto “Ana Maria“. Neste caso, o filho de Ana Maria, já crescido, busca na justiça que seu pai, separado de sua mãe há anos, o reconheça legalmente. Só há um problema: os pais não se veem desde que Ana Maria deixou a cidade, já grávida e sem contar a Eduardo, o pai da criança, que estava esperando um filho dele. Não chega a ser um drama, é uma trama sensível, eu diria. Continue lendo »


Avaliação: 3/5 Editora: Record, Cortesia ISBN: 9788501106551 Gênero: Chick-lit Publicação: 2016 Páginas: 416 Skoob

Avaliação: 3/5
Editora: Record, Cortesia
ISBN: 9788501106551
Gênero: Chick-lit, Romance
Publicação: 2016
Páginas: 416
Skoob

O efeito Rosie, um chick-lit narrado sob o ponto de vista masculino e escrito pelo autor Graeme Simsion, é a continuação de O projeto Rosie. O primeiro livro apresentava o protagonista Don Tillman, um homem de 39 anos com todas as características da Síndrome de Asperger. Com traços peculiares e uma rotina extremamente organizada, além da dificuldade de conviver socialmente, Tillman deu início ao Projeto Esposa, em que buscava encontrar uma esposa com todas as características pré-determinadas por ele. Óbvio que tudo saiu diferente do esperado e ele acabou conhecendo Rosie, uma moça com traços bem diferentes do que ele esperava.

Agora, em O efeito Rosie, Don e Rosie estão casados e morando em Nova York. Eles vivem juntos há dez meses e muita coisa mudou em suas vida. Don ainda cria regras para as coisas, mas muitas delas foram deixadas de lado com a convivência com Rosie. Mas uma notícia bem inesperada pode estremecer a relação do casal: a gravidez não planejada de Rosie. Para Don, que planeja meticulosamente sua vida, esse é um desvio muito grande da rota e ele não sabe como proceder.

A partir daí, uma série de acontecimentos se desenrola. Don está tendo muitas dificuldades em se ver como pai. Ele não consegue criar afeto pelo filho que ainda não nasceu, vê apenas a parte biológica da coisa. Apesar de Don encarar a vida sob outra perspectiva, da forma mais literal possível, Rosie não entende seu lado e como qualquer outra mulher quer que Don esteja presente e curtindo cada etapa da gravidez. Do seu modo, Don está tentando apoiar Rosie. Só que ele acaba apenas ditando regras, o que não deixa a esposa satisfeita.

Como uma forma de se aproximar da paternidade e ter mais convívio com crianças, Don acaba entrando em uma série de confusões, que no início parecem simples, mas logo vão se aprofundando. O fato é que ele precisa tomar uma atitude se quiser continuar casado com Rosie e construir uma família com ela.

Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: GALERA RECORD ISBN: 9788501107572 GÊNERO: JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 546 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: GALERA RECORD
ISBN: 9788501107572
GÊNERO: FANTASIA, JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 546SKOOB

Quando vi que a editora Galera Record iria lançar no Brasil o livro Além-Mundos, escrito pelo autor Scott Westerfeld, imediatamente corri para ler a sinopse e fiquei com muita vontade de ler. Com uma proposta diferente, esse parecia ser um livro que eu precisava ler o mais rápido possível, afinal que leitor não ficaria curioso em ler um livro dentro de outro livro?

É isso mesmo o que você leu, Além-Mundos é uma história dentro de outra história. Scott Westerfeld teve a brilhante ideia de nos oferecer a visão de um autor ao escrever um livro, sendo assim, somos apresentados à nossa protagonista Darcy, uma escritora muito jovem que está prestes a lançar seu primeiro livro intitulado Além-Mundos, que conta história de Lizzie, uma garota que após passar por uma experiência de quase morte descobre ter uma ligação com o mundo dos mortos.

Pode parecer um pouco confuso ter duas histórias sendo contadas ao mesmo tempo, mas o autor conseguiu me prender em ambas as tramas. Por um lado temos um cenário realista, onde acompanhamos Darcy dando seus primeiros passos no mercado editorial, lidando com várias mudanças em sua vida e descobrindo que não é nada fácil crescer e seguir os seus sonhos. Do outro acompanhamos a história de Lizzie, em um cenário fantástico onde fantasmas vagam pela terra, e ela é obrigada a escolher entre ignorar esse mundo sombrio ou se render ao chamado das sombras.

“De repente tudo aquilo parecia imenso e paralisante, como se pela primeira vez eu percebesse que a morte era real, e mais assustadora e complicada do que jamais poderia imaginar.”

Continue lendo »

sábado, 24 de setembro de 2016

A quantidade de quadrinhos disponíveis para leitura por aí é enorme e muita gente tem interesse em se aventurar pelo mundo das HQs, mas não tem ideia por onde começar. Por isso, listo aqui algumas das  obras que considero muito boas para quem deseja iniciar neste gênero e é fã da Cultura POP.

SCOTT PILGRIM CONTRA O MUNDO

viagens1

Scott Pillgrim (Quadrinhos da Cia) é uma HQ extremamente divertida, meio nonsense e vai te prender do início ao fim. Conta a história de Scott, que se apaixona pela misteriosa Ramona Flowers. Porém, ele descobre que, para namorá-la, ele terá que derrotar seus sete ex-namorados do mal. Ao longo de toda a trama vemos o embate dele com seus sete inimigos contados de forma extremamente divertida e bem humorada. Assim que você entra no ritmo da história, não tem como parar de ler e não se apaixonar pelos personagens.

Conheça a trilogia Scott Pilgrim Contra o Mundo:

hq-trilogia-scott-pilgrim-contra-o-mundo Continue lendo »

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

como-eu-era-antes-de-voce-capa-filme-viagens-de-papelO maior sucesso da autora Jojo Moyes  ganhou as telonas neste ano, o longa-metragem  Como eu era antes de você (Me Before You) foi dirigido pela diretora Thea Sharrock. O filme conta a história de Louise Clark, uma garota britânica que vive no interior, ela é mandada embora do seu emprego em um café, aceita um trabalho como cuidadora de Will Traynor, um milionário que sofreu um acidente.

Na verdade, Clark é uma companhia para Will, que ficou paraplégico há dois anos devido a um acidente de moto. Além de cuidadora, ela tenta animá-lo e fazer com que ele recupere e tenha vontade de viver.  Will sente como se tivesse sua identidade roubada, pois a sua forma física e aparência sempre foram muito importantes para ele, logo ele pretende realizar a eutanásia.

Nas primeiras vezes em que se encontram Will mostra seu humor ácido com Lou, mas Lou não desiste do trabalho – apesar de pensar várias vezes -. O tempo passa e eles vão se conhecendo melhor e mostram as diferenças no jeito de encarar a vida, e o objetivo de vida são diferentes também e conforme essa relação vem sendo construída vai ser difícil aceitar alguns pontos.

Foto: Divulgação/Cena do filme "Como eu era antes de você"

Foto: Divulgação/Cena do filme “Como eu era antes de você”

Will e Lou vão se aproximando cada vez mais, ele mostra a ela coisas que ela não conhecia e ela propõe a ele voltar aos lugares que frequentava antes de se acidentar. Eles vão à corrida de cavalos, festa de casamento, óperas e até viajam juntos. Continue lendo »


AVALIAÇÃO: 3/5 EDITORA: VERUS, CORTESIA ISBN: 9788576864165 GÊNERO: JOVEM ADULTO PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 294 SKOOB

AVALIAÇÃO: 3/5
EDITORA: VERUS, CORTESIA
ISBN: 9788576864165
GÊNERO: JOVEM ADULTO
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 294
SKOOB

Garota online turnê é o segundo livro de Zoe Sugg e dá continuação à história de Penny, contada em Garota Online. Neste volume, Penny está namorando a distância com Noah – o cara dos sonhos – e está prestes a embarcar com ele em uma viagem no verão. Acontece que a banda de Noah está em turnê, fazendo a abertura dos shows de uma banda mundialmente conhecida, e é uma oportunidade de ouro para Noah fazer sucesso.

Enquanto ele lida com os medos e inseguranças que surgem com o iminente sucesso e com o quanto isso vai mudar sua vida, Penny enfrenta o último ano e passa por aquela fase de se encontrar profissionalmente. Além disso, ela começa a se questionar se deveria ou não voltar a escrever para o público do blog.

Ambas as coisas acabam por fazer com que essa viagem, que deveria aproximar ainda mais os dois, se torne uma prova para o relacionamento deles, os colocando em situações pra lá de complicadas. A viagem vira grande obstáculo ao qual os dois tem que superar e encontrar um jeito de fazer dar certo juntos.

Por estar um pouco mais velha e enfrentando obstáculos diferentes, característicos da nova fase em que Penny se encontra, observamos algumas posturas diferentes na protagonista. Ela cresceu, apesar de ainda manter o cerne de sua personalidade. Continue lendo »

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

AVALIAÇÃO: 5/5 EDITORA: GALERA JÚNIOR, CORTESIA ISBN: 9788501077677 GÊNERO: JUVENIL, FICÇÃO REALISTA PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 144 SKOOB

AVALIAÇÃO: 5/5
EDITORA: GALERA JÚNIOR, CORTESIA
ISBN: 9788501077677
GÊNERO: JUVENIL, FICÇÃO REALISTA, LGBT
PUBLICAÇÃO: 2016
PÁGINAS: 144
SKOOB

Nos últimos tempos, tem havido destaque para livros com uma temática puxando para a questão de gênero. Talvez o nome mais evidente seja David Levithan, autor de “Dois garotos se beijando” e “Garoto encontra Garoto”, que trabalha fortemente com temas relacionados ao universo LGBT. Esse ano, a editora Record anunciou o lançamento de um livro que fugia totalmente de algo que já havia lido anteriormente. Dessa vez, o protagonista era transgênero. E ainda por cima, era um livro mais infantil. A curiosidade surgiu? Sim, e muito. Quando chegou, logo li e me apaixonei.

George é menino. Pelo menos é assim que todos os vêm. No entanto, ele sabe que lá no fundo é menina. E precisa provar isso para todos. Quando a escola que ele estuda anuncia a adaptação de “A teia de Charlotte” e que os próprios alunos iriam participar, pensa logo em interpretar Charlotte. Porém, sabe que sua professora não irá deixar justamente pelo fato de que ele é um menino. Mesmo assim, junto de Kelly, sua melhor amiga, George arma um plano para ser Charlotte e mostrar ao mundo o que ele realmente é.

George é um livro fino e com uma linguagem fluida, o que torna a leitura rápida, mas não menos importante e pertinente. Nesse sentido, a resenha aqui será mais curta do que as demais. Por se tratar de um livro com uma pegada mais infantil, fiquei com certo receio da maneira com que o autor trabalharia a questão de gênero. Depois de ler, fiquei com um sorrisinho no rosto. Alex trabalha com suavidade e leveza um assunto que muitas vezes é ainda tabu em nossa sociedade. Muitas pessoas, inclusive eu, não têm dimensão do que realmente significa ser um transgênero. Apresenta oportunidades pelo qual pessoas como George poderiam passar para mudança de sexo, mas também aborda relações familiares e na própria escola. O livro mostra um cenário comum a histórias ambientadas em ensino médio, com a presença de valentões, líderes de torcida e melhores amigas.

Continue lendo »


O blog Viagens de Papel recebeu alguns títulos infantojuvenis para análise, desta vez foram três dos lançamentos  da Escrita Fina Edições: Manual poético dos esportes olímpicos, Canto do Uirapuru e O castelo ao lado.

Foto: Nara Dias/Viagens de Papel

AVALIAÇÃO: 2/5 EDITORA: ESCRITA FINA, CORTESIA ISBN: 9788559090048 GÊNERO: POESIA, INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 140 SKOOB

AVALIAÇÃO: 2/5 EDITORA: ESCRITA FINA, CORTESIA ISBN: 9788559090048 GÊNERO: POESIA, INFANTOJUVENIL PUBLICAÇÃO: 2016 PÁGINAS: 140 SKOOB

Em razão da proximidade dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, escolhi o título “O manual poético dos esportes olímpicos” para estar em sintonia com esses importantes eventos mundiais tão próximos de nós brasileiros, além, é claro, da curiosidade em saber que Luís Ernesto Lacombe, além de jornalista esportivo, arriscou não só escrever um livro sobre um assunto que tem facilidade, mas ousou em transformar isso em poesia.

Parabenizo a Escrita Fina Edições pela excelente apresentação do livro, material tipográfico de primeira, as ilustrações de Leo Queiroz complementam muito bem a obra. Em ordem alfabética é apresentada cada uma das 32 modalidades olímpicas presentes no Rio 2016, primeiramente a silhueta da modalidade, na página ao lado a poesia, na seguinte um dedinho de prosa, onde o esporte é explicado, alguma curiosidade e na página ao lado uma ilustração em destaque.

A proposta do livro é bem interessante, no entanto, nem tudo é perfeito, apesar de detestar poesia, avaliei a qualidade das rimas e em muitas delas o texto ficou infantil, tive a impressão de que para conseguir a métrica necessária, foi preciso repetir e forçar palavras. Além de sobrar muito espaço em branco no livro, já que a poesia ocupa apenas 3/5 da página. Fora isso, na parte dedicada à prosa, em algumas modalidades existe longos textos que utilizam a página toda, porém em mais da metade mal chegam na metade da folha, ou seja, mais espaços em branco, que poderiam ter sido melhor utilizados para contar mais sobre o esporte, sua origem…

Um outro ponto falho foi não ter aproveitado as ilustrações para dar vida às palavras, durante a leitura tanto da poesia como da prosa fiquei perdida por não entender a descrição de determinados golpes ou manobras, é frustante ler e não conseguir mentalizar, em determinados momentos da prosa o autor recomenda que o leitor procure vídeos na internet para entender o que ele está mencionando.

Continue lendo »


a-caminho-do-altar-capa-viagens-de-papel

Avaliação: 5/5
Editora: Arqueiro, Cortesia
ISBN: 9788580415735
Gênero: Romance de época, Romance
Publicação: 2016
Páginas: 320
Skoob

Depois de alguns meses do lançamento, finalmente peguei A caminho do altar para ler! Este é o oitavo e último volume da série Os Bridgertons e a finalização da história não podia ter sido mais linda. Para quem não sabe, a série de romances históricos fala sobre os irmãos da família Bridgerton e cada volume conta a história de um deles, trazendo enredos independentes. No último livro, acompanhamos a saga de Gregory Bridgerton, o irmão homem mais novo.

Ele é o único Bridgerton que está solteiro e sente a pressão de todos os lados para que logo fique noivo e se case com uma dama. Apesar de acreditar no amor, visto que todos os seus irmãos e irmãs são muito felizes ao lado de seus companheiros, ele ainda não encontrou a moça que pode virar sua vida de cabeça para baixo. Tudo isso muda quando ele se apaixona à primeira vista por Hermione Watson, uma moça lindíssima, que arranca suspiros por onde passa.

Bastou vê-la de costas para saber que ela seria a mulher certa para ele. Assim que a viu, Gregory estremeceu. Ele tinha absoluta certeza que logo se casaria com ela, mas assim que começou as investidas, percebeu que a moça não estava dando a mínima. A srta. Hermione contava com uma amiga inseparável, Lucinda Abernathy, que considerava como irmã. Lucy, como era chamada, sabia que a amiga estava perdidamente apaixonada pelo secretário de seus pais, e que esse romance nunca iria para a frente. Disposta a fazer a amiga enxergar outras possibilidades, ela decide ajudar Gregory a conquistar o coração de Hermione.

O problema é que essa aproximação está sendo muito mais difícil do que ambos esperavam e, nesse processo, Lucy e Gregory acabam construindo uma amizade e afeição um pelo outro. Além dos dois serem teimosos o suficiente para demorarem a enxergar o que realmente estavam sentindo, ainda tinham os obstáculos de que Gregory realmente achava que estava perdidamente apaixonado pela amiga de Lucy, e Lucy estava praticamente noiva, já que havia sido prometida ao sr. Haselby há muitos anos, em um acordo feito pelo seu tio com o pai de seu futuro marido.

Continue lendo »